Imposto Único Circulação (IUC) 2018

Nesta página encontra informação simplificada mas completa sobre o IUC e os valores actualizados para 2018.

Informação revista e actualizada em 11 Dezembro de 2017.

Novidades e actualizações do IUC para 2018

Informação inicial a 13 Outubro 2017: como aconteceu em anos anteriores, apresento aqui os valores do IUC (Imposto Único de Circulação) da Proposta do Orçamento do Estado para 2018 (a tabela de 2017 está aqui).
Esta informação é provisória, e reflecte a Proposta de Lei n.º 100/XIII (Proposta do Orçamento de Estado para 2018), conforme divulgada pelo Parlamento.

Em relação a 2017, há um ligeiro agravamento dos valores do IUC. As taxas adicionais que existiam em 2017, para veículos a gasóleo e para veículos que emitam mais de 180g/km CO2, mantêm-se. Não existem outras novidades que sejam relevantes para a maioria da população.

Actualização a 28 Novembro 2017: os valores aqui indicados foram aprovados na Assembleia da República. Em princípio e com grande grau de certeza, serão os definitivos para 2018.

Próxima actualização: aquando da publicação do Orçamento de Estado em Diário da República, no final do ano, para confirmar a informação aqui dada.

Introdução ao IUC

O IUC é um imposto anual que incide sobre a propriedade de um veículo automóvel (e não sobre a circulação), pago até o veículo ser abatido, cujos valores são actualizados todos os anos em Janeiro. É o imposto que substitui o antigo "selo do carro" e não deve ser confundido com o ISV, que é um imposto pago apenas quando o veículo é matriculado pela primeira vez em Portugal.

Para saber como deve proceder para pagar o IUC, por favor consulte o guia passo a passo.
O pagamento é feito sempre no mês da matrícula do carro ou no mês anterior. O pagamento do IUC quando compra um carro novo ou importa um usado deve ser feito pela primeira vez até 90 dias depois da data da matrícula.

Relembro que o que conta para calcular o pagamento do IUC é sempre a data da matrícula portuguesa e não a data de fabrico do automóvel. Logo, os automóveis usados importados pagam consoante a data da matrícula portuguesa e não consoante a data de fabrico ou da matrícula do país de origem.

Ser tiver dúvidas, consulte as respostas para as dúvidas mais comuns sobre o IUC.

Existem duas formas de cálculo do imposto, uma para veículos matriculados até 30 de Junho de 2007 (com base no combustível, cilindrada e ano da matrícula); e outra para veículos com matrícula a partir de 1 de Julho de 2007 (com base no combustível, ano da matrícula, cilindrada e emissões de CO2). Pode obter estes dados (combustível, cilindrada, ano da matrícula, emissões CO2) no livrete ou Documento Único Automóvel.

Tabelas

Há isenção quando o valor do IUC a cobrar é inferior a 10€.

Veículos matriculados em Portugal até 30 Junho de 2007 (inclusive)

Em complemento a estas tabelas, também está disponível o novo simulador do IUC para 2018 matrículas até Junho 2007.

Veja no DUA (Documento Único Automóvel) ou no livrete qual o combustível (campo P.3 no DUA), a cilindrada (campo P.1 no DUA) e o ano da matrícula (campo I no DUA), depois, na tabela do combustível correspondente cruze a linha da cilindrada (ou voltagem nos eléctricos) com a coluna do ano da matrícula para saber o valor a pagar.

Gasolina
Cilindrada (cm3) Matrícula posterior a 1995 De 1990 a 1995 De 1981 a 1989
Até 1.000 18,12€ 11,43€ Isento 8,02€
1.001 a 1.300 36,38€ 20,44€ 11,43€
1.301 a 1.750 56,82€ 31,76€ 15,93€
1.751 a 2.600 144,16€ 76,03€ 32,86€
2.601 a 3.500 261,78€ 142,55€ 72,59€
Mais de 3.500 466,42€ 239,59€ 110,09€
Simulador do IUC para 2018 matrículas até Junho 2007

Os carros a gasóleo têm uma taxa adicional desde 2017 que já está incluída nos valores da seguinte tabela (entre parêntesis está a soma do valor de imposto normal e da taxa adicional).

Gasóleo
Cilindrada (cm3) Posterior a 1995 De 1990 a 1995 De 1981 a 1989
Até 1.500 21,26€ (18,12€ + 3,14€) 13,41€ (11,43€ + 1,98€) Isento 9,41€ (8,02€ + 1,39€)
1.501 a 2.000 42,69€ (36,38€ + 6,31€) 23,99€ (20,44€ + 3,55€) 13,41€ (11,43€ + 1,98€)
2.001 a 3.000 66,68€ (56,82€ + 9,86€) 37,27€ (31,76€ + 5,51€) 18,69€ (15,93€ + 2,76€)
Mais de 3.000 169,17€ (144,16€ + 25,01€) 89,22€ (76,03€ + 13,19€) 38,56€ (32,86€ + 5,70€)
Simulador do IUC para 2018 matrículas até Junho 2007

Movidos a electricidade
Voltagem total Posterior a 1995 De 1990 a 1995 De 1981 a 1989
Até 100 18,12€ 11,43€ Isento 8,02€
Mais de 100 36,38€ 20,44€ 11,43€

Veículos matriculados em Portugal a partir de 1 de Julho de 2007 (inclusive)

Em complemento a estas tabelas, também está disponível o novo simulador do IUC para 2018 matrículas a partir de Julho de 2007.

Nos ligeiros de passageiros matriculados a partir de 1 de Julho de 2007, o IUC é calculado com base na cilindrada, nas emissões de CO2 e na data da matrícula.
Deve consultar no DUA (Documento Único Automóvel) qual a cilindrada (campo P.1 no DUA), as emissões de CO2 (campo V.7 no DUA) e a data da matrícula (campo I no DUA).
Existem taxas adicionais para veículos a gasóleo e para veículos com emissões de CO2 superiores a 180g/km e data de matrícula a partir de 2017.

O cálculo do valor de IUC a pagar é feito em 3 etapas para automóveis a gasolina e em 4 etapas para automóveis a gasóleo.

Etapa 1: a tabela da cilindrada é aplicada de forma igual a automóveis a gasolina e a gasóleo (ou qualquer outro combustível). Veja em qual dos quatro escalões se insere o veículo.

Cilindrada (cm3) Taxa
Até 1.250 28,92€
1.251 a 1.750 58,04€
1.751 a 2.500 115,96€
Mais de 2.500 396,86€
Simulador do IUC para 2018 matrículas a partir de Julho 2007

Resumo do cálculo até agora: taxa cilindrada

Etapa 2: à taxa da cilindrada deve agora somar a taxa das emissões de CO2, mais uma vez, o valor é o mesmo para gasolina e gasóleo. Tenha atenção que se tiver mais de 180g/km há uma taxa adicional mas, apenas para veículos com matrícula a partir de 2017.

Emissões CO2 (g/km) Taxa Matrícula a partir de 2017
Até 120 59,33€ 0€
121 a 180 88,90€ 0€
181 a 250 193,08€ 28,92€
Mais de 250 330,76€ 58,04€

Resumo do cálculo até agora: taxa cilindrada + taxa CO2

Etapa 3: Deve agora multiplicar o resultado da soma da taxa da cilindrada com a das emissões de CO2 pelo número (coeficiente) que aparece na seguinte tabela.
Este coeficiente é um agravamento para veículos mais recentes, ou seja, carros mais recentes pagam mais IUC.

Ano da matrícula portuguesa Coeficiente
2007 1,00
2008 1,05
2009 1,10
2010 e seguintes 1,15

Resumo do cálculo até agora: taxa cilindrada + taxa CO2 * coeficiente data matrícula

Etapa 4 (gasóleo apenas): criou-se uma taxa adicional aquando da intervenção da troika mas, que ainda está em vigor, a cobrar em todos os veículos ligeiros de passageiros a gasóleo com matrícula a partir de 1 de Julho de 2007 (inclusive).
Supostamente, é uma taxa temporária, ou seja, deixará de existir no futuro porém, ainda existe em 2018.

Gasóleo
Cilindrada (cm3) Taxa Adicional
Até 1.250 5,02€
1.251 a 1.750 10,07€
1.751 a 2.500 20,12€
Mais de 2.500 68,85€

Resumo do cálculo até agora (apenas gasóleo): taxa cilindrada + taxa CO2 * coeficiente data matrícula + taxa adicional gasóleo

Exemplos de cálculo:

Veículos comerciais de transporte particular com peso bruto inferior a 12t

Peso Bruto (kg) Taxa
Até 2.500 32,00€
De 2.501 a 3.500 53,00€
De 3.501 a 7.500 127,00€
De 7.501 a 11.999 206,00€

Motociclos, ciclomotores, triciclos e quadriciclos

Cilindrada (cm3) Posterior a 1996 Entre 1992 e 1996
De 120 até 250 Isento 5,64€ 0€
Mais de 250 até 350 Isento 7,98€ Isento 5,64€
Mais de 350 até 500 19,28€ 11,41€
Mais de 500 até 750 57,93€ 34,12€
Mais de 750 125,80€ 61,70€

Simuladores

Porque as tabelas podem ser confusas pela quantidade de critérios, criei dois simuladores para saber o valor de IUC a pagar em 2018:

Estes simuladores só calculam o valor para ligeiros de passageiros.

13.10.2017. 23:58

Victor em 29.11.2017. 23:33

Boa noite.
Um veículo elétrico é cotado para aplicações de imposto pela "Voltagem"?! Esse termo nem existe em português, é Tensão. E desde quando a tensão é preponderante para avaliar um veículo? Não deveria ser o valor novo, ou outro, por exemplo?

Pedro em 23.11.2017. 22:08

Estou a pensar levar o meu toyota prius de inglaterra para Potugal. Acontece que a cilindrada é 1779 mas as emissoes sao muito poucas, apenas 111. Isto, por ser hybrido. Alguma ideia de quanto iria pagar?

IUC 2018 em 21.10.2017. 19:28

Alem do que o "Dfelix" referiu temos também a situação dos veículos fabricados antes de 01 de Julho de 2007 e que foram importados desde 01 de Julho de 2007 para cá, são veículos com mais de 10 anos de fabrico, muitos deles já com filtro de partículas e pagam IUC como um veículo de 2018!!! Ou seja, pagam mais de IUC do que a própria desvalorização anual que é quase nula em marcas premium...refiro que deveriam considerar pelo menos os que tem filtro de partículas e mais de 10 anos de fabrico pagar IUC como nacional antes de 01 de Julho de 2007.

dfelix em 16.10.2017. 13:46

No mês de Maio de 2017 surgiu em vários meios de comunicação social a notícia de que iria ser aplicada uma isenção aos motociclos com IUC inferior a 10 euros.
No entanto as tabelas para 2018 fazem indicação de imposto à semelhança do passado. Houve um recuo nesta decisão?
Cumprimentos,

Escrever um comentário

:

:

:


Em que ano é que estamos?