Cancelamento de matrícula

Nesta página: encontra informação simplificada sobre o cancelamento de matrículas.

Ver se uma matrícula foi cancelada

É possível pedir o cancelamento da matrícula de veículos em algumas situações:

Para cancelar a matrícula, deverá dirigir-se ao IMT, fazer o pedido do cancelamento e pagar 10€ pelo acto.

É importante referir que não existe qualquer possibilidade de entregar um carro numa sucata ilegal e deixar de pagar o IUC.

Ou seja, não deve nunca entregar um carro para abater em qualquer outro local que não num centro autorizado, arrisca-se mesmo a ter que pagar o IUC para sempre.
Se possível avise sempre quem acha que irá cometer esse erro.

Todas as matrículas de veículos que tenham sido matriculados entre 1980 e 2000 e que não tenham sido inspeccionados desde 2003 foram canceladas.

06.05.2008. 09:46

andreia silva em 17.05.2012. 19:15

boa tarde. o meu pai tem uma carrinha que quando a comprou teve um acidente com ela, pois teve oito anos parada, sem tirar selo nem ir a inspecçoes, aonde ele so tem fotocopia do livrete da carrinha, tendo perdido o original. agora quer por a carrinha a circulare n consegue reaver os documentos da carrinha. sera que poderiam me ajudar como resolver esta situação?
aguardarei uma breve resposta vossa no meu mail. muito obrigada

Alexandre Oliveira em 13.05.2012. 19:47

Vendi um carro em 2004/2005 e o comprador não fez a respectiva transferencia. Fui a "IMTT" em Maio de 2010 e preenchi o modelo 9 mandando apreender a viatura. Como o carro é de Maio, já recebi via internet o aviso para proceder o pagamento do "IUC" deste ano.Esperava que o IMTT procedesse o respectivo cancelamento da matricula mas isto não aconteceu. Se alguem souber o que deverei fazer, agradecia a colaboração. Obrigado 13.05.2012

alziradornelas em 07.05.2012. 02:59

peço ajuda vendi um carro para um ferro velho em 2008 paguei tudo ate 2009 o carro nao existe mais, e nao consigo dar baixa no carro, eu nao vou pagar um carro que nem existe mais, tenho a declaraçao do proprietario do ferro velho e agora.o que fazer,16

Pedro costa em 09.04.2012. 19:31

Ola, Vendi um carro em 2007 e desde então que a pessoa que o comprou não alterou o registo de propriedade em consequência disso tenho o imposto de circulação por pagar desde essa altura.O que poderei fazer? Vou ter de pagar o imposto desde 2007?

Gerard em 04.04.2012. 18:19

Boa tarde,
Depois o cancelamento de matrícula tenho direito duma restituição do IUC??

Cumprimentos,
Gerard

Rogerio em 29.03.2012. 21:15

Boa noite preciso de ajuda pois já fui ao IMTT e não resolvi nada,vendi um carro á 8 anos continua no meu nome o antigo dono nunca pagou selo (IUC) quero dar baixa da matricula e não me deixam , querem saber onde o carro foi entregue(abate) em que dia e ano e essas imformaçoes não consigo dar pois a unica coisa que fiz foi atraves do site automovelonline fazer o pedido de apreenção da viatura mas tenho a certesa que o carro foi para a sucata.O meu principal problema é as finanças pois terei que pagar o IUC dos anos todos e se não poder fazer o cancelamento todos os anos estou a pagar o IUC de um carro que não existe e que jã não tenho

Silvestre em 26.02.2012. 01:50

Boas... Gostaria que me ajudassem o que fazer.
Tenho um carro que foi entregue a um sucateiro e da qual não me entregou o documento
de abate. Tenho os documentos do carro e o IMTT diz que sem o documento de abate não
dá para cancelar a matrícula. Agradeço que me informem o que fazer se souberem. Obrigada

Inês em 23.02.2012. 14:50

Boas... Tenho uma situação em mãos em que gostaria que me ajudassem o que fazer.
Tenho um carro que foi entregue a um sucateiro e da qual não me entregou o documento
de abate. Tenho os documentos do carro e o IMTT diz que sem o documento de abate não
dá para cancelar a matrícula. Agradeço que me informem o que fazer se souberem. Obrigada

Alexandre em 21.02.2012. 11:54

- Boas,neste momento tenho um automovel do ano1973 tem inspecao ate 2008 desde ai ficou na garagem para um possivel restauro..neste momento nao funciona tenho de ir à inspecao com os decomentos ou qual a melhor situacao a fazer?Cumprimentos

Mariney de Assis em 13.02.2012. 20:02

Mandei abater o meu veiculo que já tinha 20 anos, já confirmei no portal das finanças e não consta em meu nome porém no IMTT ainda não foi dada a baixa???

Ricardo Santos em 04.01.2012. 12:20

Tenho um problema comum a muitos, vendi uma viatura e passado 2 anos ainda esta em meu nome. Ja fiz o pedido de apreensao no IMTT ha mais de 6 meses. As minhas duvidas sao as seguintes:
A matricula vai ser cancelada automaticamente pelo IMTT por a situacao nao ter sido regularizada como ja li por aqui?
A multa de 15€ no IUC é por ano ou se for pagar daqui a 5 anos é 5 vezes 15?
Fazendo queixa na policia como roubada resulta mesmo e ja posso dar baixa da matricula?
Agradeco a quem me poder ajudar.

Hugo Araújo em 11.12.2011. 16:42

Boa tarde,
Em Janeiro de 2010 dei à troca um veículo num stand de automóveis, assinei no stand os documentos de venda do meu veículo. Em Novembro de 2010 verifico no portal das finanças que o veículo que vendi ainda se encontra em meu nome, contactei o stand via carta registada a solicitar regularização da situação, a carta foi-me retornada por ninguém a ter ido levantar aos CTT. Dirijo-me ao stand e verifico que o mesmo estava fechado, já sem qualquer veículo no seu interior.
No dia 9 de Janeiro de 2011, preencho no site https://www.automovelonline.mj.pt/AutoOnline/, o pedido de apreensão do veículo. Passados 6 meses, sem novidades, dirijo-me à loja do cidadão das Antas no Porto, para solicitar apoio neste assunto no guichet do IMTT, pois queria cancelar as matriculas para acabar de vez com este drama. A funcionária do guichet do IMTT indicou-me que tal não era possível e que o que podia fazer, era pedir apreensão do veículo, informei-a que já o tinha feito via o site mencionado acima, ela retorquiu que no sistema não figurava o meu pedido de apreensão, pedi que fosse feito o pedido de apreensão do veículo pelo qual paguei 10€.
Coloco duas questões:
1- Como é possível que o máximo que se possa fazer para resolver uma situação exposta como a minha, seja pedir a apreensão do veículo e esperar; deveria haver a possibilidade de o lesado apresentar provas como o veículo já não era sua propriedade e retirar o veículo do nome do proprietário?
2- O que deverei fazer quando receber notificações das Finanças a informar que não liquidei o valor do IUC de 2010 e 2011 do veículo?
Obrigado.

araujo em 10.12.2011. 22:45

Boa noite ja alguns anos vendi un carro e a pessoa em causa nunca pos o carro no nome dele agora vim a saber que o carro ja a muitos anos que foi para a sucata e ainda continua no meu nome e ainda por cima perdeu os decomentos o carro ainda nao consigo fazer a anulação da matricula porque tem reserva de propriedade o que posso fazer para resolver o caso. Obrigado.

Helder Azevedo em 09.12.2011. 14:20

Boa Tarde tenho uma carrinha que sofreu um acidente tendo ficado em muito mau estado e desde 2008 que se encontra parada em casa e só agora consegui entrar em acordo com a companhia de seguros sobre o valor que me foi atribuido à carrinha. como deve de imaginar não pago imposto desde essa altura e a carrinha não vai ser reparada, começaram a chegar cartas com multas e para pagar o IUC como faço para não ter de pagar mais isto , e se sou obrigado a pagar os impostos pedidos,
não fiquei preocupado com isto na altura porque me foi dito que se deixa-se de pagar o imposto ao fim de uns anos era automáticamente anulada a matricula.
Obrigado
helder1azevedo@hotmail.com

Paulo Almeida em 16.11.2011. 10:39

Boas, venho por este meio solicitar informações sobre os procedimentos a tomar, após saída de um motociclo do País.

Tenho um veiculo que saiu do País, pergunto-me como posso fazer para quitar o registo em Portugal, para não pagar o IUC.

atentamente

rogerio silva em 09.11.2011. 18:10

boa tarde , vendi um carro ha 3 anos e a pessoa nunca passou de nome . agora tenho os selos para pagar, o ano passado mandei apreender o carro e no pc do imtt hoje deram me o nr da aprensao que eu tinha pedido atraves do site.. quanto ao imposto a sra inf que terei sempre de pagar enquanto o carro tiver em meu nome ... nem sei onde para este carro nem a pessoa a quem vendi...pedi entao para cancelar a matricula ..a qual me respondeu ..nao pode fazer isso etc .. va esperando ate que saia a nova lei etc.. e pronto vou ter uma didiva ate aos 100 anos se viver ate la .. isto e uma loucura ..hoje fui pagar o imposto deste ano , e disseram me que os outros anos nao tem acesso etc ..mt obrigado registei no site e resolvi pedir ajuda a que percebe ..mt obrigado

rogerio silva
camarate

CO em 01.11.2011. 21:27

Mandei apreender um carro em Junho de 2008,(um carro vendido alguns anos antes eque não foi alterada a titularidade, apesar de me ter dirigido ao stand para resolverem a situação, não seu do carro) actualmente aparece na consulta IMTT o pedido como concluido e nas finanças vem ainda em meu nome e para pagar o Imposto com data limite Agosto 2011 (mês da matricula).
O que devo fazer para evitar problemas.

joao rodrigues em 22.10.2011. 17:18

BOAS comprei carro novo em outubro 2008 com encentivo ao abate 1400cc gasolina gostava de saber ate quando vou pagar 141,59€ de imposto auto ano. obrgado a quem me reponder a minha qestao ....

NUNO MADALENO em 19.10.2011. 20:45

Boa noite comprei o selo da minha mota em agosto no mes de outubro vendi a mota e comprei outra sera que agora tenho que pagar mais um selo por inteiro ou consigo descontar sobre o novo que tenho que comprar obrigado

rui em 20.09.2011. 18:12

boa tarde
em 2007 tive um acidente com o meu veiculo, desde entao ate agora n paguei o imposto de circulação, como so agora é que acabei de o compor, tenho que pagar os impostos de circulação referentes aos 3 anos em falta mais os 15euros de multa referente a esses anos em falta? obrigado

jose-capela@sapo.pt em 10.09.2011. 13:14

Estou disponivel para responder ás vossas duvidas. Como estes posts já foram colocados á muito tempo não sei se ainda estão interessados na resposta, caso estejam contactem pelo email.jose-capela@sapo.pt

ps trabalho neste sector de actividade

domingos calçada em 29.08.2011. 23:22

Boa noite
Em 1990 vendi um carro usado tendo entregue a declaração de venda.
Como atualmente tenho acesso á dgci ao consultar os veiculos existentes verifiquei que o dito veiculo consta como meu.
Que devo fazer, sei que o dito veiculo sofreu acidente em 1991 indo para abate.
Obrigado

josé gonçalves em 23.08.2011. 16:15

tenho um vaiculo de 1991, mas no livrete ainda consta titulo de reserva em nome da empresa que mo vendeu. A 3 anos que esta parado, sem vesturia e seguro, pois queria cancelar a reserva só que a empresa deu falencia, e depois de vários contactos com advogados a dita não consigo resolver o problema. O que fazer?

Gabriel Malaquias Sequeira em 29.07.2011. 16:33

Verifiquei que no registo de pagamento do imposto único de circulação ainda tenho em meu nome um veículo, marca OPEL - KEDETE SEDAN 4 PORTAS DE LUX, tipo LIGEIRO, com a matrícula AI-04-62, que já não me pertence há mais de 20 anos. Foi dado de troca ao que anteriormente possuia , e do qual me é pedido o pagamento do imposto. Necessito de efectuar o cancelamento mas não tenho quaisquer documentos. Apenas sei que foi abatido. Que posso fazer?

Tânia Santos em 31.05.2011. 12:26

Tentei fazer o pedido de apreensão/ cancelamento matrícula de um veículo do qual sou proprietária e que foi cedido a um sucateiro em 2005, queo terá "desmontado". Estupidamente deixei passar o prazo de Dez. de 2008. No Imtt não me deram resposta nem alternativa. Não pago o imposto de circulação desde 2005, com receio de estar a assumir que o veículo circula. Falaram-me também de uma coima no valor de 12 500 euros.

Maribel em 26.05.2011. 19:45

Boa tarde!
O meu avó possui um carro comprado em 1975 e todos os anos tem pago imposto de circulação, o que eu quero saber é se é mesmo necessário ele pagar o dito imposto visto o carro já ter a idade que tem. Como ele já tem 78 anos penso que os senhores das finanças aproveitam-se dele.
Ajudem-me a esclarecer este assunto por favor!!

Teresa Saraiva em 26.05.2011. 15:02

Boa tarde,
Venho aqui tentar responder a uma questão aqui colocada várias vezes - o cancelamento da matrícula.
Enquanto não for efectuado o cancelamento da matrícula não deixarão de pagar o IUC, uma vez que continuam proprietários do carro, que por sua vez consta nas finanças associado ao vosso NIF.
Então, devem dirigir-se à delegação do IMTT da vossa área e preencherem o Certificado de Matrícula – Documento Único Automóvel - Modelo 9 IMTT, que poderão imprimir deste link -
https://www.imtt.pt/sites/IMTT/Portugues/Formularios/Documents/Modelo9.pdf
Quando entregarem o modelo preenchido pagarão 10 euros e no caso de ainda terem a viatura na vossa posse mas que não queiram entregar, devem fazer uma declaração sob compromisso de honra em como a mesma não circulará na via pública nos termos da alínes b) do nº 5 do artº 119º do Código da Estrada.
E é tudo, simples e livram-se de problemas e pagamentos evitáveis.
No caso de já não terem a viatura mas a mesma ainda estar registada em vosso nome, preenchem o mesmo modelo só que em vez de pedirem o cancelamento da matrícula pedem a apreensão. Se não souberem o número do quadro não se preocupem, no IMTT com a matrícula eles verificam esses dados e dizem na altura para completar o preenchimento do impresso.
Para evitarem situações imprevistas, sempre que vendam uma viatura devem informar o IMTT para que a partir dessa data não vos seja imputada qualquer responsabilidade advinda da mesma.
Espero ter ajudade de alguma forma.
Teresa Saraiva

rita em 09.04.2011. 15:00

Boas.
Estou com um gravissimo problema e não sei a quem me dirigir. Em 2004 vendi o meu carro já acidento a um sucateiro, e na época o sr. ficou encarregue de tratar do cancelamento de matricula e eu não fiquei com nenhum documento de como vendi o carro (nem com o nome do sucateiro). Agora recebi uma notificação da policia de que o carro estava envolvido num acidente e o condutor fugiu e o carro continuava em meu nome. Dirigi-me ao posto e disseram-me que eu teria que assumir os prejuízos efectuados pelo carro. Desde Fevereiro que todas as semanas eu recebo uma multa nova do carro, primeiro a da policia, depois a do selo, depois uma passagem na Via Verde e por ultimo 2000 eurs do outro carro acidentado. Agora não sei como proceder. se alguém me conseguisse ajudar a resolver este problema agradecia.

PVAS em 04.04.2011. 11:11

Boas, antes da nova lei, penso que em 2007, que só se poderia entregar os carros para a sucata em centros
autorizados vendi um veiculo a uma sucata e fiquei com os documentos.
Penso que esta sucata até já não existe.
Nunca mais teve seguro nem inspecção.
A matricula é anulada automaticamente?,ainda me aparece o imposto para pagar, o que tenho que fazer?
Se me poderem ajudar agradecia imenço.
pjrvasques@gmail.com

ROSE SIMOES em 31.03.2011. 20:48

ME DESFIZ DO CARRO NO FERRO VELHO, POREM ELE TEM MULTAS PENDENTES. COMO FAÇO P/ REGULARIZAR?

sandro em 08.02.2011. 16:58

boas tive um grave acidente em julho de 2009 a policia apreendeu-me os documentos e vendi o carro as peças queria saber que posso fazer pra poder cancelar a matricula visto que ja nao possuo o carro e nao quero pagar mais o imposto automovel.

Márcia Martins em 29.12.2010. 17:55

Boa Tarde,

Enviei um carro para a sucata, do qual não tenho documentos de abate. Poderão por favor informarem-me alguma forma de cancelar a matricula??

Obrigado

joao em 23.12.2010. 21:35

boas


Tenho um carro que ainda estou a pagar, tem reserva de propriedade, tive um sinistro sozinho com esta viatura, posso cancelar a matricula e vender o carro às peças?

Na expectativa do vosso contacto

Com os melhores cumprimentos
joao

Francisca Montezo em 22.12.2010. 15:38

Boa tarde
Hà mais de vinte anos entreguei um Simca em troca de outro, durante estes anos o referido carro deixou de aparecer em meu nome e agora ao consultar os dados do meu carro encontro o Simca novamente em meu nome.
A quem devo pedir contas?

jose alves em 17.10.2010. 12:51

ola bom dia eu vendi um carro a mais de 5 anos agora aparese nas finanças ao fim de 5 anos para pagar o imposto unico de circulação nas o carro não e meu que devo fazer . devo mandar a prendelo ao cancelar a matricula obrigada.aguardo resposta.

ricardo alipio em 20.09.2010. 12:23

olá bom dia eu pretendo comprar um carro que se encontra abandonado emfrete a minha casa mas não sei quem e o dono do mesmo por gentileza poderiam min enformar qum e o proprietario para que eu possa fazer a compra a matricula e 46-31-hf e um renou clio da cor vermelha agradeço se for emformado obg.

iranildo rodrigues(brasil) em 16.07.2010. 11:27

JA RETORNEI AU BRASIL SO QUE VENDE UM CARRO E ESSI NÃO FOI TRANSFERIDO PARA O COMPRADOR EN 06/2010 OQUE EU POSSO FAZER AQUI DO BRASIL PRA JA MUITO OBRIGADO

CARLOS LIMA em 10.07.2010. 12:22

como fazer o pedido de apreençao do veiclo , e a anulaçao de matricola . " já vendi o carro há mais de um ano .

joao leal em 07.03.2010. 04:48

ve.iculo para abate tem de ter inspeçao periodica valida?obrigado

Carlos em 05.03.2010. 14:17

Boa tarde.

Passa-se o seguinte. A policia apreendeu-me o carro em 2008, até a data ainda não me disseram nada sobre a situação do carro. Eu no ano 2008 paguei o imposto automóvel (selo) e o carro ja estava apreendido, o ano passado 2009 não paguei. Agradecia que me informassem se posso fazer o cancelamento da matricula, para não ter que pagar mais o imposto automóvel (selo.?)

Obrigado.

mindaugas em 04.03.2010. 13:21

boa tarde
olha eu nao sou portuges mas e tenho q aue en portugal uma carro que tambem nao esta com matricula portugesa, eu posso circular com est carro en portugal?e se nao poder que tenho fazer pra poder?
obrigado

lurdes morim em 23.02.2010. 14:57

em 2006 comprei um carro em segunda mão e dei um outro à troca. Até ao momento o proprietário não o legalizou e por isso continuo a pagar o imposto todos os anos, como sendo eu o proprietário.
Já que não consigo convencê-lo a legalizar o carro, posso cancelar a sua matrícula? Para todos os efeitos o carro continua como sendo meu, mas a verdade é que não é, mas também não quero continuar a ser responsável por pagamentos e até outras situações que possam surgir....
Obrigada por uma resposta breve

Bruno em 23.11.2009. 19:13

Boa noite, eu tenho dois automóveis de 1988 iguais e um deles está parado á mais de um ano sem seguro nem inspecção só com o selo pago, por a chapa estar em péssimo estado. Por serem iguais eu queria aprovreitar grande parte dos seus componentes.
Pergunta:eu posso entregar o automóvel "incompleto" nas tais empresas certificadas que fazem os abates e posteriormente cancelar a matrícula???
Obrigado.

Pedro Tiago em 18.11.2009. 11:45

Tive um motociclo ao qual foi vendida à mais de 10 anos e que ainda está em meu nome, este motociclo
segundo informação do instituto portugues de seguros já não tem seguro à alguns anos, que se procepõe não
circula. O que faço para anular os documentos, pois não sei do paradeiro do motociclo??

José Pinheiro em 31.10.2009. 10:29

Bons dias meus amigos. Pareça ou não este deve ser um caso insolito. Desde 2006 que tinha um carro parado foi desde o falecimento do meu querido pai e qual não é o meu espanto que este ano resolvi levar o velhote VW Passat à inspecção que estava parado á 3 anos e passou sem nenhuma anomalia o mais caricato é que me dirigi á Repartição de Finanças do Cacém afim de pagar o respectivo Imposto e foi-me informado que a mesma matricula já se encontra cancelada!!!!!!! Agora pergunto eu como é possivél meus Srs isto acontecer????Alguem me dá uma informação de isto se passar??? Obrigado a todos

Vitorino em 29.10.2009. 23:55

Não tive informação sobre como dar baixa de 2 veículos que ainda estão registrados em meu nome, e que foram desmantelados, um à cercde 11 anos, e o outro à cerca de 6 anos. O que tenho de fazer nestes casos?

krauss em 23.10.2009. 23:47

nao fiz a inspecçao anual do automovel no ano passado o que terei que pagar e o que é necessário para a fazer este ano?

prm em 12.10.2009. 23:23

O que gostava de saber é como proceder ao cancelamento de matricula de uma moto. Visto que depois de um acidente foi vendida para peças e agora possuo apenas o quadro da mesma.

Maria Rocha em 03.10.2009. 01:31

Boa noite,
Encontro-me numa situação bastante desagradável, pago um imposto sobre um automóvel do qual já não possuo há mais de 4 anos, por motivos irracionais não foi efectuado o cancelamento da matrícula, e agora ninguém sabe explicar como ficou esta situação depois de 31-12-2008. Já em 2008 me tinha dirigido a este posto e ninguém me comunicou que possuía o respectivo automóvel em meu nome, assim pensava eu que pelo facto de o ter encaminhado para a sucata que já não existiria registo deste, visto que naquela data não era necessário preenchimento de qualquer papel que confirmasse esta situação. Devido a "rumores da boca do povo", dirigi-me aos ex. funcionários das finanças perguntei quantos automóveis tinha em minha posse, e foi me informado esta situação, havia a pagar o selo de 2008 e 2009 e mais 15 euros de multa. Quando questionados sobre a forma de anulação da matrícula não me foi dito como o fazer, sugerindo-me que pagasse o selo pois caso não o fizesse acumularia uma divida. Já na DGV disseram-me por estas palavras "deixe andar, pode ser que saia uma nova lei"
Que fazer? Pagar por um automóvel que não tenho ou acumular uma divida que sem certeza sei se irá ser anulada perante uma nova lei!

Desde já agradeço-lhe o tempo disponibilizado

JM em 30.09.2009. 17:20

Tudo muito bonito para situações até 31 de Dez de 2008 e depois?!

Eu tenho um veiculo, vendido em boa-fé a um sr. que agia de má-fé e que não efectuou a regularização da propriedade.

A 6 de Janeiro de 2009 tive a noticia que o mesmo não tinha regularizado a propriedade, da pior maneira…

No próprio dia pedi o cancelamento da matricula, que fui informado que não o poderia fazer, só até 31 de Dez de 2008… fiquei-me pelo pedido de apreensão.

Agora dada a incapacidade (estou a ser simpático) das autoridades competentes em formalizarem a apreensão continuo com esta situação em aberto.

Restam-me duas opções: ou deixo andar ou contrato uma empresa particular de “cobranças difíceis” e procedo à “apreensão” da viatura em causa.

Não vos parece que devia haver mecanismos mais expeditos de resolução de problemas como este?

O que faço se vir um tipo a conduzir a minha propriedade na rua?

Posso defendê-la utilizando dos meios que me estiverem à mão?

Se perder a cabeça e espetar um tiro no fulano posso considerar auto-defesa uma vez que estou farto de ser agredido monetariamente por este individuo?

marco em 21.09.2009. 14:54

boas tenho um carro que vendi para a sucata já á uns 3 anos,nem sabia que tinha que se fazer isto.os documentos foram rasgados,e já soube que tenho de ir aqui,ali,acolá e ainda pagar 30€....muito simples,ñ pago 30€ nenhuns,ñ pago selos nenhuns e ñ quero saber de carro nenhum,lixam-me nas finanças?????despeço-me,sem rendimentos ñ tenho como pagar,peço o rendimento minimo e prontos já está....brucracias comigo!!!!!!???nem tentem....bem aja a todos.....

Arleth Bento em 17.09.2009. 19:22

Boa Tarde
Acho que estou com um grande problema; é que mandei meu carro pra abate um citroen zx desde 2007, o fato é que o senhor que o rebocou disse me que tratou de toda a documentação para o cancelamento da matricula do referido carro mas... qual foi minha surpresa quando fui colocar em meu nome um outro carro que comprei e consta ainda em meu nome o tal citroen gostaria de saber o que faço? Por favor ajude me. Obrigada desde já pela atenção.

monica moita em 11.09.2009. 15:56

Vendi meu veiculo velho a um stand,agora tenho 2 selos para pagar, foi ao stand este já foi encerrado
devido dividas do proprietário´agora que faço?

Daniel em 13.08.2009. 15:11

Tenho um veiculo de 74 que como está parado, não circula, não o tenho levado à inspecção. No entanto estou a pensar comprar carro novo e beneficiar dos incentivos do estado. Mesmo não tendo ido à inspecção nos ultimos anos posso mandar o carro para abate e beneficiar do incentivo do estado?

cris em 01.08.2009. 00:01

temos um carro que foi para uma sucata ilegal ja em 2005 mas continuamos a pagar o selo nas finanças para que nos podessem passar a declaraçao de nao divida que necessitavamos de meio em meio ano. e agora queria dar baixa dele e dizem-me que nao e possivel sera que nao e possivel dar volta á situaçao.

marisa em 20.07.2009. 15:48

boa tarde tenho um automovel, ke n altura vendi mas como nao foi feita a mudanca de proprietario fiz o pedido de apreensao de docomentos,visto ke o consegi reaver gostaria de saber o ke tenho de fazer para pedir o cancelamento do pedido de apreensao dos documentos do automovel.aguardo resposta . obrigado

União Europeia em 28.06.2009. 11:42

Estao todos a ser enganados e ainda continuao nessa de quererem ser roubados pelo estado que continua a aplicar uma lei ilegal que nao faz parte das regulamentaçoes (LEIS) da União Europeia!


Imposto automóvel motiva queixa europeia
No próximo sábado comerciantes importadores de automóveis e todos os trabalhadores relacionados com o sector estarão reunidos para a criação de uma associação que tem como primeiro objectivo apresentar no Tribunal Europeu uma queixa contra o Estado Português pela imposição, desde 1 de Janeiro deste ano, do Imposto Sobre Veículos Importados Usados.

"É o único país da Europa que aplica este imposto, que penaliza brutalmente os importadores", referiu Paulo Costa, um dos organizadores da reunião.

Dá como exemplo um carro que até ao ano passado pagava de legalização 3500 euros e agora paga 9500. "Se custou 12 500, mais vale dar o automóvel a quem entrar no stand", ironizou.

"De acordo com o Governo, o imposto serve para taxar os carros mais poluentes, mas esquecem que os carros importados pelos portugueses são os mais novos e os menos poluentes", sublinhou.

Por outro lado, frisou Paulo Costa, "o argumento cai por terra quando o imposto sobre uma autocaravana, que polui tanto como um carro, é de 50 euros, o mesmo para uma mota" e, acrescentou, "quando em Portugal um veículo usado não paga nenhum tipo de imposto como este".

No entender de Paulo Costa, o imposto em causa "prejudica não só os comerciantes, mas também as oficinas, os transportadores, os serviços aduaneiros, milhares de pessoas".

E, revelou "já se estão a sentir os efeitos. Desde Janeiro que estão parados 123 rebocadores em todo o país e, até 16 de Janeiro, só entraram na alfândega sete processos para legalização, sendo que três foram apreensões, quando o normal seriam mil viaturas".

Em média, em Portugal, legalizam-se 50 mil automóveis por ano.

Fonte: Jornal de Notícias

mlg em 16.06.2009. 23:02

preciso de anular matrícula de um veículo acidentado, só tem valor para peças. Pretendo ainda realizar dinheiro. O dono do veículo faleceu nesse acidente e deixou filha menor. Como devo proceder de forma legal?

Tiago Tigi em 02.06.2009. 15:02

Boas, enviei um carro para a sucata penso que em 2006, nao fiz mais inspecção, a matricula é cancelada automaticamente, ou tenho de fazer alguma coisa? Se sim o que tenho de fazer? Será que tenho de pagar o IUC? Muito Obrigado. Se poderem e quiserem podem responder para tiagotizis@gmail.com

NATALIA PEREIRA SILVA em 28.05.2009. 19:41

vendi 1 carro numa stand a troca de outro em 2005. ainda hoje o dito carro continua no meu nome nas finanças.fui a DGV de Braga que me mandou a GNR de Barcelos. hoje fui a GNR e eles mandaram para a DGV.anda tudo louco e ninguém sabe fazer nada ninguém sabe do meu carro. que faço?

Paulo Coelho em 27.05.2009. 11:03

Alguem me diz como faço o registo aqui?
Para poder mandar aprender o carro que eu
vendi que ainda esta em meu nome.

Fico a espera que me diga alguma coise e obrigado
pela vossa comprensao.

oracio em 21.05.2009. 22:41

ja foi anulada a matricula mas nas finaças continua o imposto apagamemto

LAD..........é´assim.....

União Europeia em 15.05.2009. 13:20

A minha opinao sobre este assunto revelame o descontentamento geral de todo cidadão nacional Portugues.

È verdade que ninguem nunca quis estar a viver nesta situaçao em que o pais se encontra mas a realidade nos faz perceber que estamos a ser enganados pelos próprios que governam esse país.

Temos que ter em conta que nos o cidadão nacional Portugues, podemos mudar e tambem podemos mudar os outros que estao à nossa volta criando uma harmonia positiva e não negativa.

Nao existem problemas eles são criados pelos proprios humanos normalmente quando se sentem cunfusos.

Os maiores problemas dos cidadãos nacionais de Portugal forão causados pela termenda confusão que è gerada pela maioria dos partidos na altura das eleições quais ela seja, a confusao foi vem da origem das promessas as propostas a diminuiçao de impostos etc.... tudo isto entra no consciente do Portugues neste momento em que crise económica se acentua em queda de dia para dia.

Se estivermos atentos a tudo o que nos vemos e ouvimos neste momento precebemos mais uma vez que è só miseria que nos è transmitido e na realidade è só lixo que entra na nossa cabeça, este lixo è negativo e só cria pensamentos negativos.

Uma visão mais ampla a nivel Europeu è negado constantemente ao cidadão nacional Portugues pois è muinto poco fallado e divulgado a Comunicação sobre a União Europeia e como os portugueses sao e devem ter consciencia de se sentir e ser Europeu isto è muinto importante! Querer ser europeu.

Um dos temas mais problematicos è o facto que Governo de Portugal continua a cometer ilegalidades contra as leis destipuladas pela União Europeia e o sistema burocrático Portugues reforça esta impessoalidade sem moralidade nenhuma criando mais confusão para que os processos contra Portugal sejao lentos e vagarosos, isto transmite insuficiencia aos Estados Membros da União Europeia.

Conclusao, as práticas ilegais cometidas por Portugal, exemplo no que diz respeito ao Imposto Sobre Veiculos è uma forma de enriquecer o pais espremendo os bolsos do cidadão nacional Portugues para depois «embelezar» o territorio Portugues com as estradas pontes e TGV's inuteis neste momento em que Portugal.

Portugal precisa de criar mao de obra em sectores mais nessecitados por exemplo a permanente remodelaçao actualização e reestruturação das cidades e localidades mais fragilizadas para que o cidadão nacional se senta mais confortável o o eventual e gradual aumento do salario minimo para 850€ dentro de um periudo minimo de dois anos tambem o sector do turismo porque Portugal è bonito e è um pais agradavel para passar ferias e para viver, isto sim seria agradavel de ver e ouvir ser conretizados como objectivos nos próximos anos em Portugal.

A vida è curta dizem todos mas eles nao se apercebem atè chegar au dia delles.

Antonio em 30.04.2009. 03:27

Sr Luis vc so descobriu isso agora....ja se faz isso desde o dia 1 de janeiro de 2009...

luis em 27.04.2009. 18:35

A TODOS OS SENHORES QUE O IMTT NAO QUER FAZER O CANCELAMENTO DA MATRICULA SO TEEM UMA COISA A FAZER,FAÇAM QUEIXA NA POLICIA QUE LHE ROUBARAM O CARRO,E O ASSUNTO FICA ARRUMADO,E PODEM IR AO SITE AUTOMOVELONLINE E FACAM LA A APREENSAO DO VEICULO,ACREDITEM QUE ISTO QUE VOS ESTOU A ENSINAR A VOCES RESULTA.
FIQUEM BEM
PEÇO DESCULPAS TER ESCRITO EM LETRA GRANDE
UM ABRAÇO

Antonio em 24.04.2009. 06:14

Ó amigo Tiago...onde ouviu isso de cancelar matriculas nas Finanças??????explique
aqui essa "novidade" totalmente desconhecida ... :))))

tiago em 22.04.2009. 03:35

Amigo Daniel tem que ir á policia da-la como roubada e meter-lhes essa questão. O mais certo é que não lhe saberão responder por isso desloque-se ás finanças para cancelar a matricula.

tiago em 22.04.2009. 03:23

Amigo Daniel tem que ir á policia da-la como roubada e meter-lhes essa questão. O mais certo é que não lhe saberão responder por isso desloque-se ás finanças para cancelar a matricula.

Daniel em 21.04.2009. 10:24

Ola. Tinha um acelera de 50cilindrada e foi roubada em 2004. Nas finançaS constA QUE AINDO TENHO ELA. o QUE FAÇO? Para cancelar nesse caso tbem tenho de pagar 30 Euros? Não pode ser?

Ana em 20.04.2009. 01:21

Para cancelar a matricula não se pode pagar o iuc deste ano?
obrigada

Eduardo Jorge dos Santos Soares em 26.02.2009. 21:11

Qual o valor do registo de propriedade de um veículo motor 1.0 de outubro de 2006

antunes em 21.02.2009. 15:24

26-GM-04 clio sw das novas cor:preta
atropelamento e fuga na zona de gondomar. algumem que saiba esta matricula?
É importante

Jose Custodio em 19.01.2009. 16:43

Tenho uma viatura desde ha mais de 4 anos esta parada. Desde ha cerca de 4 anos nao foi inspeccionada nem comprei o selo IMV. Agora pretendo po-la a circular.
Nao consta da lista disponivel nas financas como aparecem as outras para poder paga o Imposto.
Na consulta que fiz diz que nao foi abatida.
Como posso saber, ja que é intencao recupera-la e leva-la a inspeccao pola deforma a p poder circular.
Obrg

Ricardo franco em 05.01.2009. 23:45

boas

gostava que me pude-sem ajudar...eu em agosto de 2008 adquiri um carro q ja estava parado desde 2002.e ja nao vai ao ipo desd 2002.o carro esta neste momento esta desmantelado para restauro e nao pode circular..q posso fazer pra nao me cancelarem a matricula?sera q ja foi cancelada??????

obrigado aguardo resposta

joao silva em 02.01.2009. 14:59

Ex senhores

Entreguei uma viatura em 10/08/2008 para um sucateiro não oficial.

Não dei logo baixa da mesma Pq. não tinha conhecimento que o sucateiro não era oficial.

O senhor da sucata afirmou que daria uma declaração de abate para cancelar a matrícula da referida viatura entregue na sucata.

A declaração de abate da referida viatura nunca chegou a ser entregue pelo senhor da sucata.

O senhor da sucata afirma que não pode passar a declaração vista não estar colectado nas finanças.

Mais informo que fui ao imtt de Santarém em 31/12/2008 pedir informações para resolver tal situação.

No imtt de Santarém informarão e entregarão uma declaração que no qual informa que a viatura foi entregue num sucateiro não oficial para destruição ou desmantelamento da mesma.

Nessa declaração consta a minha assinatura, marca, modelo, ano de fabrico da viatura, matricula, nome do sucateiro completo, a assinatura do mesmo, e morada do sucateiro.

No imtt de Santarém, informarão para me deslocar no dia dois de Janeiro de 2008 com a declaração devidamente preenchida e entregar para então se proceder ao cancelamento da matrícula.

Acontece que no dia dois de Janeiro (hoje) desloquei até ao imtt de Santarém com os documentos devidamente preenchidos ao qual me responderão que não podiam proceder ao cancelamento da matrícula dado que a viatura foi entregue depois de Maio a um sucateiro não oficial.

Com isto tudo gostaria de saber o seguinte:

Neste site https://impostosobreveiculos.info/inicio/cancelamento-de-matricula está escrito o seguinte:
A partir de hoje, dia 6 de Maio, já é possível pedir o cancelamento de matrícula de veículos que tenham sido enviados para a sucata ou que tenham simplesmente desaparecido.
Tenha em atenção que esta excepção está em vigor apenas até 31 de Dezembro de 2008. Faça o pedido de cancelamento da matrícula quanto antes.

Assim sendo porque não cancelaram a matricula da minha viatura conforme foi solicitado por mim no dia 31/12/2008.
Porque razão nesta mesma data me deram uma declaração para eu preencher e para o senhor da sucata assinar em como recebeu a viatura para desmantelamento e levar essa mesma declaração no dia dois de Janeiro de 2008 dado que no dia 1 era feriado.
Dia dois estive lá com todos os documentos conforme foi solicitado pelo atendimento e o mesmo afirmou que não podia cancelar a matrícula da viatura porque a mesma foi vendida a um sucateiro não oficial depois de Maio de 2008.

Gostaria que me informassem como resolver este problema
O meu muito obrigado
João silva

joão silva em 02.01.2009. 14:57

digo 02/janeiro de 2009, dia em que estive presente no imtt a pedido do mesmo, dado que no dia 31/12/2008 não terem senhas (b)

joao silva em 02.01.2009. 14:45

Ex senhores

Entreguei uma viatura em 10/08/2008 para um sucateiro não oficial.

Não dei logo baixa da mesma Pq. não tinha conhecimento que o sucateiro não era oficial.

O senhor da sucata afirmou que daria uma declaração de abate para cancelar a matrícula da referida viatura entregue na sucata.

A declaração de abate da referida viatura nunca chegou a ser entregue pelo senhor da sucata.

O senhor da sucata afirma que não pode passar a declaração vista não estar colectado nas finanças.

Mais informo que fui ao imtt de Santarém em 31/12/2008 pedir informações para resolver tal situação.

No imtt de Santarém informarão e entregarão uma declaração que no qual informa que a viatura foi entregue num sucateiro não oficial para destruição ou desmantelamento da mesma.

Nessa declaração consta a minha assinatura, marca, modelo, ano de fabrico da viatura, matricula, nome do sucateiro completo, a assinatura do mesmo, e morada do sucateiro.

No imtt de Santarém, informarão para me deslocar no dia dois de Janeiro de 2008 com a declaração devidamente preenchida e entregar para então se proceder ao cancelamento da matrícula.

Acontece que no dia dois de Janeiro (hoje) desloquei até ao imtt de Santarém com os documentos devidamente preenchidos ao qual me responderão que não podiam proceder ao cancelamento da matrícula dado que a viatura foi entregue depois de Maio a um sucateiro não oficial.

Com isto tudo gostaria de saber o seguinte:

Neste site https://impostosobreveiculos.info/inicio/cancelamento-de-matricula está escrito o seguinte:
A partir de hoje, dia 6 de Maio, já é possível pedir o cancelamento de matrícula de veículos que tenham sido enviados para a sucata ou que tenham simplesmente desaparecido.
Tenha em atenção que esta excepção está em vigor apenas até 31 de Dezembro de 2008. Faça o pedido de cancelamento da matrícula quanto antes.

Assim sendo porque não cancelaram a matricula da minha viatura conforme foi solicitado por mim no dia 31/12/2008.
Porque razão nesta mesma data me deram uma declaração para eu preencher e para o senhor da sucata assinar em como recebeu a viatura para desmantelamento e levar essa mesma declaração no dia dois de Janeiro de 2008 dado que no dia 1 era feriado.
Dia dois estive lá com todos os documentos conforme foi solicitado pelo atendimento e o mesmo afirmou que não podia cancelar a matrícula da viatura porque a mesma foi vendida a um sucateiro não oficial depois de Maio de 2008.

Gostaria que me informassem como resolver este problema
O meu muito obrigado
João silva

João Paulo em 31.12.2008. 18:47

Gostaria de partilhar uma situação por demais caricata...Na passada semana desloquei-me à uma repartição para pagar o IUC do meu veículo, visto que o prazo para a sua liquidação expira no dia 31 do presente mês de acordo com a data da matrícula, e foi me dito que tal era impossível porque esta se encontrava cancelada oficiosamente pelo IMTT. Ao deslocar-me ao referido instituto, depois de 6 horas de espera para ser atendido, foi me dito que tal procedimento deve-se ao facto do carro não ter sido inspeccionado/vistoriado a partir de 1/1/2003. Espantado com essa alegação por manifesta discordância com o seu conteúdo, desloquei-me ao Centro de Inspecção, onde o carro é vistoriado/inspeccionado desde a sua aquisição pela minha pessoa em 2005, e acabei por descobrir que houve um erro grosseiro na inspecção referente ao ano anterior (2008), tendo sido emitido um documento aprovando a viatura mas com a matrícula errada. Prontamente assumido o engano pelo responsável do Centro, foi me dito pelo mesmo que trataria do assunto. A questão que trago aqui para discussão prende-se com o facto de, em virtude do cancelamento oficioso da matrícula, ter me sido dito pelo IMTT que eu não poderia circular com a viatura até que toda a situação estivesse regularizada. No entanto, a necessidade de utilização do veículo para trabalhar obriga-me a circular na estrada correndo o risco de ser autuado pelas autoridades em função da falta na liquidação do IUC, que não pode ser pago enquanto a matrícula estiver oficiosamente cancelada. Gostaria, portanto, de saber se existe algum dispositivo legal com efeitos imediatos que salvaguarde o meu total alheamento face a responsabilidade do sucedido, evitando assim o averbamento de uma infracção. Obrigado por qualquer esclarecimento prestado!

Luis filipe gomes em 30.12.2008. 19:20

Este é mesmo o país em que qualquer burro pode fazer legislação !!!!
Senão vejamos ; possuo um carro de 81, sempre paguei o imposto circulação
e seguro ( á espera que tenha tempo de o recuperar)não circula e está numa
garagem que não incomoda ninguêm na via publica, os papeis todos em meu nome,.
que ***** !!!!! porque razão é que me cancelam a matricula ???? será que o
facto de eu pagar o imposto não significa que não tenho interesse em o abater ???
porque raio é que sendo cumpridor tenho que na mesma levar na touca destes palermas
que só sabem é arranjar maneira de nos gastar tempo desnecessário???algum destes
inteligentes por acaso foi a uma repartição da DGV e viu a vergonha que é ??
Não deve ter ido ...e se calhar quando precisa alguma coisa da DGV´como é
o colega que trata do assunto não precisa de ir para as filas !!
Pais de burocratas e anormais como este não existe !!!! é unico !!!

vncmigas em 18.12.2008. 14:07

Já solicitei cancelamento atrvés do site, contudo continua-me a aparecer o veiculo para liquidar no site das finaças. Tenho de fazer algo?

Marisa Tristao em 02.12.2008. 02:04

Os 30 Euros sao para quê?
Eu ofereci o carro a policia, pois ele ja nem trabalhava, nao vale nem 10 euros. porque que tenho de pagar 30 euros? o abate do carro é certamente mais dispendioso e ninguem mo cobrou. 30 euros para cancelar a matricula porque?


Obrigado

pedro em 18.11.2008. 13:20

quem não é para elas não se mete nelas.

sousa em 11.11.2008. 15:17

ola a todos enviei um carro para a sucata depois um acidente em 2005, entre tanto tentei selocionar o problema da anulaçao da matricula e ai começou todos os problemas
Em primeiro lugar fui a dgv de braga e ai informaram que nao poderi anular sem ser por desmantelamento, assim deram me varias empressas para esse serviço,
ja q era dee braga decidi tlf a empresa de braga, o q aconteceu é q esssa empressa nem existe a morada q deram na dgv era de um predio de habitaçao de seguida esse mesmo numero ligo me a perguntar o q queria, ai expliquei a situaçao, o q me diseram era como o carro nao estava inteiro nao o aceitavam e desde ai ninguem me resolve a situaçao.
Entre tanto chegoou o mes de pagar o imposto ai nas finanças aconselharam me a pagar o dito imposto e assim neste momento nao posso deitar a matricula abaixo por causa do capricho da empressa de desmantelamento que nem existe em braga

Jorge Peixeiro em 15.10.2008. 00:38

Boa noite,
Sou proprietário de um veículo cuja matrícula foi anulada. É uma viatura que se encontra parada há vários
anos e que foi comprada num leilão a uma entidade do estado, e estava a aguardar que tivesse diponibildade
para o recuperar. Esta viatura encontra-se guardada numa propriedade privada, e portanto apenas este ano
iria pagar o imposto de circulação. No inicio do ano tinha como data limite de pagamento o mês de
Dezembro, visto este ser o mês da matrícula da viatura.

Pergunto, visto não se tratar de uma viatura abandonada, como posso eu recuperar a matrícula da minha
viatura?

Cumprimentos.

Agencia Automobilistica em 10.10.2008. 22:09

Ao vosso dispor para qualquer informação online
https://agenciamoutela.no.sapo.pt/

Vasco Fernandes em 16.09.2008. 14:40

Ontem dirigi-me ao IMTT de Viana do Castelo afim de cancelar a matricula de um carro que foi para a sucata no ano 2007. A viatura como era do mês de Março, este ano com receio de pagar multa, ainda paguei o IUC. No IMTT recusaram-me o pedido de cancelamento de matricula alegando que como foi liquidado o IUC deste ano não poderia cancelar a matricula. Mas também não me conseguiram explicar o que devia fazer para não continuar a pagar todos os anos o IUC. Existe alguma forma de resolver esta situação?

Antonio Miguel Gonçalves em 08.09.2008. 11:28

Possuo um motociclo que sofreu um acidente
e pretendo cancelar ou abater a respectiva
matrícula, para tal que preciso de fazer ?
há algum impresso para tal que passos preciso
de dar ?

Atentamente
Antonio Gonçalves

paulo bruno em 26.08.2008. 14:24

tenho um carro que já foi para a sucata á mais de 5 anos. Não tenho
documentos mas quando o comprei foi com credito e fizeram-me uma reserva de
propriedade. Agora dizem-me nas finanças que tenho qu8e pagar o imposto
todos os anos e na direçao geral de viaçao não me podem cancelar a matri
cula por ter reserva de propriedade. A quem eu comprei o carro já não
trabalha á bastante tempo no ramo e não sei onde tinha o crédito porque
já la vão muitos anos. gostava que me ajudassem neste sentido para que
não fique obrigado a pagar todos os anos o imposto de uma coisa que já
possuo.

Maria de Lurdes Francisco em 01.08.2008. 19:20

Por favor eu n percebi onde posso fazer o cancelamento de matricula,ja tentei via net mas n concegui,quanto a Conservatoria do Registo Automovel gostava que me informace se é mesmo que o Registo Civil, onde me posso dirigir.

Maria de Lurdes Francisco em 01.08.2008. 19:20

Por favor eu n percebi onde posso fazer o cancelamento de matricula,ja tentei via net mas n concegui,quanto a Conservatoria do Registo Automovel gostava que me informace se é mesmo que o Registo Civil, onde me posso dirigir.

Diana em 25.07.2008. 15:29

Boa tarde

tenho um carro que foi para a sucata em 1999, e nas finanças aparece o registo, o que preciso fazer? não tenho nada que prove, que já não tenho o carro, nem sequer os documentos.
Pedir o cancelamento e pagar os 30€?

Obrigado

meno em 23.07.2008. 20:08

sou proprietario de uma viatura anterior a 1980, nao se encontra inspecionada a matricula é ou não cancelada

Luis Lisboa em 22.07.2008. 17:06

Boa tarde,

Tive uma mota em 1997, que me foi roubada nesse mesmo ano. Apresentei queixa na policia mas o veículo nunca mais apareceu.
Entretanto ao ir pagar o selo do meu automovel, fui informado que ainda continuo como proprietario dessa "matrícula". Como posso fazer para cancelar esse registo e desta forma não pagar qualquer imposto sobre veículos.

Obrigado

Francisco Sousa em 18.07.2008. 01:07

Agradeço a ajuda dos entendidos, pois tenho dois carros antigos, um com matrícula de 1947 e outro de 1974 que estão a ser recuperados embora muito lentamente, (à medida dos €...rsrs) e gostaria de saber se vou ter problema com suas matrículas.
Desde já agradeço qualquer conselho ou esclarecimento.

António Pereira em 10.07.2008. 16:06

Tenho um carro de 1988 e que desde essa data está em meu nome, sempre teve seguro, sempre foi pago o IMV (selo) e que até este ano, 2008, já paguei o IUC (o carro é de Abril de 1988). Acontece que desde 1998 não teve mais inspecções. Segundo o ponto 3 do Dec.Lei 78/2008 a matrícula foi cancelada.
Segundo o ponto 5 do Art.º 5 deste mesmo Dec.Lei, eu tenho que requerer a reposição da matrícula até 6 meses após o seu cancelamento. Pergunto:
O que é e qual a data do cancelamento da matrícula?
Que tipo de requerimento e onde posso pedir a reposição?
Diz seguidamente que a reposição exige aprovação numa inspecção extraordinária. Pergunto:
Qual é o espaço de tempo que poderá decorrer entre eu entregar o requerimento para a reposição e levar o carro a esta inspecção? (neste momento o carro trabalha, mas precisa alguns trabalhos e eu estava a pensar só dentro de 2 a 3 anos recuperá-lo a 100%)
O que é uma inspecção extraordinária?
O que é que o carro precisa de ter, que características precisa, para ser aprovado nessa inspecção extraordinária?
Depois diz que esta inspecção é feita nos centros de inspecção de veículos da categoria B. Pergunto:
O que é um veículo de categoria B, quais as características destes veículos?
Ou será que os veículos da categoria B são os adquiridos após 1Julho2007?
E são os veículos adquiridos ou matriculados em Portugal após 1Julho2007?
E, como a inspecção será feita para a categoria B, enquanto o carro foi matriculado e adquirido em 1988, quererá dizer que como os carros quanto mais antigos, menos eficientes são relativamente a emissões de CO2, será penalizado ou até chumbado?
E se for aprovado, depois o pagamento do IUC é pela tabela dos carros adquiridos/matriculados antes de 1Julho2007? Ou de após 1Julho2007, tabela exclusiva para os carros de categoria B?
Todos sabemos que o IA aplicado antes de 1Julho2007, era elevado e assim o IMV e o IUC são relativamente baixos, mas para os carros após 1Julho2007, o IA foi reduzido , mas o IUC já é bastante superior (para compensar a perda de receita no IA).
Se estes carros, que sejam aprovados nestas inspecções extraordinárias, passarem a ser taxados pela tabela de após o 1Julho2007. é mais uma mina de ouro para as Finanças, pois como carros antigos, foi-lhes aplicado o IA máximo no momento da matrícula e agora é-lhes aplicada a tabela superior do IUC, que ainda será mais agravada, pela menor eficiência destes carros, em relação às emissões de CO2...
Como podem ver, faço aqui muitas perguntas que se alguém me puder ajudar, desde já agradeço. Também notaram que algumas perguntas têm um pouco de desabafo relativamente à política que este nosso país sempre teve e terá, em relação ao automóvel—será sempre considerado um luxo.
E já agora uma última questão. Porquê só os carros matriculados de 1Janeiro1980 a 31Dezembro2000 estão abrangidos? Porque é que os anteriores a 1980 ficam calmos e sossegados, sem nada lhes acontecer às matrículas? Esta escolha teve, sem dúvidas, uma razão muito à portuguesa.
Um grande bem haja a todos os que pacientemente leram estas linhas e aos que me puderem ajudar, um antecipado muitíssimo obrigado.

Raquel em 05.07.2008. 01:10

roubaram m o carro a 22 de abril e apresentei queixa e já se sabe o destino (do carro) foi abatido numa sucata ilegalmente. uma vez q tenho de pagar 30€ para cancelar a matricula, posso esperar pelos 6 meses para o fazerem automaticamente.

Manuel Oliveira em 04.07.2008. 00:08

Comprei um carro em Abril que deveria ter pago o Imposto de circulação em Fevereiro. O vendedor passou factura de Abril e o carro foi registado de imediato e informou-me que o Imposto de circulação estava regularizado. Contudo, tal não era verdade e o imposto está a pagamento e importa em 360,00 Euros + juros/multa. Devo ser eu a pagar quando o prevaricador foi o vendedor? O que acontece caso eu venda o carro a um terceiro sem regularizar a situação? O ónus passa para este? E se passarem mais anos sem que o imposto seja pago? A meu vêr o imposto deveria ser pago pelo, à época proprietário. Gostaria que me esclarecessem sobre o assunto. A título de exemplo, caso o vendedor tenha sido multado por excesso de velocidade, não serei eu que devo responder por isso.

Pedro Alves em 29.06.2008. 23:57

Se a maticula já tiver sido cancelada e eu for com o carro à inspecção será que a situação volta ao normal?
Obrigado

Francisco Santos em 26.06.2008. 21:28

Tenho um carro de 1973 que vou restaurar. Está parado há vários anos (não tem inspeção e o selo não foi pago). Dado que ptetendo o restauro total do carro, que devo fazer para que a matrícula não seja cancelada?

Pedro Alves em 25.06.2008. 17:37

Boa tarde, tenho uma viatura de 1995 que efectuou a ultima inspecção em 2001 e que eu não tenho utilizado mas quero voltar a circular com ela será que já tem a matricula cancelada? Como devo proceder?
Obrigado

Escrever um comentário ou colocar uma dúvida

POR FAVOR leia a página toda antes de fazer perguntas que já estão respondidas no texto principal! Obrigado.

:

:

:


Estamos em 2022, para o ano vamos estar em que ano?

Por uma questão de rapidez na resposta e de poupança de espaço, considere que as minhas respostas incluem sempre os normais cumprimentos. :)

Acerca do impostosobreveiculos.info | Contacto

Todas as informações pretendem ser de leitura clara, simples e acessível, com o objectivo de constituirem um primeiro acesso à informação pretendida.
Por essa razão, poderão não ser totalmente completas ou tecnicamente exactas. No entanto, são dadas de boa fé e com base fundamentada na legislação em vigor.
Devido ao contexto e unicidade de cada caso, sempre que necessário, todas as informações deverão ser validadas por escrito junto da entidade oficial responsável.

Todos os direitos reservados - é permitida a cópia ou reutilização de partes deste sítio desde que seja atribuída a sua origem e autoria.
Política de Privacidade e de Tratamento de Dados Pessoais