Imposto Único Circulação (IUC) 2018

Novidades e actualizações do IUC para 2018

Informação inicial a 13 Outubro 2017: como aconteceu em anos anteriores, apresento aqui os valores do IUC (Imposto Único de Circulação) da Proposta do Orçamento do Estado para 2018 (a tabela de 2017 está aqui).

Em relação a 2017, há um ligeiro agravamento dos valores do IUC. As taxas adicionais que existiam em 2017, para veículos a gasóleo e para veículos que emitam mais de 180g/km CO2, mantêm-se. Não existem outras novidades que sejam relevantes para a maioria da população.

Actualização a 28 Novembro 2017: os valores aqui indicados foram aprovados na Assembleia da República. Em princípio e com grande grau de certeza, serão os definitivos para 2018.

Actualização a 29 Dezembro 2017: os valores aqui indicados foram publicados em Diário da República, assim sendo, são os valores definitivos para 2018.

Próxima actualização: não está prevista qualquer actualização, a informação está correcta e completa para o ano 2018.

Introdução ao IUC

O IUC é um imposto anual que incide sobre a propriedade de um veículo automóvel (e não sobre a circulação), pago até a matrícula ser cancelada, cujos valores são actualizados todos os anos em Janeiro. É o imposto que substitui o antigo "selo do carro" e não deve ser confundido com o ISV, que é um imposto pago apenas quando o veículo é matriculado pela primeira vez em Portugal.

O processo de pagamento do IUC é sempre iniciado no Portal das Finanças. Para saber como deve proceder para pagar o IUC, por favor consulte o guia passo a passo.
O pagamento é feito sempre no mês da matrícula portuguesa do carro ou no mês anterior. O pagamento do IUC quando compra um carro novo ou importa um usado deve ser feito pela primeira vez até 90 dias depois da data da matrícula.

Relembro que o que conta para calcular o pagamento do IUC é sempre a data da matrícula portuguesa e não a data de fabrico do automóvel. Logo, os automóveis usados importados pagam consoante a data da matrícula portuguesa e não consoante a data de fabrico ou da matrícula do país de origem.

Ser tiver dúvidas, consulte as respostas para as dúvidas mais comuns sobre o IUC.

Existem duas formas de cálculo do imposto, uma para veículos matriculados até 30 de Junho de 2007 (com base no combustível, cilindrada e ano da matrícula); e outra para veículos com matrícula a partir de 1 de Julho de 2007 (com base no combustível, ano da matrícula, cilindrada e emissões de CO2). Pode obter estes dados (combustível, cilindrada, ano da matrícula, emissões CO2) no livrete ou Documento Único Automóvel.

Tabelas

Há isenção quando o valor do IUC a cobrar é inferior a 10€.

Veículos matriculados em Portugal até 30 Junho de 2007 (inclusive)

Em complemento a estas tabelas, também está disponível o novo simulador do IUC para 2018 matrículas até Junho 2007.

Veja no DUA (Documento Único Automóvel) ou no livrete qual o combustível (campo P.3 no DUA), a cilindrada (campo P.1 no DUA) e o ano da matrícula (campo I no DUA), depois, na tabela do combustível correspondente cruze a linha da cilindrada (ou voltagem nos eléctricos) com a coluna do ano da matrícula para saber o valor a pagar.

Esta é a tabela de IUC para 2018 dos veículos ligeiros de passageiros a gasolina com matrícula portuguesa até Junho de 2007.

Tabela aplicável no ano 2018
Gasolina com matrícula portuguesa entre 1981 e Junho de 2007
Cilindrada (cm3) Matrícula de 1996 a Junho 2007 Matrícula de 1990 a 1995 Matrícula de 1981 a 1989
Até 1.000 18,12€ 11,43€ Isento 8,02€
1.001 a 1.300 36,38€ 20,44€ 11,43€
1.301 a 1.750 56,82€ 31,76€ 15,93€
1.751 a 2.600 144,16€ 76,03€ 32,86€
2.601 a 3.500 261,78€ 142,55€ 72,59€
Mais de 3.500 466,42€ 239,59€ 110,09€
A data da matrícula que conta para o IUC é sempre a da matrícula portuguesa indicada no livrete ou Documento Único Automóvel (campo I).
A data da matrícula para efeitos de IUC nos usados importados não é a que está na matrícula do carro.
Simulador do IUC para 2018 matrículas até Junho 2007

Esta é a tabela de IUC para 2018 dos veículos ligeiros de passageiros a gasóleo com matrícula portuguesa até Junho de 2007.
Os carros a gasóleo têm uma taxa adicional desde 2017 que já está incluída nos valores da seguinte tabela (entre parêntesis está a soma do valor de imposto normal e da taxa adicional - vísivel apenas em ecrãs grandes por uma questão de legibilidade).

Tabela aplicável no ano 2018
Gasóleo com matrícula portuguesa entre 1981 e Junho de 2007
Cilindrada (cm3) Matrícula de 1996 a Junho 2007 Matrícula de 1990 a 1995 Matrícula de 1981 a 1989
Até 1.500 21,26€ (18,12€ + 3,14€) 13,41€ (11,43€ + 1,98€) Isento 9,41€ (8,02€ + 1,39€)
1.501 a 2.000 42,69€ (36,38€ + 6,31€) 23,99€ (20,44€ + 3,55€) 13,41€ (11,43€ + 1,98€)
2.001 a 3.000 66,68€ (56,82€ + 9,86€) 37,27€ (31,76€ + 5,51€) 18,69€ (15,93€ + 2,76€)
Mais de 3.000 169,17€ (144,16€ + 25,01€) 89,22€ (76,03€ + 13,19€) 38,56€ (32,86€ + 5,70€)
A data da matrícula que conta para o IUC é sempre a da matrícula portuguesa indicada no livrete ou Documento Único Automóvel (campo I).
A data da matrícula para efeitos de IUC nos usados importados não é a que está na matrícula do carro.
Simulador do IUC para 2018 matrículas até Junho 2007

Esta é a tabela de IUC para 2018 dos veículos ligeiros de passageiros eléctricos com matrícula portuguesa até Junho de 2007.

Tabela aplicável no ano 2018
Movidos a electricidade com matrícula portuguesa entre 1981 e Junho de 2007
Voltagem total Matrícula de 1996 a Junho 2007 Matrícula de 1990 a 1995 Matrícula de 1981 a 1989
Até 100 18,12€ 11,43€ Isento 8,02€
Mais de 100 36,38€ 20,44€ 11,43€

Veículos matriculados em Portugal a partir de 1 de Julho de 2007 (inclusive)

Em complemento a estas tabelas, também está disponível o novo simulador do IUC para 2018 matrículas a partir de Julho de 2007.

Nos ligeiros de passageiros matriculados a partir de 1 de Julho de 2007, o IUC é calculado com base na cilindrada, nas emissões de CO2 e na data da matrícula.
Deve consultar no DUA (Documento Único Automóvel) qual a cilindrada (campo P.1 no DUA), as emissões de CO2 (campo V.7 no DUA) e a data da matrícula (campo I no DUA).
Existem taxas adicionais para veículos a gasóleo e para veículos com emissões de CO2 superiores a 180g/km e data de matrícula a partir de 2017.

O cálculo do valor de IUC a pagar é feito em 3 passos para automóveis a gasolina e em 4 passos para automóveis a gasóleo.
Automóveis ligeiros exclusivamente eléctricos estão isentos de IUC - esta isenção não abrange híbridos ou híbridos plug-in, que pagam o valor normal como qualquer outro automóvel.

Passo 1: a tabela da cilindrada é aplicada de forma igual a automóveis a gasolina e a gasóleo (ou qualquer outro combustível). Veja em qual dos quatro escalões se insere o veículo.

Tabela aplicável no ano 2018
Matrícula portuguesa a partir de Julho de 2007
Cilindrada (cm3) Taxa
Até 1.250 28,92€
1.251 a 1.750 58,04€
1.751 a 2.500 115,96€
Mais de 2.500 396,86€
Simulador do IUC para 2018 matrículas a partir de Julho 2007

Resumo do cálculo até agora: taxa cilindrada

Passo 2: à taxa da cilindrada deve agora somar a taxa das emissões de CO2, mais uma vez, o valor é o mesmo para gasolina e gasóleo. Nos veículos com matrícula a partir de 2017 terá que somar o valor das duas colunas.

Tabela aplicável no ano 2018
Matrícula portuguesa a partir de Julho de 2007
Emissões CO2 (g/km) Taxa Taxa adicional
Matrícula a partir de 2017
Até 120 59,33€ 0€
121 a 180 88,90€ 0€
181 a 250 193,08€ 28,92€
Mais de 250 330,76€ 58,04€
Simulador do IUC para 2018 matrículas a partir de Julho 2007

Resumo do cálculo até agora: taxa cilindrada + taxa CO2

Passo 3: Deve agora multiplicar o resultado da soma da taxa da cilindrada com a das emissões de CO2 pelo número (coeficiente) que aparece na seguinte tabela.
Este coeficiente é um agravamento para veículos mais recentes, ou seja, carros mais recentes pagam mais IUC.

Tabela aplicável no ano 2018
Matrícula portuguesa a partir de Julho de 2007
Ano da matrícula portuguesa Coeficiente
2007 1,00
2008 1,05
2009 1,10
2010 e seguintes 1,15
Simulador do IUC para 2018 matrículas a partir de Julho 2007

Resumo do cálculo até agora: taxa cilindrada + taxa CO2 * coeficiente data matrícula

Passo 4 (gasóleo apenas): criou-se uma taxa adicional aquando da intervenção da troika mas, que ainda está em vigor, a cobrar em todos os veículos ligeiros de passageiros a gasóleo com matrícula a partir de 1 de Julho de 2007 (inclusive).
Supostamente, é uma taxa temporária, ou seja, deixará de existir no futuro porém, ainda existe em 2018.

Tabela aplicável no ano 2018
Matrícula portuguesa a partir de Julho de 2007
Gasóleo
Cilindrada (cm3) Taxa Adicional
Até 1.250 5,02€
1.251 a 1.750 10,07€
1.751 a 2.500 20,12€
Mais de 2.500 68,85€
Simulador do IUC para 2018 matrículas a partir de Julho 2007

Resumo do cálculo até agora (apenas gasóleo): taxa cilindrada + taxa CO2 * coeficiente data matrícula + taxa adicional gasóleo

Exemplos de cálculo:

Veículos comerciais de transporte particular com peso bruto inferior a 12t

Esta é a tabela de IUC para 2018 dos veículos de transporte particular com peso bruto inferior a 12t. Esta tabela é independente do ano da matrícula.

Tabela aplicável no ano 2018
Peso Bruto (kg) Taxa
Até 2.500 32,00€
2.501 a 3.500 53,00€
3.501 a 7.500 127,00€
7.501 a 11.999 206,00€

Motociclos, ciclomotores, triciclos e quadriciclos

Esta é a tabela de IUC para 2018 dos motociclos, ciclomotores, triciclos e quadriciclos.

Tabela aplicável no ano 2018
Cilindrada (cm3) Matrícula de 1997 a 2018 Matrícula de 1992 a 1996
Até 119 Isento Isento
120 a 250 Isento 5,64€ Isento
251 a 350 Isento 7,98€ Isento 5,64€
351 a 500 19,28€ 11,41€
501 a 750 57,93€ 34,12€
Mais de 750 125,80€ 61,70€

Simuladores

Porque as tabelas podem ser confusas pela quantidade de critérios, criei dois simuladores para saber o valor de IUC a pagar em 2018:

Estes simuladores só calculam o valor para ligeiros de passageiros.

Pagar o IUC

Para pagar o IUC:

13.10.2017. 23:58

Miranda em 23.02.2018. 19:27

Exmos Senhores,
Como já não sei a quem me dirigir, peço a V. Excia ajuda para este pequeno problema.

Fui assaltada e devido à minha instabilidade psíquica como consequência deste ato, foi-me aconselhado pelo médico fazer férias e isolar-me do pesadelo e do medo que me persegue. Assim o fiz, apesar de estar de vez em quando ligada ao computador. Recebi o aviso de pagamento do imposto de circulação (52 Euros), estava eu de férias. Quando cheguei, teria de o pagar e realmente passou-me totalmente. Recebi aviso do meu contabilista/das finanças que o prazo já tinha passado e de imediato paguei. O aviso menciona um valor de 72.91 Euros ou seja paguei 20.91 Euros em excesso. Mesmo após ter pago de imediato, voltei a receber uns dias mais tarde uma notificação no valor de 88.25 Euros de coima. Ora de um pagamento de 52 Euros, pagos com um pouco de atraso porque estava de férias, enviam-me 2 multas para pagar no valor total de 109.16 Euros??. Isto tem cabimento? Compreendo que tivesse sido um erro do computador, mas não me devolvem o valor da segunda multa. Já escrevi 3 vezes, dizem que o processo está encerrado, mas continuo sem receber o valor. No periodo de férias deveria de haver um pouco de mais compreensão.

Ora não seria correto enviarem um primeiro aviso como qualquer empresa o faz em vez de estarem sempre a cobrar dinheiro? Quantas vezes o Estado me devolveu valores com prazos atrasadíssimos. Também não cobrei qualquer multa. E no meu caso, nem foi por desleixo, porque se consultar o sistema das finanças, poder-se-á verificar que nunca faltei a qualquer pagamento de imposto de circulação. Não havia necessidade estarem a cobrar somas elevadas (109.16 Euros) para um valor tão baixo de 52 Euros. Seria possível me ajudar ou informar a quem devo dirigir esta exposição?

Agradeço desde já a sua atenção dispensada

Att
Miranda

Miranda em 23.02.2018. 19:22

Exmos Senhores,
Como já não sei a quem me dirigir, peço a V. Excia ajuda para este pequeno problema.

Fui assaltada e devido à minha instabilidade psíquica como consequência deste ato, foi-me aconselhado pelo médico fazer férias e isolar-me do pesadelo e do medo que me persegue. Assim o fiz, apesar de estar de vez em quando ligada ao computador. Recebi o aviso de pagamento do imposto de circulação (52 Euros), estava eu de férias. Quando cheguei, teria de o pagar e realmente passou-me totalmente. Recebi aviso do meu contabilista/das finanças que o prazo já tinha passado e de imediato paguei. O aviso menciona um valor de 72.91 Euros ou seja paguei 20.91 Euros em excesso. Mesmo após ter pago de imediato, voltei a receber uns dias mais tarde uma notificação no valor de 88.25 Euros de coima. Ora de um pagamento de 52 Euros, pagos com um pouco de atraso porque estava de férias, enviam-me 2 multas para pagar no valor total de 109.16 Euros??. Isto tem cabimento? Compreendo que tivesse sido um erro do computador, mas não me devolvem o valor da segunda multa. Já escrevi 3 vezes, dizem que o processo está encerrado, mas continuo sem receber o valor. No periodo de férias deveria de haver um pouco de mais compreensão.

Ora não seria correto enviarem um primeiro aviso como qualquer empresa o faz em vez de estarem sempre a cobrar dinheiro? Quantas vezes o Estado me devolveu valores com prazos atrasadíssimos. Também não cobrei qualquer multa. E no meu caso, nem foi por desleixo, porque se consultar o sistema das finanças, poder-se-á verificar que nunca faltei a qualquer pagamento de imposto de circulação. Não havia necessidade estarem a cobrar somas elevadas (109.16 Euros) para um valor tão baixo de 52 Euros. Seria possível me ajudar ou informar a quem devo dirigir esta exposição?

Agradeço desde já a sua atenção dispensada

Att
Miranda

FD em 22.02.2018. 19:02

@FC em 22.02.2018. 16:37

Depende do peso bruto e da lotação.

Com lotação até 9 lugares, os valores são os indicados acima na tabela "Veículos comerciais de transporte particular com peso bruto inferior a 12t".

Para lotações superiores a 9 lugares, não se paga IUC.

FC em 22.02.2018. 16:37

Boa tarde.
Qual o IUC a pagar por um MERCEDES SPRINTER de 9 lugares, daquelas com 7 metros de comprimento?
Qual o IUC a pagar por um MINIBUS de 22 lugares?

FD em 10.02.2018. 12:43

@Cláudia Allen em 09.02.2018. 16:05

Para saber se tem alguma viatura em seu nome, siga estas instruções: Como consultar os veículos em meu nome.

Cláudia Allen em 09.02.2018. 16:05

Se tenho alguma viatura registrada em meu nome

FD em 08.02.2018. 12:44

@ADELINA em 08.02.2018. 12:17

Depende. Penhorado e apreendido por quem e porquê?

ADELINA em 08.02.2018. 12:17

O meu carro foi penhorado e apreendido, não fico isenta de pagar IUC?

FD em 04.02.2018. 12:23

@Koen em 03.02.2018. 16:39

O IUC é cobrado consoante a data da matrícula portuguesa, não pela data de fabrico do carro.

Matrícula portuguesa anterior a 1981 = isento.
Matrícula portuguesa posterior a 1981 = ver as tabelas ou fazer a simulação.

Carros importados para Portugal em 2018 mas, de fabrico anterior a 1981 e a partir de 1970 pagam como se fossem novos, porque a data da matrícula portuguesa será 2018. Na falta de informação sobre as emissões de CO2, estas são medidas na inspecção para atribuição de matrícula.
Carros anteriores a 1970 pagam como novos mas, no escalão de CO2 pagam sempre o mínimo.

Como saber a data da matrícula portuguesa: Saber pela matrícula se paga IUC antigo ou novo.

Koen em 03.02.2018. 16:39

Ola,

Quanto é o iuc para carros de antes de 1981? Sem registrá-lo como um clássico.

FD em 01.02.2018. 10:02

@Rui Gonçalves em 01.02.2018. 01:36

Essa era uma prática existente no anterior imposto, a de ir alargando a isenção ou diminuindo o imposto todos os anos, ano a ano, para os veículos mais antigos.
Quanto mais antigo, menos pagava, até chegar a um ponto em que ficava isento.

Não se pode prever o futuro mas, todos os indícios apontam para que isso nunca mais aconteça.

Ou seja, o que está isento hoje, estará isento para sempre.
O que não está isento hoje, nunca irá ficar isento, por mais idade que tenha.

Rui Gonçalves em 01.02.2018. 01:36

O ano passado o iuc para motas de mais de 751 cc3 matriculadas até 1997 já só pagavam metade do imposto pelo que este ano deduzi que "andaria um ano" e isso se aplicaria as motas de 1997, no entanto verifico que a redução se mantém apenas para as motas até 1996.

Está correto??

Para o ano manter-se-à assim ou será alterado e as motas de 1997 já terão o imposto reduzido?

FD em 26.01.2018. 14:15

@Pedro em 26.01.2018. 13:43

Movi a sua pergunta para a página onde fez a primeira pergunta: https://impostosobreveiculos.info/isv/simulador-rapido-isv-2018/.
Respondi também na outra página.

Irei apagar estes dois comentários mais tarde.

Pedro em 26.01.2018. 13:43

Bom dia,
Desde já agradeço a sua resposta anterior.
Neste momento ainda estou na Suiça mas ando a tratar da documentação antes de regressar a Portugal.
Contrariamente ao que me indicou, na Embaixada de Berna - Suíça foi-me dito que teria que ter pelos menos 1 ano o veículo em meu nome para o poder legalizar com isenção do ISV. Pode-me confirmar melhor este assunto?
Quanto à tabela CO2, já reparei que existe diferentes valores para um determinado veículo, com a mesma motorização e potência mas com valores CO2 diferentes. Por qual tabela me devo reger? Obrigado
Cumprimentos,
Pedro

FD em 26.01.2018. 13:39

@Ana Cristina em 26.01.2018. 13:03

O valor da segunda coluna que vê é uma taxa adicional.
Ou seja, paga o valor da primeira coluna mais o valor da segunda coluna - a taxa adicional.
Mas, esta taxa só se aplica a automóveis com 180 ou mais g/km de CO2.
Assim, o seu carro paga 59,33€ de CO2 mas, não paga taxa adicional.

Vou corrigir a tabela para ser mais claro.

Ana Cristina em 26.01.2018. 13:03

Tenho um Skoda Citigo de 2014 com 999 cc com matrícula portuguesa de 24/10/2017. Segundo as tabelas pago EUR28,92 e não tenho de pagar nada de taxa de emissão de CO2 mas quando faço a simulação colocam a taxa de €59,33. No e-finanças indicam que o IUC é de cerca de € 101. Agradeço os vossos esclarecimentos

FD em 25.01.2018. 12:45

@José Marco vicente em 24.01.2018. 18:16

A sua pergunta já foi respondida anteriormente: Importei ou comprei um importado usado, qual é a data da matrícula?

José Marco vicente em 24.01.2018. 18:16

A data da matricula é a data em que foi feita a matricula ou então é o ano do fabrico do vehiculo ?

...é uma coida de doidos porque uma velha moto usada do ano 1990 vai pagar um IUC como se fosse nova !!!! Portugal dos malucos !

José Marco vicente em 24.01.2018. 18:09

Alguém me pode dizer qual é o valor do IUC para uma moto usada importada ?
A moto tem a matricula francesa do ano 1990.

FD em 24.01.2018. 11:56

@Pedro em 24.01.2018. 11:18

A matrícula portuguesa foi cancelada?
Se sim, deve pedir a sua reposição junto do IMT.
Nesse caso, salvo erro, irá repor a situação anterior, ou seja, pagará como sempre pagou, com as regras anteriores a Julho de 2007.

Mas, convém ter certeza de que, no seu caso, é possível repor a matrícula. Para tal, deve contactar o IMT: http://www.imt-ip.pt/

Pedro em 24.01.2018. 11:18

Bom dia,

Tenho um Seat Leon que foi trazido de Portugal por um amigo e vizinho meu aqui na Suíça. Acontece que eu comprei-lhe o automóvel já há mais de um ano e agora estou a pensar regressar a Portugal e gostaria de o levar. O Seat é anterior a 2007, pagava selo antigo, na legalização vão ser activas as matriculas antigas e continua a pagar selo antigo como quando estava em Portugal antes de ser trazido e legalizado aqui na Suíça? Obrigado pela ajuda e informação.

Cumprimentos,
Pedro

FD em 23.01.2018. 10:10

@Célia Fernandes em 22.01.2018. 10:45

Coloquei a tabela das embarcações online: https://impostosobreveiculos.info/iuc/tabela-iuc-2018-embarcacoes-barcos-e-semelhantes/
O valor a pagar é: 451,33€.

Célia Fernandes em 22.01.2018. 10:45

Como posso saber quanto é que paga de Imposto Unico de Circulação uma embarcação que tem a data da matricula de 17-11-1999 e tem de potência HP 225.

Silva em 08.01.2018. 20:22

Exms senhores, conduzo carro a GPL à 25 anos, tenho dois carros de 2010 pago uma soma de IUC que é uma disparidade apesar de ser veículos 1200 cc como é lógico sempre ando a GPL, daí pergunto não acham uma injustiça uma vez que a GPL o co² é muito reduzido, por favor regulem bem e justa esta situação, para isso é preciso tirar o véu dos olhos.
Obrigado

FD em 30.12.2017. 17:29

@Marco
Sim, faltam os parentesis mas, o objectivo é simplificar, para chegar ao maior número de pessoas. Seguindo as instruções, passo a passo, a "conta" dá sempre o valor correcto.

@Victor
Esse critério é antigo e já não se aplica aos novos carros elétricos que, até ver, estão isentos de IUC.

@Pedro
Use por favor o simulador de IUC.

@IUC 2018
Essa situação não é nova e não há perspectivas de que mude.

@dfelix
Já foram alteradas as tabelas com essa informação.

Marco em 29.12.2017. 15:51

A explicação do cálculo do IUC está correcta, porém as expressões matemáticas usadas para exemplificar estão erradas. Rever as propriedades matemáticas e resultados!

Victor em 29.11.2017. 23:33

Boa noite.
Um veículo elétrico é cotado para aplicações de imposto pela "Voltagem"?! Esse termo nem existe em português, é Tensão. E desde quando a tensão é preponderante para avaliar um veículo? Não deveria ser o valor novo, ou outro, por exemplo?

Pedro em 23.11.2017. 22:08

Estou a pensar levar o meu toyota prius de inglaterra para Potugal. Acontece que a cilindrada é 1779 mas as emissoes sao muito poucas, apenas 111. Isto, por ser hybrido. Alguma ideia de quanto iria pagar?

IUC 2018 em 21.10.2017. 19:28

Alem do que o "Dfelix" referiu temos também a situação dos veículos fabricados antes de 01 de Julho de 2007 e que foram importados desde 01 de Julho de 2007 para cá, são veículos com mais de 10 anos de fabrico, muitos deles já com filtro de partículas e pagam IUC como um veículo de 2018!!! Ou seja, pagam mais de IUC do que a própria desvalorização anual que é quase nula em marcas premium...refiro que deveriam considerar pelo menos os que tem filtro de partículas e mais de 10 anos de fabrico pagar IUC como nacional antes de 01 de Julho de 2007.

dfelix em 16.10.2017. 13:46

No mês de Maio de 2017 surgiu em vários meios de comunicação social a notícia de que iria ser aplicada uma isenção aos motociclos com IUC inferior a 10 euros.
No entanto as tabelas para 2018 fazem indicação de imposto à semelhança do passado. Houve um recuo nesta decisão?
Cumprimentos,

Escrever um comentário

:

:

:


Em que ano é que estamos?