Tabela Imposto Único Circulação (IUC) 2010

Actualização a 17 de Outubro de 2011: já estão disponíveis as tabelas e os simuladores com os valores do IUC para 2011 e 2012. Veja aqui:
Tabela Imposto Único Circulação (IUC) 2011
Tabela Imposto Único Circulação (IUC) 2012
Como pagar o IUC pela internet passo a passo
Dúvidas comuns Imposto Único Circulação (IUC)

No dia 26 de Janeiro de 2010 foi apresentada a proposta do Orçamento do Estado para 2010. Conforme no ano anterior, apresento os novos valores do IUC. Esta informação é provisória e sujeita a alterações.

O Orçamento do Estado estipula, entre diversas outras coisas, as novas taxas de imposto aplicadas aos veículos automóveis, a vigorar a partir de 2009. Como o próprio nome indica, é uma proposta, pelo que está sujeita a alterações.

Aqui encontra os novos valores, conforme indicados nessa mesma proposta.

No dia 28 de Abril de 2010 foi publicado em Diário da República o Orçamento do Estado para 2010. Os valores da proposta, no que ao Imposto Único de Circulação diz respeito, mantêm-se. Ou seja, os valores da proposta e da versão definitiva são os mesmos.

O pagamento é feito sempre no mês da matrícula do carro ou no mês anterior. O pagamento do IUC deve ser feito pela primeira vez até 90 dias depois da data da matrícula.

Nos veículos com matrícula a partir de 1 de Julho de 2007, deverá somar o valor obtido a partir da cilindrada com o valor obtido a partir das emissões de CO2. Pode obter esta informação no Documento Único Automóvel.

Para saber mais informações sobre como deve proceder ao pagamento do IUC, por favor consulte o guia passo a passo.

Se quiser, tem ao seu dispor um simulador (folha de cálculo) disponível online: simulador ISV/IUC para automóveis novos e simulador ISV/IUC para automóveis importados usados.

Veículos matriculados antes de 1 de Julho de 2007 (até 30 Junho de 2007)

Gasolina Cilindrada Outros (Gasóleo, etc.) Cilindrada Movidos a electricidade
Voltagem total
Posterior a 1995 De 1990 a 1995 De 1981 a 1989
Até 1.000 Até 1.500 Até 100 16,50 € 10,40 € 7,30 €
Entre 1.001 e 1.300 Entre 1.501 e 2.000 Mais de 100 33,10 € 18,60 € 10,40 €
Entre 1.301 e 1.750 Entre 2.001 e 3.000 51,70 € 28,90 € 14,50 €
Entre 1.751 e 2.600 Mais de 3.000 131,20 € 69,20 € 29,90 €
Entre 2.601 e 3.500 208,80 € 113,70 € 57,90 €
Mais de 3.500 372,00 € 191,10 € 87,80 €

Veículos matriculados a partir de 1 de Julho de 2007 (inclusive)

Cilindrada Taxa Emissões CO2 Taxa
Até 1.250cm3 26,30€ Até 120g/km 52,80€
Mais de 1.250cm3 até 1.750cm3 52,80€ Mais de 120g/km até 180g/km 79,10€
Mais de 1.750cm3 até 2.500cm3 105,50€ Mais de 180g/km até 250g/km 158,30€
Mais de 2.500cm3 316,50€ Mais de 250g/km 263,80€

Nesta categoria de veículos (B - ligeiros matriculados a partir de 1 de Julho de 2007) existe uma alteração muito importante em 2009. De forma a não prejudicar veículos mais antigos, e ao contrário do que anteriormente se supunha, existe uma forma de diferenciar os veículos consoante o ano. O texto do orçamento do estado fala em ano de aquisição. Fica a dúvida se se refere ao ano de aquisição em novo, ano da última aquisição (no caso dos usados) ou ano da matrícula. Porque acho que seria tremendamente injusto tomarei em conta que se referem ao ano de aquisição em novo.
Isto é conseguido através da aplicação de um coeficiente, obtido através do ano de aquisição e de acordo com a seguinte tabela.

Ano de aquisição Coeficiente
2007 1,00
2008 1,05
2009 1,10
2010 1,15

Para calcular o valor a pagar terá que: somar a parcela da cilindrada à parcela das emissões e depois multiplicar esse resultado pelo número da tabela acima de acordo com o ano do carro.
Exemplo: um carro de 2008, a gasolina com 1.300 de cilindrada e 150g/km de emissões de CO2 pagará 52,90 + 79,10 * 1,05 = 138,495€.

Veículos comerciais de transporte particular com peso bruto inferior a 12t

Peso Bruto Taxa
Até 2.500kg 29,00€
De 2.501kg a 3.500kg 48,00€
De 3.501kg a 7.500kg 114,00€
De 7.501kg a 11.999kg 187,00€

Motociclos, ciclomotores, triciclos e quadriciclos

Cilindrada Posterior a 1996 Entre 1992 e 1996
De 180 até 250 5,14€ 0
Mais de 250 até 350 7,26€ 5,14€
Mais de 350 até 500 17,54€ 10,38€
Mais de 500 até 750 52,72€ 31,05€
Mais de 750 105,44€ 51,71€

27.01.2010. 13:53

joaquina silva em 04.03.2014. 16:14

Bom dia pagar o inposto unico circulaçao por multibanco a referençia bancaria é sempre a mesma ou muda

Marcos Vieira em 05.01.2013. 15:02

Boa tarde

O problema do meu carro é exactamente este que segue no link abaixo, mas pelo que parece ficou esquecido ou então a Europa está a ficar como nós e demora a resolver os asssuntos, porque já lá vão 2 ano se nada feito.

http://www.dn.pt/bolsa/interior.aspx?content_id=1481640

Marcos Vieira em 05.01.2013. 15:02

Boa tarde

O problema do meu carro é exactamente este que segue no link abaixo, mas pelo que parece ficou esquecido ou então a Europa está a ficar como nós e demora a resolver os asssuntos, porque já lá vão 2 ano se nada feito.

http://www.dn.pt/bolsa/interior.aspx?content_id=1481640

Luis Barata em 11.03.2012. 22:21

Boa noite, na qualidade de lesado, por furto da minha viatura "Renault Megane" com a matricula 12-FP-39, no dia 26 de dezembro de 2011 e após ter procedido aos tramite legais de denuncia pelo furto na PSP sou confrontado com o seguinte:
No inicio do mês de março, recebi uma NOTIFICAÇÃO da comarca do Baixo Vouga a informar-me de que tinha sido proferido um despacho de arquivamento no inquerito da queixa apresentada.

Dias depois, dirigi-me ao IMTT de Aveiro, no sentido de cancelar a matricula da minha viatura. para meu espanto recebo a informação de que este cancelamento só poderia ser efetuado 6 meses após o furto.

Do mesmo modo, e em virtude de o veiculo ter sido matriculado em abril de 2008, dirigi-me à secção de finanças para esclarecer este assunto relativo à aquisição de IUC, ao que me responderam que tinha de adquirir o referido imposto.

Conclusão: fico sem o meu carro, o tribunal arquiva o processo, sou obrigado a pagar o imposto unico de circulação etc. etc. e não sei que mais...

gostaria de saber como efetivamente proceder, nas repartições onde me dirigi, apenas me disseram " temos de cumprir a lei, está na lei" mas que lei é esta que só prejudica os lesados?

troika em 02.12.2011. 18:42

queria comprar um carro mas o valor que estao os selos mais vale andar de bicicleta por enquanto nao meterem a pagar selo--VOLTA SALAZAR

Rogerio em 22.11.2011. 13:24

Boa Tarde ,
Tenho desde 12/2000 un MG B de 1978 imatriculado en França país onde nasci e vivi até 2002 altura en que vim para Portugal , o carro continuo en França onde tenho residençia mas gostaria de legalizalo em Portugal , avera alguma forma de evitar o ISV ou reduzir o valor e se não qual é o calculo a fazer para ISV e IUC para um carro classico .
Obrigado

Rogerio em 22.11.2011. 13:20

Boa Tarde ,
Tenho desde 12/2000 un MG B de 1978 imatriculado en França país onde nasci e vivi até 2002 altura en que vim para Portugal , o carro continuo en França onde tenho residençia mas gostaria de legalizalo em Portugal , avera alguma forma de evitar o ISV ou reduzir o valor e se não qual é o calculo a fazer para ISV e IUC para um carro classico .
Obrigado

Miguel Costa em 19.09.2011. 16:46

Ola tenho uma duvida sobre o carro que esta avariado e eu nao o podendo arranjar
so o tenho porque ainda o estou a pagar tenho que continuar a pagar o selo mesmo ele estando numa garagem,e sem circular??

José Carlos Sanches em 01.09.2011. 14:20

José Reis, sim - 2007

Cumprimentos
José Carlos Sanches
www.autodoc.pt
Documentação Automóvel desde 1994
Lisboa/Setubal

José Carlos Sanches em 01.09.2011. 14:19

José Reis, sim - 2007

Cumprimentos
José Carlos Sanches
www.autodoc.pt
Documentação Automóvel desde 1994
Lisboa/Setubal

Jose Reis em 31.08.2011. 11:40

Bom dia

A data da matricula do meu carro é 31/10/2007. O imposto é devido em 2007?

Obrigado.

Jose Reis em 31.08.2011. 11:37

Bom dia

A data da matricula do meu carro é 31/10/2007. O imposto é devido em 2007?

Obrigado.

andre em 26.08.2011. 20:54

boa noite tenho um bwm legalizado em 209 pago 450eur de selo gostaria de saber se esse valor baixa ou se é sempre o mesmo valor. obrigado

fatima lima em 25.05.2011. 22:30

boa noite tenho um audi a6 com 2000 de celindrada e gostaria de o traser da suissa para portugal gostaria de saber quanto me ficaram os impostos a pagar. obrigsdo

Romeu Fernandes em 20.05.2011. 18:18

Boa tarde.
Tenho um Renault Megane 1.5 DCI de 2007 comercial. Gostava de saber qual é o custo e o procedimento para o tornar um carro de 5 lugares.
Ele tem 128g de co2

J SARDOEIRA em 19.05.2011. 18:47

Agradeço que informe o que deverei fazer para pagar o IUC em um automovel que nunca nunca pagou este Imposto. E qual o montante a pagar.
Obrigado
J Sardoeira

joaquim em 19.05.2011. 17:09

ESTOU ATRASADO UM MÊS NO PAGAMENTO DO I.U.C., QUANTO ME VAI CUSTAR DE JUROS?

Diogo Matos em 13.05.2011. 13:17

Boa tarde eu estou a morar em França mas no mes que vem vou voltar para Portugal. Comprei um seat ibiza sc de 2009, 1.9tdi de 105cv.o que preciso de fazer para o legalizar em Portugal e quanto me irá custar?

Gustavo Alves em 09.05.2011. 10:41

Justifica adquirir uma viatura nova, amiga do ambiente, com emissões de CO2 mais reduzidas...

Chego a conclusão que não, pelos vistos o facto de poupar o ambiente não é tomado em consideração na altura de aplicar estes impostos, sobretudo quando vemos milhares de viaturas na estrada emitido fumos negros em quantidades brutais sem que tenham em consideração o CO que se emite e muito menos o respeito pelos que querem menos poluição.
Sem contar com as grandes máquinas "Hybridas" que são só fachada!! Consumos brutais mas como tem autonomias de 10km em modo electrico já pagam impostos irrisórios.

Desculpem este desabafo, dá que pensar, mas infelizmente vou ter que entrar neste rol uma vez que vou adquirir um automóvel novo, e terei que pagar a módica quantia de 212€ mas pronto fico descansado porque é amigo do ambiente...

Anto. Joaq. Flausino em 28.04.2011. 19:28

Encontro-me na situação de Português outra vês, Isto é: Estive ausente durante 39 anos e de volta trago um carro com 11anos em meu nome e 240000Kms, portanto não procuro favôres, mas ir pagar 546,02€ de IUC enquanto os iguais mais novos oito anos andam a circular a 57.00€ pergunto-me se os senhores pensadores que têem ou tiveram influência no evento sabem verdadeiramente governar com inteligência.
Exemplo: O progrecivo e os escalões existem e eu aprendi isso na antiga 4 classe. Neste caso preciso até 2500cm3 paga de taxa 105,50€ a partir desta celindrado leva a pedrada, paga 316,50€ (3Xmais). No CO2 a partir de 250g/Km paga 263,80€. No que respeita a taxa não encontro esplicação racional. No CO2 a esplicação que encontro é que a partir de 250g/Km pode-se poluir o planeta sem descreminação e sem pagar mais. Esses senhores mereciam descer e subir todos os dias por escadas com degraus proporcinadamente com as mesmas diferenças.

joao em 23.04.2011. 11:00

uma mota de 1998 quanto vai pagar de selo? ouvi dizer que agora já nao há abatimento da idade desde que seja depois de 97 paga sempre o maximo. a mota tem 1100 de cilindrada. se alguem souber diga por favor.

José Carlos Sanches em 04.04.2011. 00:30

João Gouveia, em primeiro lugar deixe-me dizer que não existe cruzamento desse tipo de informações. E não é porque em Portugal somos "atrasados" ou seja o que for porque o mesmo se passa ao contrário. Ou seja, quando tráz um carro para Portugal com matrícula Alemã depois de o legalizar tem sempre de cancelar a matrícula alemã senão paga sempre os impostos na Alemanha.

Dito isto, informo que deverá ir à IMTT de Portugal apresentar provas que o carro tem matrícula noutro país e pedir o cancelamento da respectiva matricula portuguesa. Com esse comprovativo dirige-se às finanças e esclarece a situação de forma a que não tenha de pagar o IUC, porque se não pagar irá dar origem a dívidas fiscais.

Cumprimentos
José Carlos Sanches
www.autodoc.pt
Documentação Automóvel desde 1994
Lisboa/Setubal

Joao Gouveia em 03.04.2011. 17:35

Olá, o meu nome é Joao Gouveia estou na Alemanha quase à 10 anos, quando para aqui vim trouxe um carro que legalizei aqui cerca de um ano e meio depois de aqui estar ou seja já acerca de 8 anos entretanto vendi o carro já com matriculas alemaes e comprei outro e hoje mesmo recebi um mail das financas a alertar de que devo proceder ao pagamento do imposto (IUC) até ao final deste mes. Agora pergunto eu como pago um imposto de um carro que já nao tenho e se na realidade nao há cruzamento de dados para que se saiba que este mesmo carro foi legalizado na Alemanha que neste caso faz parta da UE.
A minha pergunta é agora o que deverei fazer tenho em meu poder o livrete que foi picado e carimbado para que fica-se inválido e ainda uma cópia da venda do mesmo mas já com matricula alema será que qualquer um destes me serve de prova ou virei a ter problemas com as financas em portugal. Gostaria de obter informacao sobre isto obrigado.

João em 18.02.2011. 07:46

Boas!

Estou à cerca de 1 ano a trabalhar em Madrid.
Os preços dos carros aqui são uma comédia!!!
Já vi CLS 320 CDI kit AMG de 2006 a 30500€, CLS 55 AMG 2006 a 27000€, enfim...

Mas quando começas a fazer contas e vês que o Estado te vai roubar entre 15 a 20 mil euros, pensas 2 vezes.
Mas mesmo assim ainda se poupam entre 10 a 15 mil euros em relação aos preços em Portugal.

PS: Quero mandar beijinhos aos vendedores de carros portugueses que andam aí pela net fora infiltrados, a desencorajar o pessoal de ir ao estrangeiro comprar carro.
Deixem de ser ridículos e vão trabalhar!!!

RODRIGO M MARINGO em 16.02.2011. 12:57

PORQUE NÃO ENCHERMOS A PROVEDORIA DE JUSTIÇA COM ESTAS (Além de outras) INJUSTIÇAS TREMENDAS??
E PORQUE NÃO UMA PETIÇÃO PÚBLICA PARA LEVAR-SE A TRIBUNAL INTERNACIONAL??

V.Guerreiro em 07.02.2011. 09:23

Para quem importa carros do estrangeiro. O IUC é calculado segundo o registo da 1ªmatrícula nacional, assim acontece que podem circular dois carros iguais, igual a nível de emissões C02, igual em cilindrada mas a pagarem IUC diferentes. Exemplo, 3000cm3 (diesel) e 192g/Km CO2, ano fábrico 2006,um nacional paga 51.7€ um que tenha vindo do estrangeiro e registado em 2010 paga 546€, 10 vezes mais, paga aquilo que o outro irá pagar em 10 anos. Ora se formos ver o código do IUC, artigo 1.º Princípio da equivalência, diz que "O IUC obdece ao princípio da equivalência, procurando onerar os contribuintes na medida do custo ambiental e viário que estes provocam, em concretização de uma regra geral de igualdade tributária." Meus senhores e senhoras, este artigo é violado do principio até ao fim, no caso de importações, pelo exemplo que especifiquei. Não existe igualdade tributária muito menos equivalência. Basta pegar neste 1.º artigo e levar o estado português a tribunal, de prefereência europeu! Cumpts. V.G.

Rodrigo M Maringo em 16.02.2011. 12:46

IUC - INJUSTIÇA
Tenho dois carritos Smarts exactamente iguais até no ano de origem -2005. Um paga 16 Euros. Para o outro as finanças querem 84 Euros. Razão: Um comprei-o novo cá em 2005. O outro comprei-o agora em segunda mão. Este teve que levar uma nova matrícula quando cá chegou, em 2008.
A nova lei refere o imposto para o ano de matrícula sendo omissa quanto ao ano de origem. Porquê? Convêm ou é descuido do legislador? (Estes que são bem demais na assembleia) Dois paises da CEE? ou só somos para o que calha/convém?

V.Guerreiro em 07.02.2011. 09:23

Para quem importa carros do estrangeiro. O IUC é calculado segundo o registo da 1ªmatrícula nacional, assim acontece que podem circular dois carros iguais, igual a nível de emissões C02, igual em cilindrada mas a pagarem IUC diferentes. Exemplo, 3000cm3 (diesel) e 192g/Km CO2, ano fábrico 2006,um nacional paga 51.7€ um que tenha vindo do estrangeiro e registado em 2010 paga 546€, 10 vezes mais, paga aquilo que o outro irá pagar em 10 anos. Ora se formos ver o código do IUC, artigo 1.º Princípio da equivalência, diz que "O IUC obdece ao princípio da equivalência, procurando onerar os contribuintes na medida do custo ambiental e viário que estes provocam, em concretização de uma regra geral de igualdade tributária." Meus senhores e senhoras, este artigo é violado do principio até ao fim, no caso de importações, pelo exemplo que especifiquei. Não existe igualdade tributária muito menos equivalência. Basta pegar neste 1.º artigo e levar o estado português a tribunal, de prefereência europeu! Cumpts. V.G.

P. Carvalho em 05.02.2011. 10:19

Lendo atrás os diversos comentários sobre as injustiças de que são alvo os proprietários dos cartos a GPL, algumas reflexões me vêm à cabeça: Passamos a nossa curta vida a apontar as desgraças da desgovernabilidade do nosso país como se esse fenómeno ainda não fosse suficientemente evidente aos olhos de todos. Meus amigos, é óbvio que está quase tudo errado, que somos roubados, enganados, gozados etc. etc. etc.
O problema agora não está em diagnosticar mais problemas, pois isso apenas nos vai agavar a nossa dor de cabeça! É esta nossa lamechice e inércia que continua a dar força e ânimo a quem nos calca.
O que é preciso é AGIR.
Pôr a coisas no lugar à força não é o melhor caminho, mas se não houver outro...quanto mais cedo melhor.
Nas urnas é onde podemos, de forma mais pacífica colocar algum travão nisto, mas a verdade é que nessa hora o povo não revela clarividência para resolver a situação e os polícos cinicamente ainda elogiam o povo com expressões do género "O povo sabe o que quer". E já não falo em resolver os nossos problemas com o voto do povo, como vêem falo apenas "pôr travão", isto porque não acredito que haja algum partido que a longo prazo ponha tudo no lugar. Um dos grandes problemas que temos são os partidos políticos, verdadeiras máquinas de ascensão ao poder e à corrupção.
Imaginem que nas próximas legislativas o PS e o PSD propôe com candidatos um Burro e um Jumento, respectivamente. Algum dos outros partidos teria alguma hipótese de ganhar as eleições?
Quem sabe se o nosso pecado original não será da autoria de D. Afonso Henriques???

Andre S em 13.01.2011. 07:37

A maior vergonha é um carro 1800cc a GPL pagar 131,20 €, A justificação é que os carros andam a gasolina... Como se alguém fosse investir 1600 euros num kit de GPL para continuar a andar a gasolina e aos preços que a gasolina está hoje . Enquanto isso, os diesel até 3000 cc pagam 51,70 €. Este País é uma comédia! Na pior das hipóteses deveriam ser considerados "outros" o que daria um IUC de 33,10 até 2000 cc. Depois vêm com os argumentos de taxar os carros menos ecológicos. SANTA HIPOCRISIA! O CO2 de um carro a GPL ou agora GNC é perto do zero!
"Ah, tens um carro amigo do ambiente? Então o nosso incentivo é pagar os mesmos impostos que pagam os outros mais poluentes. Que tal? Não é tentador? O planeta agradece e os impostos também"
Enfim...

p.Natal fonafi em 30.12.2010. 17:38

ah...pelo caminho alguem a quem pedi ajuda,resolvia o assunto de um dia para o outro, (ate porque teve de fazer um curso extra para estas questoes!Mas quais questoes?)so que me custaria 240€! So LADROES o estado que me rouba 390€ de imposto e pelo consumo co2 e o esperto que quase me limpava 240€ para nada! todos sabem so os portugas é que nao,e nos outros paizes qto + novo é o carro menos emissoes tem logo menos deve pagar!isto é correcto ate para incentivar a compra de novas viaturas e sim ajudar o ambiente!

<< Primeira < Anterior [1 / 4] Seguinte > Última >>

Escrever um comentário


Por manifesta falta de tempo, não me é mais possível responder às questões colocadas, como acontecia até agora. Tenha isso em consideração quando colocar o seu comentário, obrigado.
COMENTÁRIOS COM LINGUAGEM IMPRÓPRIA SERÃO APAGADOS!

:

:

:


Em que ano é que estamos?