Simulador ISV 2019

Nesta página: simulador que calcula o ISV e IUC a pagar por automóveis ligeiros de passageiros novos, usados importados, da UE e fora da UE.

Cilindrada em cm3
cm³/cc
Excepções e notas
Resultados da simulação
impostosobreveiculos.info
Os resultados da simulação aparecerão aqui.
Porém, ainda não preencheu todos os dados necessários para que a simulação possa ser feita.
Complete pelo menos os campos Cilindrada e Emissões CO2.

Veículos não abrangidos

Para que o simulador seja rápido e simples, optei por incluir apenas os casos mais comuns pelo que não simula:

Voltar ao simulador

Emissão de partículas

No valor indicado assume-se que o carro a gasóleo emite menos de 0,002g/km de partículas. Normalmente, os carros que têm filtro de partículas (todos os carros recentes têm) cumprem este requisito.
Se o valor for superior ou se não for possível conhecer o valor das emissões de partículas, há uma taxa adicional de 500€ que não aparece na simulação.
Esta taxa não se aplica a carros a gasolina.

Voltar ao simulador

IVA

Carros com menos de 6 meses de matrícula ou menos de 6.000 km são considerados novos e pagam sempre 23% de IVA em Portugal, independentemente de o terem pago no país de origem.
Se na simulação não colocou o preço do carro, apenas será acrescentado IVA ao valor do ISV. Deverá indicar o preço do carro para uma simulação correcta.
Mais informações: IVA na importação de carros ou motos.

Voltar ao simulador

Eléctricos

Carros exclusivamente eléctricos não pagam ISV (ou IUC). Só pagarão IVA e taxas aduaneiras se importados de países fora da UE.
Mais informações: importar um automóvel eléctrico para Portugal.

Voltar ao simulador

Combustíveis alternativos

Carros bi-fuel ou dual-fuel, que funcionem a GPL, GN ou GNC (ou qualquer outro combustível) e a gasolina pagam ISV como carros a gasolina - não são considerados híbridos, nem têm qualquer benefício ou tratamento fiscal diferenciado.
A excepção são os carros que funcionem exclusivamente a GPL/GNC, ou seja, que não podem consumir gasolina - que eu saiba, são um caso raríssimo e não estão aqui considerados.

Voltar ao simulador

WLTP

Coloque o visto na caixa WLTP apenas e só se as emissões de CO2 do carro tiverem sido homologadas pela norma WLTP.
Para saber se um carro foi homologado usando a norma WLTP deverá consultar a documentação do carro - o DUA, o Certificado de Conformidade ou equivalente.
Normalmente, nenhum carro comercializado antes de 2018 foi homologado usando a norma WLTP. Na dúvida, não coloque o visto na caixa WLTP.

Se na documentação aparecerem ambos os valores NEDC ou NEDC2 e WLTP, os valores a serem considerados para pagamento do ISV e IUC serão sempre os WLTP.

Se na documentação não aparecer qualquer referência ao protocolo WLTP, isso quererá dizer que a medição utilizou o protocolo NEDC.

Nunca use os valores do protocolo NEDC2 - não são aceites.

Tenha em atenção que deve ter algum cuidado em fazer comparações directas entre o resultado da simulação com WLTP e sem WLTP.

A comparação, a ser feita, tem que ser NEDC/2018 vs WLTP/2019.
O problema é que nem todos os fabricantes divulgaram as emissões WLTP, mesmo que as tenham medido. Isto porque existe uma medição intermédia obtida através de um simulador que "converte" as medições WLTP em medições NEDC2, que deve ser usada entre Setembro e Dezembro de 2018.

Ao se fazer a comparação NEDC2/2018 vs WLTP/2019 fica-se com a impressão que se poupa dinheiro mas, pode não ser isso que acontece. Não digo que não aconteça em alguns casos mas, não é linear.

É um pouco confuso, e o simulador é simplificado ao máximo para que seja utilizável mas, é importante ressalvar que a se poder fazer a comparação, só com os valores WLTP de 2019.
Neste momento, no simulador, a comparação que está a ser feita é NEDC2/2018 vs NEDC2/2019 ou, se colocar o visto na respectiva caixa NEDC2/2018 vs WLTP/2019.
Só sabendo os valores WLTP em 2018 e em 2019 é que se pode fazer uma comparação fidedigna.

Voltar ao simulador

Dúvidas, problemas ou sugestões

Se tiver uma dúvida, um problema ou quiser fazer uma sugestão, use por favor a caixa de comentários mais abaixo.
Estou sempre a melhorar esta página e gostava de contar com a sua ajuda. Obrigado.

Voltar ao simulador

13.10.2018. 12:00

FD em 11.12.2019. 16:11

@RuiP em 11.12.2019. 15:54

Leia por favor: ponto da situação ISV, CO2 e importados.

RuiP em 11.12.2019. 15:54

Boa tarde, com a alteracao da lei no proximo ano, o custo de legalizacao vai baixar no co2?


Pergunto isto pq um carro de 2007, com 3000cm3 que emita 200 co2 neste simulador diz que tem 18000€ de custo.

Pretendia saber se isso vai mudar.

FD em 11.12.2019. 10:23

@Paulo em 10.12.2019. 22:13

Cada país tem as suas próprias regras, daí que não haja um prazo uniforme.
Dito isto, normalmente, o processo de cancelamento da matrícula definitiva e atribuição de uma matrícula temporária costuma ser imediato.

Paulo em 10.12.2019. 22:13

@Paulo em 10.12.2019. 15:54

Pode vir a conduzir.
As matrículas de trânsito, assim como o seguro, são normalmente adquiridos no país de origem. Não porque haja alguma regra nesse sentido mas simplesmente porque essas "figuras" não são acessíveis em Portugal (matrícula de trânsito em especial).

Obrigado pela informação.
Sabe quantos dias mais ou menos demora o cancelamento da matricula do país de origem e a aquisição das matriculas de trânsito.

FD em 10.12.2019. 18:39

@Paulo em 10.12.2019. 15:54

Pode vir a conduzir.
As matrículas de trânsito, assim como o seguro, são normalmente adquiridos no país de origem. Não porque haja alguma regra nesse sentido mas simplesmente porque essas "figuras legais" não são acessíveis em Portugal (matrícula de trânsito em especial).

Paulo em 10.12.2019. 15:54

Boa tarde,
estou a pensar importar um carro de concessionário oficial da Marca Lexus de Itália.
A minha dúvida é se posso vir a circular com matriculas de trânsito para Portugal e se possível, onde se podem adquirir, é lá ou cá.
Obrigado

FD em 10.12.2019. 13:05

@Paulo Pinto em 10.12.2019. 12:02

Se é misto, pode ser considerado comercial/mercadorias.
Qual é o veículo em questão?

Paulo Pinto em 10.12.2019. 12:02

Bom dia ,necessitava de saber se fosse possivel ,num carro que tenha a versão camper neste caso sera misto esta preparado para dormir com bancos reversiveis em cama ,não é autocaravana,qual o imposto aplicado? ligeiro ou autocaravana.obrigado cumps

FD em 10.12.2019. 10:41

@Paul Gérouville em 09.12.2019. 23:33

O que é que não percebe em concreto?

Paul Gérouville em 09.12.2019. 23:33

No percebo como este site funciona !

FD em 09.12.2019. 15:25

@João em 08.12.2019. 15:24

Leia por favor: conduzir um carro com matrícula estrangeira em Portugal.

FD em 09.12.2019. 15:24

@José Costa em 08.12.2019. 11:30

Ainda não, a proposta é conhecida agora a 16 de Dezembro mas certezas só lá para Fevereiro de 2020.

FD em 09.12.2019. 15:19

@Augusto loureiro em 08.12.2019. 10:36

Leia por favor: isenção por mudança de residência - condições e procedimentos.

João em 08.12.2019. 15:24

Queria saber se posso circular com um veículo de outro país europeu em Portugal, e depois fazer o meu controle técnico aqui mesmo em Portugal?

Se sim por quanto tempo ?

Obrigado e aguardo por uma resposta.

José Costa em 08.12.2019. 11:30

Bom dia
Já se sabe alguma coisa se se vai manter em 2020 a regra sobre a qual os monovolumes de 7 lugares pagam apenas metade do valor do imposto na legalização?

Augusto loureiro em 08.12.2019. 10:36

boa tarde
tenciono comprar um carro usado num pais fora da europa, mas penso se o carro estiver no meu nome 1 ano e se me for embora para Portugal, nao pago impostos para o legalizar ?????
obrigado

FD em 07.12.2019. 18:32

@Diogo Santos em 06.12.2019. 19:17

A lei não é muito abrangente, fala em novos que não é o caso, e em importados após desalfandegamento.
O seu caso não me parece inserir-se em nenhuma das situações.

Traduzindo literalmente, dizem que no caso dos compradores da UE só enviam facturas de IVA (?) com a/o CMR assinada. A/O CMR é o nome dado a um equivalente à nossa guia de transporte mas de âmbito internacional. É mais ou menos uma prova em como determinado bem foi transportado de x a x local, em determinada data.
Se me puder dar mais algum contexto, talvez eu possa ajudar melhor.

Diogo Santos em 06.12.2019. 19:44

Desculpe incomodar novamente.

Sabe me explicar a seguinte frase "Please note that we can only send VAT invoices for EU buyers after receiving the signed CMR"?

Paulo em 06.12.2019. 19:18

Obrigado,
fiquei completamente esclarecido.
Cumprimentos

Diogo Santos em 06.12.2019. 19:17

@FD

Obrigado por disponibilizar o decreto-lei em apreço.

Da leitura que fiz fiquei com a ideia que posso solicitar chapas de trânsito ao IMT para me deslocar até ao centro de inspeções mesmo o veículo sendo usado.

Estarei errado?

FD em 06.12.2019. 18:49

@Diogo Santos em 06.12.2019. 17:30

Obrigado por ter voltado a dar notícias. :)

Se quiser ler a lei: https://dre.pt/pesquisa/-/search/605541/details/maximized
;)

Diogo Santos em 06.12.2019. 17:30

@FD

Obtive a seguinte resposta:

“ Boa tarde,

Informamos que as chapas de trânsito provisórias são só para veículos novos.”

FD em 06.12.2019. 15:55

@Paulo em 06.12.2019. 15:42

Como disse na minha resposta anterior, tem obrigatoriamente que preencher o campo do preço do carro na origem para saber exactamente o valor a pagar.
Se não paga o IVA sobre o valor do carro em Espanha, tem que o pagar em Portugal.

A simulação que está a fazer apenas lhe dá o valor do ISV + IVA sobre o ISV a pagar em Portugal como sendo novo.
Em qualquer veículo importado, mesmo que novo, no campo "Idade e origem do carro" deve escolher menos de 6 meses ou 6.000km UE.

Assim, vai pagar:
ISV + IVA (sobre o ISV) = 2.963,60€
IVA (sobre o valor do carro) = 5.816,47€
Total impostos = 8.780,07€
Total a pagar pelo carro, incluindo o carro e os impostos = 34.069,07€

Paulo em 06.12.2019. 15:42

@Paulo em 05.12.2019. 21:46

Não, esse não é o valor total a pagar.
Leu a minha resposta anterior?

Boa tarde,
li a sua resposta.
O carro é para importar Novo de Espanha, não vai pagar IVA lá. Estando a fazer a simulação na vossa página, dá os seguintes valores para carro novo:

3292.32€
cm3 2672.53€
CO2 4.15€
ISV 2676.68€
IVA 615.64€

O carro custa lá 25289€ sem iva. Ao valor do carro somo os 3292,32 que é o valor que aparece com Iva ou tenho mais algum imposto?

Obrigado

FD em 06.12.2019. 10:33

@Diogo Santos em 06.12.2019. 08:00

Tanto quanto sei, na prática, as matrículas temporárias (chamadas matrículas de trânsito) não são propriamente acessíveis a particulares, existem essencialmente para fabricantes e profissionais do sector.

Por outro lado, os requisitos legais para as mesmas inutilizam a função que iam desempenhar - é preciso ter entregue a DAV para as poder pedir, ora, o Diogo Santos precisa delas antes de entregar a DAV.

No entanto, veja aqui: https://retalhoautomovel.acap.pt/pt/servico_tecnico/4/chapas-de-transito e depois dê notícias do que lhe disseram.
Também podem ser emitidas pelo IMT.
Mas julgo que o trabalho associado, o tempo necessário para as pedir fazem com que não façam muito sentido para o que se pretende...

FD em 06.12.2019. 09:24

@Paulo em 05.12.2019. 21:46

Não, esse não é o valor total a pagar.
Leu a minha resposta anterior?

Diogo Santos em 06.12.2019. 08:00

Bom dia.

Comprei um carro na Holanda registado na Bélgica. O carro vai ser entregue por uma transportadora.
Não têm matrículas.
Existe alguma forma de eu poder circular em Portugal com o carro sem ser com o auxílio de um reboque?

Paulo em 05.12.2019. 21:46

"Boa tarde,
estou a fazer a simulação na vossa página para um veiculo Novo com 1987cm a gasolina Híbrido, tem um CO2 WLTP de 121g/km, o valor que aparece a pagar é 3292€ já com iva. A minha pergunta é se não tenho mais nenhum valor a pagar para a legalização.
Obrigado"

Boa noite,
referente à minha questão desta manhã, o carro é novo e importado de Espanha. Com os dados anteriores o valor que tenho a pagar é os 3292€?
Este é o valor que aparece na vossa página.
3292.32€
cm3 2672.53€
CO2 4.15€
ISV 2676.68€
IVA 615.64€
Cumprimentos

FD em 05.12.2019. 14:07

@Paulo em 05.12.2019. 13:17

O carro é para comprar novo em Portugal ou é para importar novo?
Se é para importar novo para Portugal (de um país da UE), tem ainda que pagar o IVA sobre o valor do carro.
Deve preencher o valor do carro para poder ter uma simulação exacta.

Mais sobre isto: IVA na importação de carros ou motos.

Paulo em 05.12.2019. 13:17

Boa tarde,
estou a fazer a simulação na vossa página para um veiculo Novo com 1987cm a gasolina Híbrido, tem um CO2 WLTP de 121g/km, o valor que aparece a pagar é 3292€ já com iva. A minha pergunta é se não tenho mais nenhum valor a pagar para a legalização.
Obrigado

FD em 04.12.2019. 10:31

@Diogo Santos em 04.12.2019. 08:11

Pode ver aqui: http://www.dgt.es/es/hojas-informativas/index.shtml - escolha o idioma e depois fará o download de um PDF com informações sobre "placas verdes".

Em castelhano, a parte que interessa neste caso:

PLACA VERDE PARA EL TRASLADO DEL VEHÍCULO AL EXTRANJERO (validez 60 días)
Vehículos no matriculados:

Tarjeta ITV electrónica (NIVE) o tarjeta de ITV en formato papel con la diligencia de venta o, en su defecto, factura.

Documento que acredite la exportación legal si el traslado es a un país no comunitario: DUA (Documento Único Administrativo) expedido por la Aduana.

Vehículos matriculados: se tramitará previamente la baja definitiva por traslado a otro país. La ITV deberá estar en vigor.

FD em 04.12.2019. 10:23

@Diogo Tavares em 03.12.2019. 20:43

Os motores Wankel - como o do RX-8 - pagam ISV com a cilindrada a dobrar, ou seja, no simulador tem que introduzir a cilindrada 2616cm3.

Com essas emissões nunca compensa importar, pelo menos até se saber como vai ficar a questão do CO2 nos importados usados.

Diogo Santos em 04.12.2019. 08:11

Obrigado pela resposta anterior e pela pronta disponibilidade.
Não querendo abusar sabe onde posso obter essas matrículas de exportação em Espanha para trazer o carro para Portugal?

Diogo Tavares em 03.12.2019. 20:43

Boas, gostava de ter uma opinião sua relativamente a comprar um mazda rx8 na alemanha . 1.301 cm3 e 284g/km com matricula 09/2007. Espero pelo ano que vem ou compensa mais comprar usado cá ?

FD em 03.12.2019. 10:56

@Diogo Santos em 02.12.2019. 18:57

Sim, Espanha tem matrículas temporárias e matrículas de exportação.

Diogo Santos em 02.12.2019. 18:57

Boa noite.

É possível obter matrículas temporárias para conduzir um carro matriculado em Espanha para Portugal?
Obrigado

FD em 28.11.2019. 10:33

@Jorge em 27.11.2019. 23:59

O cálculo da idade é feito a partir da data de entrada em Portugal + 20 dias úteis (+/- 1 mês).

Transformando isto numa "operação aritmética":
Idade para cálculo do ISV = aniversário da primeira matrícula - (data de entrada em Portugal + 20 dias úteis)

Assim, no seu caso, invertemos a conta da seguinte forma:
(Aniversário da primeira matrícula) - (20 dias úteis) = (data mínima de entrada em Portugal para poder acrescentar um ano ao desconto)
14 de Janeiro de 2020 - 20 dias úteis = 13 Dezembro 2019

Pessoalmente, não correria riscos e entraria em Portugal a partir de 14~15 de Dezembro de 2019.

FD em 28.11.2019. 10:19

@Christophe em 27.11.2019. 18:56

Obrigado pela sua ajuda. :)

FD em 28.11.2019. 10:08

@João Baptista em 27.11.2019. 17:39

Então, se introduziu o valor do carro, aparece-lhe o custo total da importação, exactamente como diz no simulador por baixo do campo do preço do carro: simulação mostrará total preço compra + impostos.

No caso, o custo total é o valor que indica: 18.561,13€.

Se quer saber só o valor do ISV, basta retirar o preço do carro do respectivo campo.

Jorge em 27.11.2019. 23:59

Estou prestes a ir importar um carro.
Descobri que a data do primeiro registro do carro é 14/01/2016.
Se eu comprar ele no dia 8 de dezembro 2019 e cruzar a fronteira para Portugal dia 14 de dezembro. Posso dar entradas nos papeis dia 14/01/2019 e assim pagar o imposto de 4 anos? pois ele deixa de ser considerado um carro de 3 anos e passa para 4 anos.. e assim pago menos de ISV. certo?
A data para calculo do ISV é considerado a da entrada dos documentos?

Christophe em 27.11.2019. 18:56

@patricia

Em frança não se paga taxas para legalizar um carro se tiver mais de 6 meses e 6000km.

Tem que se deslocar as finanças da sua localidade ( centre des impots ) e pedir um '' quitus fiscal '' a partir dai basta fazer a inspeção ( controle technique ) e pedir a matricula pela internet.

Não aconselho legalizar o carro frances porque o veiculo vai desvalorizar muito.

João Baptista em 27.11.2019. 17:39

Sendo o carro de Dezembro 2012 aparece o seguinte:

27 Nov 2012 a 26 Nov 2013
6 Anos e 1 dia a 7 Anos

18561.13€
cm3 1797.88€
CO2 2113.25€

Não aprece mais nenhum custo.

FD em 27.11.2019. 13:50

@João Baptista em 27.11.2019. 13:05

Como é que não aparecem os custos do ISV no simulador?
Que campos está a preencher?
Se preencher os campos da cilindrada e do CO2 aparecem-lhe todos os valores a pagar consoante o ano da matrícula do carro na coluna à direita. Não lhe aparece isso?

Esse carro não está isento de ISV.

João Baptista em 27.11.2019. 13:05

Obrigado pela resposta.
Não sei se entendi bem.
O valor de 13,400€ que apresentei é o custo do veículo na origem. Não aparece custos de ISV no simulador. Está isento de pagamento deste imposto?
Cumprimentos.

FD em 27.11.2019. 12:03

@Patricia em 27.11.2019. 10:06

Não conheço a legislação francesa.

Em relação a Portugal, se em França pedir nova matrícula, deverá entregar os documentos originais portugueses e as autoridades francesas comunicarão com o IMT português para cancelar a matrícula portuguesa.

Em Portugal não precisa de pagar nada, em França não sei.

Patricia em 27.11.2019. 10:06

Olá tenho um carro que era francês legalizaram no em Portugal mas agora vou emigrar para frança e gostaria de saber como fazer para o voltar a legalizar em frança. Aonde me devo dirigir em média qual séra o valor que terei de pagar. obrigada.

FD em 26.11.2019. 22:05

@João Baptista em 26.11.2019. 17:38

Se tem mais de 6 meses e 6.000km, se paga o IVA na origem ou não há IVA a pagar na origem, não tem que pagar o IVA em Portugal.
O simulador serve mesmo para calcular o ISV - o valor que aparece é do ISV a pagar.

Sim, pode vender logo.

João Baptista em 26.11.2019. 17:38

Olá.
Sou português, vivo em Portugal e estou a pensar em importar um carro da Alemanha para vender depois.
O veículo tem 1995 cc e 119 g/km de emissões de CO2.
Custa 13,400€
Duas dúvidas:
- no simulador, não aparece pagamento de IVA e ISV. É isento de pagamento destes impostos?
- importado e legalizado o carro em Portugal, é possível vender logo após legalização?
Cumprimentos,

FD em 26.11.2019. 16:28

@Tiago em 25.11.2019. 20:20

Não sei qual é o carro de que está a falar mas, para comerciais pode usar o simulador das Finanças ou então pode fazer as contas pelas tabelas do ISV para 2019.

Tiago em 25.11.2019. 20:20

Olá boa noite, gostaria de saber o preço de legalização deste carro, tendo em conta que é comercial não sei se paga mais, ou menos , obrigado.

FD em 25.11.2019. 11:33

@Nuno Monteiro em 24.11.2019. 23:41

Tudo depende do que estiver na documentação do carro - em especial as datas das matrículas - mas, regra geral, no caso que refere é considerado como tendo mais de 10 anos, de um país da UE.

Se na documentação vier referido que a primeira matrícula foi em 2009, sem referência ao país dessa primeira matrícula, se tiver matrícula francesa, em princípio será como disse acima.

Se vier referido que a primeira matrícula foi na Suíça, não estou tão seguro, apesar da lei nada especificar em relação a isso (Artigo 11.º do Código do ISV) - às vezes, a interpretação da lei por parte da Autoridade Tributária é muito estrita.

FD em 25.11.2019. 11:24

@Jorge em 24.11.2019. 15:19

As declarações são sempre feitas pelo interessado e tidas como verdadeiras.

Neste caso concreto não há nenhum papel ou documento que comprove quando entrou em Portugal.
Mas, em caso de dúvida, será chamado a provar o que declara.

Vendo a coisa de outra forma, como é que as autoridades sabem quem infringe as regras de trânsito?
É mais ou menos a mesma coisa.

Nuno Monteiro em 24.11.2019. 23:41

Tenho uma questão, se o carro for originalmente de um Pais não pertencente à união euopeia, exemplo Suiça, e o carro for inicialmente de Dezembro de 2009.

Se o carro for vendido para França em Dezembro de 2019 e matriculado em França em Dezembro de 2019, e posteriormente importado para Portugal em Janeiro de 2020.

O calculo do imposto ISV em termos de idade é:
1 )Mais de 10 Anos Pais UE

2) Menos de 6 meses País UE

ou

3) Qualquer idade Pais não UE

Obrigado pelo Feedback

Jorge em 24.11.2019. 15:19

A legalização em Portugal tem que ser iniciada até 20 dias úteis após a entrada em território português.. Mas como sabem que dia eu entrei em Portugal?
Se eu comprar o carro dia 27-28. e entrar dia 1-2 de dezembro... Como sabem que dia eu entrei?

FD em 24.11.2019. 12:55

@Jorge em 24.11.2019. 00:26

Com a matrícula temporária de 30 dias tem isso mesmo: a possibilidade de circular durante 30 dias com essa matrícula.
Não tem nada a ver com a legalização em Portugal - são factos diferentes e independentes.

A legalização em Portugal tem que ser iniciada até 20 dias úteis após a entrada em território português.
Assim, para ter matrícula portuguesa de 2020, tem que entrar com o carro em Portugal depois de 3 de Dezembro de 2019, de forma a que possa iniciar o processo (entregar a DAV) em 1 de Janeiro de 2020 (sendo rigoroso, pode entregar a 2 de Janeiro porque dia 1 não é dia útil).

Para não pagar a taxa de 500€, deverá vir inscrito no COC que a emissão de partículas é inferior a 0,002g/km ou, por consequência directa, que tem filtro de partículas.
Através do VIN também consegue, normalmente, ver se o carro tem filtro de partículas ou não.
Às vezes é difícil perceber porque esta informação não costuma estar inscrita no livrete mas, através do número de homologação europeu, o IMT em Portugal consegue ver os valores das emissões de partículas.

Jorge em 24.11.2019. 00:26

Vou importar um BMW Gasoleo... como informado na mensagem anterior.
É 2016.
Como sei se tem filtro de partículas? como sei se tenho ou nao que pagar a taxa de 500 euros? vem em algum documento essa informação?

Jorge em 24.11.2019. 00:24

Vou buscar um BMW na alemanha dia 26/11/2019
Eu pedindo placa de 30 dias tenho ate 26/12/2019 para transferir para PORTUGAL?
Com a mudança de preço... Posso esperar mais uns dias e fazer a transferencia apenas em janeiro e assim poupar uns 200 euros?

FD em 23.11.2019. 21:43

@Lino em 23.11.2019. 20:02

Sim, está correcto.
Em 2019 ainda paga esse IUC mas em 2020 o IUC baixa para 21,50€.
Considerando sempre que a importação é de um país da UE.

Lino em 23.11.2019. 20:02

Olá,
A questão é a seguinte:A simulação a importação de um Smart de 2006//799cm//101mg CO2//sem WLTP com o acréscimo de 500€ para "partículas"são de 1233€ ISV+107 IUC.
Gostaria de saber se fiz a simulação corretamente???
Muito Obrigado

FD em 22.11.2019. 15:57

@João Borges em 22.11.2019. 14:34

Por causa da lei, não, o código do ISV ou o código do IUC não faz distinção nem penaliza esses casos.

Mas, veículos 4x4 pela sua natureza, emitem mais CO2 e por causa disso, pagam mais ISV/IUC.

FD em 22.11.2019. 15:54

@Charles em 22.11.2019. 00:54

Escrevi um artigo sobre isso: guia para comprar carros na Alemanha.

João Borges em 22.11.2019. 14:34

Boa tarde.

A importação de veículos ligeiros de passageiros, com tracção às quatro rodas, por exemplo, BMW 520 xd, 525 xd, 530 xd ou 535 xd, pagam mais imposto do que os equivalentes só com tracção traseira (520 d, 525 d, 530 d ou 535 d)?

Obrigado.

Charles em 22.11.2019. 00:54

Estou quase indo importar um carro na Alemanha.
em torno de 110g co2. 2015-2016.
Quando o carro é de vendedor particular é mais barato! Se o vendedor particular me fornecer o COC.
A dificuldade vai ser em conseguir a placa temporaria de 30 dias? ou terei mais problemas?
Como consigo a placa?

FD em 20.11.2019. 11:46

@Luis em 19.11.2019. 23:14

Em princípio, no COC deverão aparecer os dois valores, o NEDC e o NEDC2.

Não há nenhuma forma de "passar" a WLTP até porque o NEDC2 é uma transformação aritmética do NEDC - uma fórmula complicada recebe o valor NEDC e tenta aproximar o valor de CO2 da norma WLTP mas, o carro nunca foi submetido a uma homologação WLTP (confusões para complicar a vida às pessoas...).

Luis em 19.11.2019. 23:14

Boas...
Estou prestes a importar um carro que foi matriculado entre Setembro e Dezembro de 2018, portanto na era do tal NEDC2 e no anúncio do carro até está como Euro6D-Temp.
Ainda não consultei o COC do carro, mas a minha questão é a seguinte, se só estiver lá escrito NEDC2 haverá alguma maneira de pedir um COC que tenha também o WLTP junto do NEDC2?
Já que pelo que li, mesmo esses carros que sofreram alterações no CO2 que foram matriculados nesse período de tempo e levaram o carimbo de NEDC, ficaram mais penalizados, queria saber se há alguma maneira de “amenizar” isso e tentar legalizar como um WLTP.
Obrigado

FD em 10.11.2019. 12:04

@Markus em 10.11.2019. 02:24

Qual foi a dificuldade em utilizar o simulador?

FD em 10.11.2019. 12:03

@Nelson em 10.11.2019. 01:09

Não existem isenções de ISV para importar carros com mais de 30 anos.
Sobre a importação de clássicos/carros antigos: impostos (ISV/IUC) na importação para Portugal de um carro antigo (clássico).

Markus em 10.11.2019. 02:24

Olá, se eu gosto de importar um veículo de fora da UE, porém fabricado na Alemanha, o que devo pagar (3200cm3, 1997). Obrigado.

Nelson em 10.11.2019. 01:09

Boas, é posdivel me informar qusis as isençoes para importar um carro com mais 30 anos?
Obrigado

FD em 07.11.2019. 20:20

@Pedro em 07.11.2019. 19:29

Por causa do ISV ou do IUC?
Se for por causa do ISV é considerado uma importação da UE.
Se for por causa do IUC, a data da primeira matrícula deverá ser a dos EUA.

FD em 07.11.2019. 20:18

@André em 07.11.2019. 19:11

Só deve haver simulador na terceira semana de Dezembro.

Pedro em 07.11.2019. 19:29

Bom dia.
Estou a pensar importar um carro da Alemanha para Portugal, no entanto, o carro em questão foi importado dos EUA para a Alemanha.
Neste caso é como se estivesse a importar um carro alemão ou vai contar a primeira matricula do carro nos EUA?
Obrigado.

André em 07.11.2019. 19:11

Boas,

Já há simulador para valores de 2020? Ou este simulador já contempla valores da nova lei? Cumps

FD em 07.11.2019. 18:55

@Abel Martins Madeira em 07.11.2019. 18:34

Respondi na outra página:

O que se pretende com a excepção está explicado aqui: o ISV, o IUC e a norma WLTP em 2019.

Carros de 2005 não foram homologados pela norma WLTP (em 2005 nem existia WLTP), logo, não podem usufruir da redução.

Só começaram a existir carros homologados pela norma WLTP a partir do fim de 2018.
Por outro lado, na prática é quase impossível homologar carros NEDC pela norma WLTP: é possível homologar um carro pelo protocolo WLTP quando é NEDC?

Abel Martins Madeira em 07.11.2019. 18:34

Mas então no ano de 2019 se existir redução decorrente da aplicação do sistema nos carros 1-CO2 combinado, ciclo WLTP, esta é obrigatória ser aceite pela Administração Fiscal? ou ao invés o proprietário tem que pagar o imposto como se não existisse qualquer redução. Ex. importa carro de 2005, com cilindrada de 1493 e consumo a gasóleo com averba,entos de nos documentos de 1 - CO2 combinado, ciclo WLTP e redução correspondente a 20% por esta norma constar dos documentos do veículo. Desprezando este facto o imposto simulado dá 4 517 €s salvo erro e 1417,00 também salvo erro aproximadamente. Questão: Qual o montante devido ao Estado sem possibilidade de ser contestado? Os melhores cumprimentos e antecipado agradecimento.

FD em 06.11.2019. 18:51

@Alexandre em 06.11.2019. 15:31

Está e sempre esteve referido na parte "Excepções e notas".

Alexandre em 06.11.2019. 15:31

Falta o agravamento de partículas no valor de 500€

FD em 04.11.2019. 12:45

@Paulo em 04.11.2019. 10:13

Paga mais do que isso.
Falta adicionar a esse valor o IVA e as taxas aduaneiras sobre o valor da viatura.

A única forma de obter um valor para legalização inferior (quase nulo) é através da isenção por mudança de residência.

Paulo em 04.11.2019. 10:13

Pretendo levar uma viatura de Angola para Portugal.
Cilindrada 4.500cm3 (Diesel) | Co2 270 g/km = 64.512,93 Euros imposto

É mesmo isto que se paga, ou tenho alguma possibilidade em legaliza-lo doutra forma?

Nota: Tenho dupla nacionalidade, Angolana e Portuguesa.

Obrigado

FD em 03.11.2019. 12:06

@Hygo em 03.11.2019. 03:54

Tem que se preocupar com duas coisas: os impostos e a homologação.
Leia os seguintes artigos para ficar com uma ideia: importação de veículos para Portugal.

FD em 03.11.2019. 11:57

@craveiro veiga em 01.11.2019. 10:44

Leia aqui: importar um automóvel eléctrico para Portugal.

FD em 03.11.2019. 11:55

@Jorge Pedro em 01.11.2019. 10:34

Tem desde que essa incapacidade seja motora (elevada dificuldade na locomoção na via pública), de multideficiência profunda (incapacidade igual ou superior a 90%), desde que apenas se desloque em cadeira de rodas, desde que seja invisual (>95%) ou desde que tenha deficiente das Forças Armadas.

Hygo em 03.11.2019. 03:54

Ola... tenho ideias de iniciar a actividade de venda de motos usadas... como tal queria enviar do Canadá um contentor de motos usadas, todas elas com facturas de compra e legais no país de origem... ora bem enviar um contentor do Canadá é facil, pois somos familia emigrante há mais de 40 anos... a minha questão é, que burocracias terei de percorrer, se a quantidade ou idade ou cilindradada altera algum procedimento que terei de tratar... que problemas poderei ter no levantamento cá em Portugal... depois de as ter que processos e custos tbm terei para as legalizar... se possivel vcs próprios podem agenciar todo o processo? Obrigado


Contacto Hugodanielgarrido@gmail.com

craveiro veiga em 01.11.2019. 10:44

Qual é a diferença de importar um carro elétrico da UE ou dos EUA ?

Jorge Pedro em 01.11.2019. 10:34

O portador de atestado de incapacidade médico superior a 60% tem isenção de ISV nos carros importados?
Agradecimentos
Jorge Pedro

FD em 28.10.2019. 10:35

@Antonio em 28.10.2019. 08:28

Se tiverem 7 lugares e mais de 2.500kg de peso bruto pagam 50% do ISV - basta ver quanto pagariam usando o simulador e dividir o valor por 2.
Se tiverem 7 lugares e menos de 2.500kg de peso bruto pagam 100% do ISV.

Antonio em 28.10.2019. 08:28

Bom dia

Os carros importados, de 7 lugares, tÊm algum desconto no ISV?
Se sim, quanto e em que casos se aplica?

Obg

FD em 27.10.2019. 10:13

@David em 26.10.2019. 20:12

Yes, that value is correct.
There´s no "age discount" for the CO2 component of the tax calculation so, you´re paying the CO2 tax as if it was a brand new car.
More about this: porque é que é tão caro importar um carro usado?

FD em 27.10.2019. 10:09

@JMP em 25.10.2019. 23:30

Não há pagamento de IVA quando compra a particular, desde que seja considerado usado (+6.000km e +6 meses).

Ser o particular não tiver o COC terá que o pedir à marca.

David em 26.10.2019. 20:12

Hello,
I have a BMW 123d and would like to import it to Portugal. The ISV simulation shows me 4813.70€ for CO2 and 904€ for cm3 = Total 5717.70 €. This is kind of crazy! Could this be true or do I have to divide this number by 0.3?
The value of the car is only 9000€.

It is a 2000cm3, 138g CO3, Year 2008.

Thank you for your help!

David

----------Portugese translation-------------

Olá,
Tenho um BMW 123d e gostaria de o importar para Portugal. A simulação ISV mostra-me 4813.70€ para CO2 e 904€ para cm3 = Total 5717.70€. Isto é uma loucura! Isto pode ser verdade ou tenho de dividir este número por 0.3?
O valor do carro é de apenas 9000€.

É um 2000cm3, 138g CO3, Ano 2008.

Obrigado pela sua ajuda!

David

JMP em 25.10.2019. 23:30

Se comprar carro a um particular, há algum IVA a pagar? Consigo obter os certificados necessários?
Obg

Traveller em 23.10.2019. 23:13

Att. Ricardo Perreira. Em Belgica dois systeme de carros usado. Usados importado sem CarPass. Carros usado de Belgica com CarPass. O systema CarPass e um systema de goviernamento. Es um garantia de km controlada par estado Belgica. Tudo manteçao, novo rodas, etc. e em registo de Bélgica.

FD em 23.10.2019. 11:39

@ricardo pereira em 23.10.2019. 09:48

Sim, existe.
No simulador da Autoridade Tributária e Aduaneira não é no campo "Combustível" que faz a escolha, é no campo "Tipo Veículo", escolha a opção "Lig. Híbrido" ou "Lig. Híbrido Plug-In" consoante o caso.

FD em 23.10.2019. 11:23

@Pedro em 23.10.2019. 00:22

Atenção, a acção foi ganha mas tem contornos diferentes dos noticiados pela imprensa - não tome o que lê na imprensa como absoluto.

Explicado sinteticamente e de forma muito simples:
- contribuinte reclama da cobrança de ISV usando um instrumento judicial alternativo que não um tribunal, mas com a mesma "força", o CAAD, uma espécie de centro de arbitragem
- a AT recorreu da decisão para o Supremo Tribunal Administrativo
- na lei não estava prevista a possibilidade de recorrer de decisões emanadas pelo CAAD
- com base neste facto e apenas neste facto e não por causa da decisão em si, o Supremo Tribunal Administrativo rejeitou o recurso
- o governo, depois deste caso, alterou a lei e permitiu que qualquer decisão do CAAD possa ser objecto de recurso para o Supremo Tribunal Administrativo
- é de esperar que quaisquer processos similares que usem o CAAD sejam objecto de recurso por parte da AT para o Supremo Tribunal Administrativo, invalidando assim o "histórico" (a jurisprudência) do processo original, que deu origem a todas as notícias do estado ter perdido a "causa" do ISV
- só quando houver uma apreciação do Supremo Tribunal Administrativo de um caso similar é que se pode atestar se o estado perdeu ou não a causa
- em paralelo, a Comissão Europeia tem um processo pendente, em estudo, quanto à mesma questão sendo que, por norma, só em Janeiro é que costuma dar notícias destes processos

Escrevi sobre isto aqui: ponto da situação do tema ISV, CO2 e importados usados.
Pode ler nessa página as minhas "previsões". :)

ricardo pereira em 23.10.2019. 09:48

Bom Dia,

Estou a pensar comprar um Híbrido Plug In na Belgica, onde o ISV, segundo o simulador, tem opção para híbrido plug-in a gasolina. Mas no sie das finanças, quando tento fazer a simulação, apenas tenho duas opções, de gasolina ou gasoleo, a opção híbrido nunca me aparece, será que existe mesmo desconto para este gênero de viatura?

Obrigado

Pedro em 23.10.2019. 00:22

Sei que ainda não saiu orçamento de estado 2020, mas na sua opinião, o que prevê que seja alterado no ISV para 2020 tendo em conta que certamente vão fazer a nova tabela ponderando a acção que foi ganha em tribunal contra o estado e devolução parcial do ISV cobrado.

FD em 22.10.2019. 15:25

@Ricardo Pires em 22.10.2019. 14:14

Sim.

Leia mais sobre esse assunto: desconto/isenção no ISV para famílias numerosas.

Ricardo Pires em 22.10.2019. 14:14

Boa tarde,

Estou a ponderar importar um carro da Alemanha. Sou cidadão português e resido em Portugal. Obtive a informação que no caso das famílias numerosas (que é o meu caso) existe um desconto de 50% no ISV na compra de carros com 7 lugares.

Aplica-se também no caso referido de importação de um automóvel e da respetiva legalização em território nacional?

Obrigado.

FD em 21.10.2019. 11:24

@Simão em 21.10.2019. 10:55

Não há qualquer benefício nesse caso.

O único "benefício", se é que se pode chamar tal, seria o seu familiar comprar um carro novo, fazer os 6.000km e esperar cumprir 6 meses de matrícula, para não ter que pagar o IVA em Portugal.
Isto, se encontrar um carro novo na Alemanha com um preço em novo significativamente inferior ao português, depois de pago o respectivo ISV - o que não é muito comum.

FD em 21.10.2019. 11:08

@Pedro Sardinha em 20.10.2019. 14:24

Se não tem estatuto de residente em Portugal, se o seu filho não tem estatuto de residente em Portugal (estatuto residente = reside mais de 184 dias por ano em Portugal), se passa menos de 6 meses por ano em Portugal, se o carro permanece menos de 6 meses por ano em Portugal, em princípio, tendo em conta o que descreve, não terá problemas, pode circular em Portugal com o carro de matrícula espanhola desde que não ultrapasse nenhum dos prazos que indiquei atrás.

<< Primeira < Anterior [1 / 11] Seguinte > Última >>
Escrever um comentário

:

:

:


Em que ano é que estamos?

Acerca do impostosobreveiculos.info | Contacto | Publicidade

Todas as informações pretendem ser de leitura clara, simples e acessível, com o objectivo de constituirem um primeiro acesso à informação pretendida.
Por essa razão, poderão não ser totalmente completas ou tecnicamente exactas. No entanto, são dadas de boa fé e com base fundamentada na legislação em vigor.
Devido ao contexto e unicidade de cada caso, sempre que necessário, todas as informações deverão ser validadas por escrito junto da entidade oficial responsável.

Todos os direitos reservados - é permitida a cópia ou reutilização de partes deste sítio desde que seja atribuída a sua origem e autoria.
Política de Privacidade e de Tratamento de Dados Pessoais