Folha de cálculo para simular preços de automóveis comerciais novos em Julho de 2007

Com esta folha de cálculo em Excel (se não tem Excel pode utilizar um programa alternativo funcional como este) poderá calcular o novo preço de venda ao público de qualquer automóvel comercial venda no mercado português, nomeadamente:

- novo preço em Julho de 2007
- valor total dos impostos
- percentagem dos impostos no preço final

Tudo com base nas novas regras do Imposto Sobre Veículos (ISV) que veio substituir o Imposto Automóvel (IA).

Ficheiro XLS (abre com o abre com o Microsoft Excel, OpenOffice, Spread32) ) com 28KB.

Download da folha de cálculo para simular o preço do seu carro comercial novo a partir de Julho de 2007.

Versão compatível com maior parte dos programas mas sem algumas funcionalidades:
Download da folha de cálculo para simular o preço do seu carro comercial novo a partir de Julho de 2007.

28.03.2007. 06:46

paulo russo em 14.12.2010. 10:07

tenho um saxo 1.5 D comercial. no dia 21/12 embateram-me num cruzamento onde eu tinha a prioridade. acontece que o perito da outra companhia companhia deu a reparação como preda total. o carro é de 98e gostaria de saber o valor comercial e já agora como é que se explica a razão da lógica em que estecarro novo é mais caro que um a gasolina normal e depois acidentado tem menos valor que o de gasolina

União Europeia em 28.06.2009. 11:25

Estao todos a ser enganados e ainda continuao nessa de quererem ser roubados pelo estado que continua a aplicar uma lei ilegal que nao faz parte das regulamentaçoes (LEIS) da União Europeia!


Imposto automóvel motiva queixa europeia
No próximo sábado comerciantes importadores de automóveis e todos os trabalhadores relacionados com o sector estarão reunidos para a criação de uma associação que tem como primeiro objectivo apresentar no Tribunal Europeu uma queixa contra o Estado Português pela imposição, desde 1 de Janeiro deste ano, do Imposto Sobre Veículos Importados Usados.

"É o único país da Europa que aplica este imposto, que penaliza brutalmente os importadores", referiu Paulo Costa, um dos organizadores da reunião.

Dá como exemplo um carro que até ao ano passado pagava de legalização 3500 euros e agora paga 9500. "Se custou 12 500, mais vale dar o automóvel a quem entrar no stand", ironizou.

"De acordo com o Governo, o imposto serve para taxar os carros mais poluentes, mas esquecem que os carros importados pelos portugueses são os mais novos e os menos poluentes", sublinhou.

Por outro lado, frisou Paulo Costa, "o argumento cai por terra quando o imposto sobre uma autocaravana, que polui tanto como um carro, é de 50 euros, o mesmo para uma mota" e, acrescentou, "quando em Portugal um veículo usado não paga nenhum tipo de imposto como este".

No entender de Paulo Costa, o imposto em causa "prejudica não só os comerciantes, mas também as oficinas, os transportadores, os serviços aduaneiros, milhares de pessoas".

E, revelou "já se estão a sentir os efeitos. Desde Janeiro que estão parados 123 rebocadores em todo o país e, até 16 de Janeiro, só entraram na alfândega sete processos para legalização, sendo que três foram apreensões, quando o normal seriam mil viaturas".

Em média, em Portugal, legalizam-se 50 mil automóveis por ano.

Fonte: Jornal de Notícias

Ernesto Gonçalves em 24.08.2008. 17:34

oi, estou interessado em comprar um automovel em espanha e gostava de saber quanto é que me custara a legalização de um MERCEDES-BENZ CC270tcdi.
com 130000km, ano 2004 a Diesel.
gostava que me respondessem para o meu mail se possivel.
obrigado e agradeco a vossa disponibilidade, parabens ao site.
o mau mail: ernest_jazz_25@hotmail.com

FD em 22.02.2008. 14:02

Comercial ou de passageiros? Se for de passageiros:
http://impostosobreveiculos.info/simulador-online-isv-iuc-importados-usados/simulador-online-isv-20072008-importados-usados/

Márcio Santos em 18.02.2008. 00:13

Ola pessaol, estou a pensar em importar um 4x4, um toyota VX do ano 1995 que tem um motor 3000cc, alguem me sabe dizer quanto ficar a legalizaçao deste veiculo? Abraço

João Morgado em 03.07.2007. 17:16

Será que é agora TATA Motors irá estar mais competitiva??
Tratando-se apenas da aplicação de um imposto??

FD em 03.05.2007. 13:15

As pick-ups até 3 lugares (inclusive) com ou sem tracção s quatro rodas, estão isentas do ISV.
Apenas estão sujeitas ao imposto pick-ups com mais de 3 lugares.

jaime em 03.05.2007. 07:15

´No simulador não consegui simular uma situação, penso eu devido a gralha no próprio. Onde simulo Caixa aberta, 2/3 lugares e com tracção s 4 rodas (4x4)??? Não tenho essa opção!!!

FD em 14.04.2007. 04:46

O ISV ainda não tem em conta as emissões de CO2 para os veículos comerciais. Para este tipo de veículos apenas a cilindrada serve para apurar o valor de imposto a pagar.

Se ler as duas primeiras mensagens nesta página verá que as pick-ups que vão aumentar de preço são aquelas com 3.500kg de peso bruto. Todas as outras deverão manter os preços.
A "sua" sendo cabina extra, penso que só terá dois/três lugares e como tal manterá quase o mesmo preço.

filipe em 13.04.2007. 06:43

Já agora mais uma duvida.
Tentei verificar a diferenca entre comprar antes ou depois de julho uma hilux 2.5 caixa aberta com cabine extra (não dupla).
Ao por os valores na folha fiquei com 2 duvidas :
1- Não me foi pedido o C02
2- O valor dos impostos IA/ISV parece mais carro agora ! A toyota referiume que o preço iria ser a cerca de mais 7000 eur pos Julho.

Agradeço a vossa ajuda, tenho que me decidir.. Muito obrigado

FD em 30.03.2007. 06:54

Na revista Guia do Automóvel, todas as Toyota Hilux têm peso bruto inferior a 3500kg. Mas estive agora a ver o catálogo da Toyota em http://www.toyota.pt/Images/HILUX_tcm270-528880.pdf e efectivamente aí vem indicado 3500kg para todas versões 4x4.

RC em 29.03.2007. 12:29

Muito obrigado pela resposta.

Já agora os modelos do Toyota Hilux 4x4 têm todos exactamente 3500Kg de peso bruto, os 4x2 têm valores inferiores.

Abraço

FD em 29.03.2007. 11:00

Essa é uma das questões onde ainda tenho algumas dúvidas.

Na legislação anterior, as pick-ups com mais de 3500kg não pagavam IA (porque o artigo em questão dizia que os comerciais ligeiros de mercadorias - sujeitos ao imposto - são aqueles com peso bruto inferior a 3500kg). Algumas marcas, suponho eu, optaram por homologar essas pick-ups com um peso bruto de 3500kg inibindo-as assim do imposto automóvel.

Na listagem que aqui tenho, pick-ups com peso bruto de 3500kg incluem algumas versões da Isuzu Rodeo, Mitsubishi L200, Nissan Pick-Up D22 e todas as Nissan Navara. Os restantes modelos (Ford Ranger, Mazda B2500, Toyota Hilux, etc.) têm todos peso bruto bruto inferior a 3500kg pelo que a folha de cálculo aqui apresentada é totalmente válida.

Agora o problema é com a redacção da proposta de lei. Num artigo diz que comerciais ligeiros são todos os veículos até 3500kg de peso bruto, e só esses estão sujeitos ao imposto. Num outro artigo mais frente diz que todos os veículos com peso bruto de 3500kg (assim mesmo, peso bruto exacto de 3500kg, sem menção se é inferior ou superior) sem tracção s quatro rodas estão isentos. Ou seja, primeiro diz que só veículos até 3500kg são tributáveis, mas depois contraria isto dizendo que afinal se tiverem 4x4 não estão isentos.

A redacção é contraditória pelo que sinceramente não sei o que lhe diga...

Se pretende comprar um dos modelos com peso bruto de 3500kg, é melhor arriscar e comprar já, porque a perspectiva não é boa. Se fôr um dos outros modelos com peso bruto inferior a 3500kg é indiferente comprar agora ou não.

RC em 29.03.2007. 09:28

Obrigado pelo conteúdo do site.

Algumas dúvidas me assolam…

Estando a pensar comprar uma Pickup, os valores que obtenho com a vossa folha de cálculo são idênticos para o IA e para o ISV, o que contraria o comunicado na ANECRA http://impostoautomovel.blogspot.com/2007/03/anecra-emite-comunicado-sobre-o-isviuc.html
Também a informação que obtive em mais do que um stand relata aumentos de 9000 euro.

Em que ficamos?

Escrever um comentário


Por manifesta falta de tempo, não me é mais possível responder às questões colocadas, como acontecia até agora. Tenha isso em consideração quando colocar o seu comentário, obrigado.
COMENTÁRIOS COM LINGUAGEM IMPRÓPRIA SERÃO APAGADOS!

:

:

:


Em que ano é que estamos?