Tabela Imposto Único Circulação (IUC) 2010

AVISO

Página actualizada: Tabela Imposto Único Circulação (IUC) 2018.

Esta página está desactualizada, os dados aqui mostrados apenas se aplicaram em 2010 - permanece disponível apenas para referência.

Se chegou aqui através de uma pesquisa, a informação que procura deverá estar nos comentários.

No dia 26 de Janeiro de 2010 foi apresentada a proposta do Orçamento do Estado para 2010. Conforme no ano anterior, apresento os novos valores do IUC. Esta informação é provisória e sujeita a alterações.

O Orçamento do Estado estipula, entre diversas outras coisas, as novas taxas de imposto aplicadas aos veículos automóveis, a vigorar a partir de 2009. Como o próprio nome indica, é uma proposta, pelo que está sujeita a alterações.

Aqui encontra os novos valores, conforme indicados nessa mesma proposta.

No dia 28 de Abril de 2010 foi publicado em Diário da República o Orçamento do Estado para 2010. Os valores da proposta, no que ao Imposto Único de Circulação diz respeito, mantêm-se. Ou seja, os valores da proposta e da versão definitiva são os mesmos.

O pagamento é feito sempre no mês da matrícula do carro ou no mês anterior. O pagamento do IUC deve ser feito pela primeira vez até 90 dias depois da data da matrícula.

Nos veículos com matrícula a partir de 1 de Julho de 2007, deverá somar o valor obtido a partir da cilindrada com o valor obtido a partir das emissões de CO2. Pode obter esta informação no Documento Único Automóvel.

Para saber mais informações sobre como deve proceder ao pagamento do IUC, por favor consulte o guia passo a passo.

Se quiser, tem ao seu dispor um simulador (folha de cálculo) disponível online: simulador ISV/IUC para automóveis novos e simulador ISV/IUC para automóveis importados usados.

Veículos matriculados antes de 1 de Julho de 2007 (até 30 Junho de 2007)

Tabela aplicável só a 2010
Gasolina Cilindrada Outros (Gasóleo, etc.) Cilindrada Movidos a electricidade
Voltagem total
Posterior a 1995 De 1990 a 1995 De 1981 a 1989
Até 1.000 Até 1.500 Até 100 16,50 € 10,40 € 7,30 €
Entre 1.001 e 1.300 Entre 1.501 e 2.000 Mais de 100 33,10 € 18,60 € 10,40 €
Entre 1.301 e 1.750 Entre 2.001 e 3.000 51,70 € 28,90 € 14,50 €
Entre 1.751 e 2.600 Mais de 3.000 131,20 € 69,20 € 29,90 €
Entre 2.601 e 3.500 208,80 € 113,70 € 57,90 €
Mais de 3.500 372,00 € 191,10 € 87,80 €

Veículos matriculados a partir de 1 de Julho de 2007 (inclusive)

Tabela aplicável só a 2010
Cilindrada Taxa Emissões CO2 Taxa
Até 1.250cm3 26,30€ Até 120g/km 52,80€
Mais de 1.250cm3 até 1.750cm3 52,80€ Mais de 120g/km até 180g/km 79,10€
Mais de 1.750cm3 até 2.500cm3 105,50€ Mais de 180g/km até 250g/km 158,30€
Mais de 2.500cm3 316,50€ Mais de 250g/km 263,80€

Nesta categoria de veículos (B - ligeiros matriculados a partir de 1 de Julho de 2007) existe uma alteração muito importante em 2009. De forma a não prejudicar veículos mais antigos, e ao contrário do que anteriormente se supunha, existe uma forma de diferenciar os veículos consoante o ano. O texto do orçamento do estado fala em ano de aquisição. Fica a dúvida se se refere ao ano de aquisição em novo, ano da última aquisição (no caso dos usados) ou ano da matrícula. Porque acho que seria tremendamente injusto tomarei em conta que se referem ao ano de aquisição em novo.
Isto é conseguido através da aplicação de um coeficiente, obtido através do ano de aquisição e de acordo com a seguinte tabela.

Tabela aplicável só a 2010
Ano de aquisição Coeficiente
2007 1,00
2008 1,05
2009 1,10
2010 1,15

Para calcular o valor a pagar terá que: somar a parcela da cilindrada à parcela das emissões e depois multiplicar esse resultado pelo número da tabela acima de acordo com o ano do carro.
Exemplo: um carro de 2008, a gasolina com 1.300 de cilindrada e 150g/km de emissões de CO2 pagará 52,90 + 79,10 * 1,05 = 138,495€.

Veículos comerciais de transporte particular com peso bruto inferior a 12t

Tabela aplicável só a 2010
Peso Bruto Taxa
Até 2.500kg 29,00€
De 2.501kg a 3.500kg 48,00€
De 3.501kg a 7.500kg 114,00€
De 7.501kg a 11.999kg 187,00€

Motociclos, ciclomotores, triciclos e quadriciclos

Tabela aplicável só a 2010
Cilindrada Posterior a 1996 Entre 1992 e 1996
De 180 até 250 5,14€ 0
Mais de 250 até 350 7,26€ 5,14€
Mais de 350 até 500 17,54€ 10,38€
Mais de 500 até 750 52,72€ 31,05€
Mais de 750 105,44€ 51,71€

27.01.2010. 13:53

joaquina silva em 04.03.2014. 16:14

Bom dia pagar o inposto unico circulaçao por multibanco a referençia bancaria é sempre a mesma ou muda

Marcos Vieira em 05.01.2013. 15:02

Boa tarde

O problema do meu carro é exactamente este que segue no link abaixo, mas pelo que parece ficou esquecido ou então a Europa está a ficar como nós e demora a resolver os asssuntos, porque já lá vão 2 ano se nada feito.

https://www.dn.pt/bolsa/interior.aspx?content_id=1481640

Luis Barata em 11.03.2012. 22:21

Boa noite, na qualidade de lesado, por furto da minha viatura "Renault Megane" com a matricula 12-FP-39, no dia 26 de dezembro de 2011 e após ter procedido aos tramite legais de denuncia pelo furto na PSP sou confrontado com o seguinte:
No inicio do mês de março, recebi uma NOTIFICAÇÃO da comarca do Baixo Vouga a informar-me de que tinha sido proferido um despacho de arquivamento no inquerito da queixa apresentada.

Dias depois, dirigi-me ao IMTT de Aveiro, no sentido de cancelar a matricula da minha viatura. para meu espanto recebo a informação de que este cancelamento só poderia ser efetuado 6 meses após o furto.

Do mesmo modo, e em virtude de o veiculo ter sido matriculado em abril de 2008, dirigi-me à secção de finanças para esclarecer este assunto relativo à aquisição de IUC, ao que me responderam que tinha de adquirir o referido imposto.

Conclusão: fico sem o meu carro, o tribunal arquiva o processo, sou obrigado a pagar o imposto unico de circulação etc. etc. e não sei que mais...

gostaria de saber como efetivamente proceder, nas repartições onde me dirigi, apenas me disseram " temos de cumprir a lei, está na lei" mas que lei é esta que só prejudica os lesados?

troika em 02.12.2011. 18:42

queria comprar um carro mas o valor que estao os selos mais vale andar de bicicleta por enquanto nao meterem a pagar selo--VOLTA SALAZAR

Rogerio em 22.11.2011. 13:24

Boa Tarde ,
Tenho desde 12/2000 un MG B de 1978 imatriculado en França país onde nasci e vivi até 2002 altura en que vim para Portugal , o carro continuo en França onde tenho residençia mas gostaria de legalizalo em Portugal , avera alguma forma de evitar o ISV ou reduzir o valor e se não qual é o calculo a fazer para ISV e IUC para um carro classico .
Obrigado

Rogerio em 22.11.2011. 13:20

Boa Tarde ,
Tenho desde 12/2000 un MG B de 1978 imatriculado en França país onde nasci e vivi até 2002 altura en que vim para Portugal , o carro continuo en França onde tenho residençia mas gostaria de legalizalo em Portugal , avera alguma forma de evitar o ISV ou reduzir o valor e se não qual é o calculo a fazer para ISV e IUC para um carro classico .
Obrigado

Miguel Costa em 19.09.2011. 16:46

Ola tenho uma duvida sobre o carro que esta avariado e eu nao o podendo arranjar
so o tenho porque ainda o estou a pagar tenho que continuar a pagar o selo mesmo ele estando numa garagem,e sem circular??

José Carlos Sanches em 01.09.2011. 14:20

José Reis, sim - 2007

Cumprimentos
José Carlos Sanches
www.autodoc.pt
Documentação Automóvel desde 1994
Lisboa/Setubal

José Carlos Sanches em 01.09.2011. 14:19

José Reis, sim - 2007

Cumprimentos
José Carlos Sanches
www.autodoc.pt
Documentação Automóvel desde 1994
Lisboa/Setubal

Jose Reis em 31.08.2011. 11:40

Bom dia

A data da matricula do meu carro é 31/10/2007. O imposto é devido em 2007?

Obrigado.

Jose Reis em 31.08.2011. 11:37

Bom dia

A data da matricula do meu carro é 31/10/2007. O imposto é devido em 2007?

Obrigado.

andre em 26.08.2011. 20:54

boa noite tenho um bwm legalizado em 209 pago 450eur de selo gostaria de saber se esse valor baixa ou se é sempre o mesmo valor. obrigado

fatima lima em 25.05.2011. 22:30

boa noite tenho um audi a6 com 2000 de celindrada e gostaria de o traser da suissa para portugal gostaria de saber quanto me ficaram os impostos a pagar. obrigsdo

Romeu Fernandes em 20.05.2011. 18:18

Boa tarde.
Tenho um Renault Megane 1.5 DCI de 2007 comercial. Gostava de saber qual é o custo e o procedimento para o tornar um carro de 5 lugares.
Ele tem 128g de co2

J SARDOEIRA em 19.05.2011. 18:47

Agradeço que informe o que deverei fazer para pagar o IUC em um automovel que nunca nunca pagou este Imposto. E qual o montante a pagar.
Obrigado
J Sardoeira

joaquim em 19.05.2011. 17:09

ESTOU ATRASADO UM MÊS NO PAGAMENTO DO I.U.C., QUANTO ME VAI CUSTAR DE JUROS?

Diogo Matos em 13.05.2011. 13:17

Boa tarde eu estou a morar em França mas no mes que vem vou voltar para Portugal. Comprei um seat ibiza sc de 2009, 1.9tdi de 105cv.o que preciso de fazer para o legalizar em Portugal e quanto me irá custar?

Gustavo Alves em 09.05.2011. 10:41

Justifica adquirir uma viatura nova, amiga do ambiente, com emissões de CO2 mais reduzidas...

Chego a conclusão que não, pelos vistos o facto de poupar o ambiente não é tomado em consideração na altura de aplicar estes impostos, sobretudo quando vemos milhares de viaturas na estrada emitido fumos negros em quantidades brutais sem que tenham em consideração o CO que se emite e muito menos o respeito pelos que querem menos poluição.
Sem contar com as grandes máquinas "Hybridas" que são só fachada!! Consumos brutais mas como tem autonomias de 10km em modo electrico já pagam impostos irrisórios.

Desculpem este desabafo, dá que pensar, mas infelizmente vou ter que entrar neste rol uma vez que vou adquirir um automóvel novo, e terei que pagar a módica quantia de 212€ mas pronto fico descansado porque é amigo do ambiente...

Anto. Joaq. Flausino em 28.04.2011. 19:28

Encontro-me na situação de Português outra vês, Isto é: Estive ausente durante 39 anos e de volta trago um carro com 11anos em meu nome e 240000Kms, portanto não procuro favôres, mas ir pagar 546,02€ de IUC enquanto os iguais mais novos oito anos andam a circular a 57.00€ pergunto-me se os senhores pensadores que têem ou tiveram influência no evento sabem verdadeiramente governar com inteligência.
Exemplo: O progrecivo e os escalões existem e eu aprendi isso na antiga 4 classe. Neste caso preciso até 2500cm3 paga de taxa 105,50€ a partir desta celindrado leva a pedrada, paga 316,50€ (3Xmais). No CO2 a partir de 250g/Km paga 263,80€. No que respeita a taxa não encontro esplicação racional. No CO2 a esplicação que encontro é que a partir de 250g/Km pode-se poluir o planeta sem descreminação e sem pagar mais. Esses senhores mereciam descer e subir todos os dias por escadas com degraus proporcinadamente com as mesmas diferenças.

joao em 23.04.2011. 11:00

uma mota de 1998 quanto vai pagar de selo? ouvi dizer que agora já nao há abatimento da idade desde que seja depois de 97 paga sempre o maximo. a mota tem 1100 de cilindrada. se alguem souber diga por favor.

José Carlos Sanches em 04.04.2011. 00:30

João Gouveia, em primeiro lugar deixe-me dizer que não existe cruzamento desse tipo de informações. E não é porque em Portugal somos "atrasados" ou seja o que for porque o mesmo se passa ao contrário. Ou seja, quando tráz um carro para Portugal com matrícula Alemã depois de o legalizar tem sempre de cancelar a matrícula alemã senão paga sempre os impostos na Alemanha.

Dito isto, informo que deverá ir à IMTT de Portugal apresentar provas que o carro tem matrícula noutro país e pedir o cancelamento da respectiva matricula portuguesa. Com esse comprovativo dirige-se às finanças e esclarece a situação de forma a que não tenha de pagar o IUC, porque se não pagar irá dar origem a dívidas fiscais.

Cumprimentos
José Carlos Sanches
www.autodoc.pt
Documentação Automóvel desde 1994
Lisboa/Setubal

Joao Gouveia em 03.04.2011. 17:35

Olá, o meu nome é Joao Gouveia estou na Alemanha quase à 10 anos, quando para aqui vim trouxe um carro que legalizei aqui cerca de um ano e meio depois de aqui estar ou seja já acerca de 8 anos entretanto vendi o carro já com matriculas alemaes e comprei outro e hoje mesmo recebi um mail das financas a alertar de que devo proceder ao pagamento do imposto (IUC) até ao final deste mes. Agora pergunto eu como pago um imposto de um carro que já nao tenho e se na realidade nao há cruzamento de dados para que se saiba que este mesmo carro foi legalizado na Alemanha que neste caso faz parta da UE.
A minha pergunta é agora o que deverei fazer tenho em meu poder o livrete que foi picado e carimbado para que fica-se inválido e ainda uma cópia da venda do mesmo mas já com matricula alema será que qualquer um destes me serve de prova ou virei a ter problemas com as financas em portugal. Gostaria de obter informacao sobre isto obrigado.

João em 18.02.2011. 07:46

Boas!

Estou à cerca de 1 ano a trabalhar em Madrid.
Os preços dos carros aqui são uma comédia!!!
Já vi CLS 320 CDI kit AMG de 2006 a 30500€, CLS 55 AMG 2006 a 27000€, enfim...

Mas quando começas a fazer contas e vês que o Estado te vai roubar entre 15 a 20 mil euros, pensas 2 vezes.
Mas mesmo assim ainda se poupam entre 10 a 15 mil euros em relação aos preços em Portugal.

PS: Quero mandar beijinhos aos vendedores de carros portugueses que andam aí pela net fora infiltrados, a desencorajar o pessoal de ir ao estrangeiro comprar carro.
Deixem de ser ridículos e vão trabalhar!!!

RODRIGO M MARINGO em 16.02.2011. 12:57

PORQUE NÃO ENCHERMOS A PROVEDORIA DE JUSTIÇA COM ESTAS (Além de outras) INJUSTIÇAS TREMENDAS??
E PORQUE NÃO UMA PETIÇÃO PÚBLICA PARA LEVAR-SE A TRIBUNAL INTERNACIONAL??

V.Guerreiro em 07.02.2011. 09:23

Para quem importa carros do estrangeiro. O IUC é calculado segundo o registo da 1ªmatrícula nacional, assim acontece que podem circular dois carros iguais, igual a nível de emissões C02, igual em cilindrada mas a pagarem IUC diferentes. Exemplo, 3000cm3 (diesel) e 192g/Km CO2, ano fábrico 2006,um nacional paga 51.7€ um que tenha vindo do estrangeiro e registado em 2010 paga 546€, 10 vezes mais, paga aquilo que o outro irá pagar em 10 anos. Ora se formos ver o código do IUC, artigo 1.º Princípio da equivalência, diz que "O IUC obdece ao princípio da equivalência, procurando onerar os contribuintes na medida do custo ambiental e viário que estes provocam, em concretização de uma regra geral de igualdade tributária." Meus senhores e senhoras, este artigo é violado do principio até ao fim, no caso de importações, pelo exemplo que especifiquei. Não existe igualdade tributária muito menos equivalência. Basta pegar neste 1.º artigo e levar o estado português a tribunal, de prefereência europeu! Cumpts. V.G.

Rodrigo M Maringo em 16.02.2011. 12:46

IUC - INJUSTIÇA
Tenho dois carritos Smarts exactamente iguais até no ano de origem -2005. Um paga 16 Euros. Para o outro as finanças querem 84 Euros. Razão: Um comprei-o novo cá em 2005. O outro comprei-o agora em segunda mão. Este teve que levar uma nova matrícula quando cá chegou, em 2008.
A nova lei refere o imposto para o ano de matrícula sendo omissa quanto ao ano de origem. Porquê? Convêm ou é descuido do legislador? (Estes que são bem demais na assembleia) Dois paises da CEE? ou só somos para o que calha/convém?

V.Guerreiro em 07.02.2011. 09:23

Para quem importa carros do estrangeiro. O IUC é calculado segundo o registo da 1ªmatrícula nacional, assim acontece que podem circular dois carros iguais, igual a nível de emissões C02, igual em cilindrada mas a pagarem IUC diferentes. Exemplo, 3000cm3 (diesel) e 192g/Km CO2, ano fábrico 2006,um nacional paga 51.7€ um que tenha vindo do estrangeiro e registado em 2010 paga 546€, 10 vezes mais, paga aquilo que o outro irá pagar em 10 anos. Ora se formos ver o código do IUC, artigo 1.º Princípio da equivalência, diz que "O IUC obdece ao princípio da equivalência, procurando onerar os contribuintes na medida do custo ambiental e viário que estes provocam, em concretização de uma regra geral de igualdade tributária." Meus senhores e senhoras, este artigo é violado do principio até ao fim, no caso de importações, pelo exemplo que especifiquei. Não existe igualdade tributária muito menos equivalência. Basta pegar neste 1.º artigo e levar o estado português a tribunal, de prefereência europeu! Cumpts. V.G.

P. Carvalho em 05.02.2011. 10:19

Lendo atrás os diversos comentários sobre as injustiças de que são alvo os proprietários dos cartos a GPL, algumas reflexões me vêm à cabeça: Passamos a nossa curta vida a apontar as desgraças da desgovernabilidade do nosso país como se esse fenómeno ainda não fosse suficientemente evidente aos olhos de todos. Meus amigos, é óbvio que está quase tudo errado, que somos roubados, enganados, gozados etc. etc. etc.
O problema agora não está em diagnosticar mais problemas, pois isso apenas nos vai agavar a nossa dor de cabeça! É esta nossa lamechice e inércia que continua a dar força e ânimo a quem nos calca.
O que é preciso é AGIR.
Pôr a coisas no lugar à força não é o melhor caminho, mas se não houver outro...quanto mais cedo melhor.
Nas urnas é onde podemos, de forma mais pacífica colocar algum travão nisto, mas a verdade é que nessa hora o povo não revela clarividência para resolver a situação e os polícos cinicamente ainda elogiam o povo com expressões do género "O povo sabe o que quer". E já não falo em resolver os nossos problemas com o voto do povo, como vêem falo apenas "pôr travão", isto porque não acredito que haja algum partido que a longo prazo ponha tudo no lugar. Um dos grandes problemas que temos são os partidos políticos, verdadeiras máquinas de ascensão ao poder e à corrupção.
Imaginem que nas próximas legislativas o PS e o PSD propôe com candidatos um Burro e um Jumento, respectivamente. Algum dos outros partidos teria alguma hipótese de ganhar as eleições?
Quem sabe se o nosso pecado original não será da autoria de D. Afonso Henriques???

Andre S em 13.01.2011. 07:37

A maior vergonha é um carro 1800cc a GPL pagar 131,20 €, A justificação é que os carros andam a gasolina... Como se alguém fosse investir 1600 euros num kit de GPL para continuar a andar a gasolina e aos preços que a gasolina está hoje . Enquanto isso, os diesel até 3000 cc pagam 51,70 €. Este País é uma comédia! Na pior das hipóteses deveriam ser considerados "outros" o que daria um IUC de 33,10 até 2000 cc. Depois vêm com os argumentos de taxar os carros menos ecológicos. SANTA HIPOCRISIA! O CO2 de um carro a GPL ou agora GNC é perto do zero!
"Ah, tens um carro amigo do ambiente? Então o nosso incentivo é pagar os mesmos impostos que pagam os outros mais poluentes. Que tal? Não é tentador? O planeta agradece e os impostos também"
Enfim...

p.Natal fonafi em 30.12.2010. 17:38

ah...pelo caminho alguem a quem pedi ajuda,resolvia o assunto de um dia para o outro, (ate porque teve de fazer um curso extra para estas questoes!Mas quais questoes?)so que me custaria 240€! So LADROES o estado que me rouba 390€ de imposto e pelo consumo co2 e o esperto que quase me limpava 240€ para nada! todos sabem so os portugas é que nao,e nos outros paizes qto + novo é o carro menos emissoes tem logo menos deve pagar!isto é correcto ate para incentivar a compra de novas viaturas e sim ajudar o ambiente!

fonafi em 30.12.2010. 17:21

fui pagar o imposto do selo autm.a funcionaria nao sabendo o nome do docm. da DAV onde estariam as emissoes do CO2,disse q faltava um papel!nao sabia como se chamava,nem como se obtinha entao desculpou-se q alguem tinha bloqueado o sistema!quem?pois nao sei,respondeu!IMCOMPETENTEMENTE FACIL!va ao IMTT disse!fui ao Imtt,aqui nao,isso é com a finança se quiser pode ir ver a alfandega!amigos fiz 90km+55+55+90=290km e o meu doc estava nos docs da legalizaçao do veiculo mas ninguem sabia o nome dele! imaginem quanta competencia?

Du em 29.12.2010. 17:29

Miguel estou ctg...
mas k havemos de fazer?? criar um novo partido??
diz-me tou ctg..
esses larapios estão-nos a roubar depois ainda nos castigam por não ter-mos dinheiro...
Epa isso é gozar com a malta...

marco em 28.12.2010. 14:17

Eu tenho uma ibiza comercial de 2006 1.4 , e no site das finanças quando faço consulta diz-me que corresponde a categoria c, mas pela tabela categoria c tem que ser acima de 2.500 kg, alguém me ajuda ?

Miguel em 27.12.2010. 23:14

Não percebo é porque o pessoal anda todo a RECLAMAR, este GOVERNO esteve 4 ANOS com maioria, depois de tanta PROMESSA (como por eX: os tais 500 mil postos de trabalho...) foi o salve-se quem puder... houve eleições e mesmo sem maioria absoluta voltam a ganhar...afinal as idas às praias e viagens etc... estão a ter os seus efeitos agora...meus amigos o PODER está nas nossa mãos, nós há que não sabemos aproveitar quando temos a oportunidade...culpamos sempre os outros...sempre foi o pior defeito do povo PORTUGUÊS...

Mario em 20.12.2010. 00:20

O mes passado esqueci-me de pagar a estes ladroes (por motivos do carro estar registado com 2 datas, uma para inspecçao e outra para iuc)... Alguem sabe o valor que vou ter de pagar de multa?

luis carvalho em 16.12.2010. 00:08

ESTE PAIS É UMA VERGONHA, ISTO SO LA VAI COM UMA REVOLUÇAO!!!

henriques em 15.12.2010. 23:44

Comprei um A3 Sportback 1.9 tdi de 2006, importado em dezembro de 2010,quanto irei pagar de imposto de circulacão em 2011, sera que tenho de pagar algo em 2010 ou existe um selo de exento

Rui Ribeiro em 13.12.2010. 20:26

Boa noite a todos, mais um que se pudesse partia a cabeça a esses gajos que nos roubam todos os dias,mesmo sendo o nosso primeiro da nossa terra,mas nao escapava, ainda hoje fui pagar IUC do meu carro que trouxe do estrangeiro, e só porque lhe deram umas matriculas novas paguei 546.02€. Lei sem logica nenhuma porque estou a pagar o imposto como se fosse novo e o carro tem 8 anos, é uma vergonha....Já não basta ter o I.A. a acrescentar no veículos que se compram em portugal,temos mais o IUC.,, enfim.

Caetano Silva em 10.12.2010. 16:50

Os valores exigidos por este imposto (assim como a Classe 1 e 2 nas AE's)é mais
um exemplo do quanto ilógica é a nossa lei quando se trata de recolher dividendos.
Um automóvel a gasolina é mais ecológico, mas tudo o que está inerente á sua
utilização é escandalosamente mais caro
Mais escandaloso é o valor da viatura baixar anualmente e o valor do imposto aumentar
anualmente
Será que só eu é que não consigo perceber a lógica e a justiça no meio disto tudo?

Antonio em 14.11.2010. 01:38

N.Gonçalves, a resposta é não! Continua a ser taxado como um carro a gasolina em vez de "outros". Se comprar usado, tem é uma ligeira redução na transferência de propriedade.

António em 14.11.2010. 01:36

A maior vergonha é um carro >1800 a GPL pagar mais de 131,20 €, mesmo sendo velho (posterior a 95, vai até 15 anos!!!) . Enquanto isso, os diesel até 3000 cc pagam 51,70 €. A justificação é que os carros andam a gasolina... Como se alguém fosse investir 1600 euros num kit de GPL para continuar a andar a gasolina. Este País é uma risota! Na pior das hipóteses deveriam ser considerados "outros" o que daria um IUC de 33,10 até 2000 cc. Depois vêm com os argumentos de taxar os carros menos ecológicos. SANTA HIPOCRISIA! O CO de um carro a GPL é perto do zero!

Vai-te embora oh Zé! em 11.11.2010. 10:40

oh Zé! Esqueceste-te do apelido... Sócrates, não é?

rui em 06.11.2010. 17:57

boa tarde comprei um carro opel tigra de 1995 e soube k nao pagou o selo desde 2008 kanto e k fica agora para por legal

N.Gonçalves em 03.11.2010. 09:54

Mudar um carro para GPL (bifuel) reduz o IUC? Obrigado

n2mg.arq@gmail.com

N.Gonçalves em 03.11.2010. 09:53

Mudar um carro para GPL (bifuel) reduz o IUC? Obrigado

n2mg.arq@gmail.com

N.Gonçalves em 03.11.2010. 09:51

Mudar um carra para GPL (bifuel) reduz o iuc?

Augusto B.Lourenço em 08.10.2010. 15:26

Tendo vendido a viatura SE-16-25 em 12/5/2004 e o comprador não ter efectuado o registo para seu nome (João Manuel Nunes Braz, com residencia na Travessa de Stº.Antonio nº. 17-1º.andar 2600 - Alhandra, portador do B:I:1154460) solicitei em 17/8/2010 ao IMTT a sua apreensão, peço que me informe se tenho que liquidar o I.U.C.em 2010.
augusto.lourenco@hotmail.com

paulo gomes em 06.10.2010. 22:01

alguem me pode informar se estiver dentro do assunto eu tenho um carro que comprei novo em 2009 no mes 10 é um 1206 de cilindrada e de co2 tem 132 g por km eu paguei o ano passado 115.06 euros pelo iuc este ano pagei mais mas segundo aqui a tabela eu penso que ia pagar 79.10 eu acho que tenho razao se alguem esclarecer obrigado fico aguardar

Mário em 04.10.2010. 00:10

Quem disse que a escravatura tinha acabado ?
Grandes vidas hà neste mundo hà conta de milhões de otários assim como nós...
Bem se abuliu a escravatura, mas a seguir veio a politica e a democracia...
Ou seja continua-se a roubar cada vez mais e de uma forma legal.
Porque não fui eu para a politica...

fernanda em 30.09.2010. 22:50

ola , tenho um opel-insigna cosmo 2000 130 cabalos ano 2010 com matricula estrangeira gostaria saber quanto fica a legalizaçao deste.

fernanda em 30.09.2010. 22:26

ola , tenho um opel-insigna cosmo 2000 130 cabalos ano 2010 com matricula estrangeira gostaria saber quanto fica a legalizaçao deste.

Lucilia Batista em 12.09.2010. 19:03

Agradecia que me ajuda-sem..eu estive a viver em Inglaterra por motivo de doença familiar tive de voltar, trouxe uma carro aqual registei em Portugal, mas agora as finaças pedem-me de imposto de circulação 303.37 euros o carro é de 2001 e estão a considerar o carro novo.
Foi lá reclamar a resposta foi, não importante-se o carro de fora compra-se um carro cá, agora venda-o, coisa que não posso fazer, porque por lei tenho que ter o carro durante cinco anos.´
Gostava que me ajuda-sem se isto está correcto?

Obrigado

Alex em 08.09.2010. 17:56

Será que no calculo de CO2 vai haver mais um escalão? Abaixo de 120g/km?

Até 80g/km
Mais de 80g/km até 120g/km
(..)
Era uma boa medida, visto haver cada vez mais carros com menos de 90g/km
Não é justo pagar o mesmo que o escalão até 120g/km.

Filipe em 04.08.2010. 21:29

Em relação a carros eléctricos importados como sabemos o valor a pagar????

Pedro em 17.07.2010. 17:08

Gostaria, se possível, me indicasse o total de impostos a pagar pela compra de uma viatura em Madrid e a exportação para Portugal.
Cilindrada: 2148 cm3
Ano fabrico: 09/2006
Caixa automática
Nivel de emissão EU4
Custo em Espanha c/ 18% de IVA : € - 15.680,00

Desde já agradeço a atenção

Carlos em 16.07.2010. 23:27

Este tal como qualquer imposto só serve para encher os bolsos aos vigaristas que nos governam.

mino em 12.07.2010. 13:05

tenho um carro de 2000 parado na garagem sou obrigado a pagar o iuc?

MIGUEL em 09.07.2010. 17:17

é mesmo uma vergonha estes impostos, sabem dar incentivos para compra de carros novos, mas logo apos tao a "meter" a mao nos nossos bolsos...tao se os novos produzem menos co2, porque pagam ainda mais imposto, tecnicamente deveria ser ao contrario...n entendo a diferenciaçao de antes de 96 e dp 96, no meu ver, haveria mais logica o imposto ter relacionamento directo com o ano da viatura...1 vergolha este Portugal...

Tiago em 07.07.2010. 23:03

Este pais anda mesmo uma miseria...
onde é k ja se viu eu tenho uma carrinha renault mégane 1500cc de 2008 vou pagar se os meus calculos n m enganam kase 150€ de imposto tenho uma familiar com uma mégane sénic 1500cc mas de 2004 e esta só vai pagar quase 17€
é uma vergonha. diferenças abruptas e impensáveis... principalmente numa altura em que pedem investimento privado...
como pode existir investimento privado se nos robam de toda a maneira possivel e impossivel?

filipe em 07.07.2010. 04:33

è pena que os motociclos não sejam taxados à potência! Eu uso mota para as deslocações diárias (com sol ou chuva) e pretendia trocar por uma 1100 com cerca de 70cv mas, 105€? DASSSEEE!!!!!!!!!!!!! só neste país. Carreguem nos putos das 600cc com cento e muitos cavalos que essas sim, têm mais emissões poluentes!!!!!!!!!

noel dias em 05.07.2010. 19:54

continuamos num pais de chulos!!!! vao trabalhar malandros

cocas em 03.07.2010. 00:16

Apoio tudo o ke disses te Zé se vão lá fora entregar o dinheiro pra pouparem uns euros não se gera riqueza cá dentro do país e ai todos os impostos sobem devido a não riqueza e se fizerem bem as contas essa história de ficar mais barato e por pouko tempo porque o IUC de um carro importado e pro resto da vida útil deste logo a poupança a longo prazo é nenhuma o melhor e comprar uma coisa nacional antes da entrada da nova lei do IUC ou seja antes de 2007 onde um bom carro a disel paga 30 e poucos euros enquanto um importado pagara como novo com a agravante de poluir mais ke um novo logo pagará mais de imposto só fazerem contas.

Tiago Arsénio em 18.06.2010. 14:30

Acho que não têm lógica nenhuma o modo como o imposto de selo para as motas é aplicado, porque eu tenho uma mota de enduro de 610cc de 1997 só para andar ao fim-de-semana, e tenho de pagar sempre o selo como se fosse nova, o imposto lógicamente aplicado devia ser, a cada ano que passa avançar um ano, para o imposto mais reduzido, não ficar sempre no ano 1996, entre motas novas e usadas.
Obrigado

cp em 18.06.2010. 11:28

Amigos, o país está a saque pela classe politica que o levou à falência! Anos consecutivos com défice (prejuízo- gastos superiores ao produzido.

Os governantes mentem de uma forma pomposa, têm consultores de marketing para enganar o povo, como uma cigana engana um pobre!!!

Temos 40% da população a trabalhar para 60% (e muitos destes com luxos)..

A Função publica parecem carraças na pele de um cão desprotegido...

------------------------O PAÍS ESTÁ VENDIDO--------------------------

Esqueçam os brandos costumes, porque isto só lá vai a TIRO!

---------------------------------------------------------------------

Eu não sou nada, nem nunca serei! Mas uma coisa eu sei, o povo está adormecido, velho e sem espírito critico, inculto, endividado por falta de consciência!

Isaac em 14.06.2010. 21:24

Acho uma injustiça a acumulação de impostos associadas a veículos e sua circulação!!
Na compra pagamos o imposto sobre veículos mais o IVA, que para além de taxar o veículo também taxa o imposto como se este fosse um bem.
Depois temos o imposto de circulação que é uma brutalidade e não se sabe bem para aonde vai (se é para as estradas ao menos que acabem com os buracos de uma vez por todas!!). A isso, juntemos as portagens nas auto-estradas e pontes, os impostos altíssimos sobre os combustíveis e os parqueamentos.
O que será que vão encontrar mais? Já chega porra!

João Ferreira em 08.06.2010. 00:25

M_e_r_d_a
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Fezes de cavalo. Excrementos dos seres vivos são conhecidos vulgarmente como m_e_rda, em português.M_erda (do latim m_erda [1]) é uma expressão geralmente pejorativa, polissêmica e usada principalmente na linguagem coloquial. Em sentido estrito, é resultado do processo digestivo e refere-se às fezes expelidas por um organismo vivo, usualmente expulsas do corpo pelo ânus.

No teatro antigo (e este uso estende-se ainda nos dias de hoje), m_erda era utilizada na linguagem entre artistas de teatro para desejar boa-sorte antes da entrada em cena.[2] A expressão nasceu da língua francesa, m_erde, provavelmente no século XIX ou século XX, pelo fato de o público ter acesso à casa teatral por meio de carruagens a cavalos que, muitas vezes, amontoavam fezes em suas entradas; com ironia, a expressão correlacionava o fato de haver "muita m_erda" na entrada do teatro ao desejo de se ter também "muita sorte" em cena.[3]


FACE AO QUE ESCREVI ANTERIORMENTE E ATENÇÃO CONSIDERO-ME UMA PESOA EDUCADA QUE UTILIZO O VERNÁCULO, NÃO SEI SE O GESTOR DO SITE COMPREENDE AGRDEÇO QUE VÁ AO DICIONÁRIO E CONSULTE A PALAVRA DE VERNCULO. É POR ISSO QUE ESTE PAÍS NÃO ANDA PARA A FRENTE - FALTA DE TOMATES.

filipe em 28.05.2010. 23:10

que tristeza ter nascido em Portugal..
importei uma a4 em 2009, paga 203€ de iuc, o mesmo carro mas nacional paga 50 e tal... SOU DISCRIMINADO pelo meu proprio país por ter comprado um carro lá fora... Se eles cá tivessem um preço parecido não ia lá buscá-lo, mas como aqui o estado quer tudo.. e o problema é que o carro só é considerado novo para pagar os impostos porque tenho na mesma de ir á inspecção consuante a idade da primeira matricula.
não sou contra os inspostos, SOU CONTRA OS ROUBOS...

filipe em 28.05.2010. 23:01

que tristeza ter nascido em Portugal..
importei uma a4 em 2009, paga 203€ de iuc, o mesmo carro mas nacional paga 50 e tal... SOU DISCRIMINADO pelo meu proprio país por ter comprado um carro lá fora... Se eles cá tivessem um preço parecido não ia lá buscá-lo, mas como aqui o estado quer tudo.. e o problema é que o carro só é considerado novo para pagar os impostos porque tenho na mesma de ir á inspecção consuante a idade da primeira matricula.
não sou contra os inspostos, SOU CONTRA OS ROUBOS...

Quico em 28.05.2010. 10:43

Realmente é lamentável que uma mota nova(ou velha - com 14 anos!) de alta cilindrada tenha que pagar +100€, enquanto que os valores correspondentes para a categoria B (automóveis ligeiros) se ficam pelo (imaginemos 1200cm3): (26,30€ + 52,80€) * 1,15 (se for de 2010) = 91€.
O desgaste, o congestionamento, a poluição de um veículo de 2 rodas é "identico" (superior até, pela conclusão a que se chega) ao de um veículo de 4 rodas e (na grande maioria dos casos) 3 ou 4 vezes mais pesado? Ou continua-se com a ideia que uma mota é um produto egoísta e elitista e como tal deve ser sobretaxado?
Não admira que as estradas estejam congestionadas com tantos carros.
Talvez se baixassem o IUV das motas em 1/4, as vendas destas disparassem 2x ou 3x, o que faria com que, em termos agregados, o estado arrecadasse mais de imposto, as estradas andariam mais livres, o ambiente também agradecia...
Quais os factores negativos? Poderia aumentar o número de acidentes mortais de viação. Verdade. Mas não é menos verdade que há pouco civismo por parte dos automobilistas para com os motociclos. Talvez por ainda serem exemplos (quase) raros de ver na estrada.
Quem já esteve em países como o Viet-Nam, a Tailandia ou a China, ou mesmo em algumas cidades espanholas, estou-me a lembrar de Barcelona e Sevilha, verificou que há milhares de motas em circulação. Um condutor de automovel tem, obrigatoriamente, de circular com maior cuidado e atenção por causa da quantidade de motas a circular. Para além do que nestes países dá-se primazia a motas de baixa cilindrada, não muito velozes.
Só com esta alteração, involuntariamente, haveria maior cuidado e atenção na condução. O aumento dos acidentes seria uma realidade, sim, mas uma realidade temporária. Se em Lisboa começassem a circular 500 mil ou 1 milhão de motas diariamente, para além do aliviar de tráfego nas ruas, não acreditam que um condutor de veículo automóvel teria que circular com muitos maiores níveis de atenção?

Ze em 22.05.2010. 21:11

Ei JP, a partir de Julho passas a ganhar menos 1,5%, espero que não tires comida a boca dos teus filhos para poderes pagar o topo de gama que importaste. Palhaço é o que te chama um alemão por tirares dinheiro do teu pais para comprar uma lata com 6 anos, com um emblema xpto? Não passa de pele de coelho como se costuma dizer. Ao menos comprem-nos usados mas nacionais.

Sérgio em 21.05.2010. 12:57

Como não tive dinheiro para comprar um Mercedes em Portugal fui comprá-lo à Alemanha.
O veículo está devidamente legalizado (ISV).
Será que o meu Mercedes (2004), revisto na marca, deve continuar a pagar +- 193,83 €?
As nacionais e importadas antes de 01JUL2007 não poluem o mesmo? Contudo só pagam +- 51,70 €.

A lei diz matrícula nova. Ok, as leis também foram feitas para virem a ser alteradas/corrigidas.

Em nome da igualdade proponho que se altera a legislação para "veículo novo".

João em 20.05.2010. 00:54

Meus amigos, sabem porque é que as motas pagam tanto de IUC? Porque segundo a lei são considerados veículos de recreio! Sim, leram bem, veículos de recreio.
Para terminar em beleza, Moto 4 e motas de água não são considerados veículos de recreio.

E esta heim?

jp em 18.05.2010. 21:37

para o zé:

és mesmo palhaço oh pa! entao continua a andar no teu "gama média" que eu ando no meu na gama acima, pelo qual paguei menos que tu! kakakaka

és mesmo palhaço!

Ramos em 12.05.2010. 17:02

Podiam-se dar ao trabalho de alterar no exemplo os valores de 2009 para os de 2010 já que o exemplo se encontra errado.

Exemplo: um carro de 2008, a gasolina com 1.300 de cilindrada e 150g/km de emissões de CO2 pagará 52,40 + 78,50 * 1,05 = 137,445€.

José Lima da sILVA em 10.05.2010. 16:35

tenho procudado na internete sitio das finanças .o impresso parea pagar o impostode circulaçao automovel,o impresso não aparece,e parece que ´há problemas aí no vosso sector,tenho que pagar até ao fim deste mes .Se o im presso não sai como o vou pagar?

Paulo em 06.05.2010. 22:05

Boas. gostaria de saber se um carro a gasolina e que entretanto instalou gpl sofre alguma alteração no iuc?
Obrogado

Paulo em 06.05.2010. 22:04

Boas. gostaria de saber se um carro a gasolina e que entretanto instalou gpl sofre alguma alteração no iuc?
Obrogado

DANIEL em 30.04.2010. 05:51

ISSO PORQUE VCS NÃO SABEM O QUE SE PAGA NO BRASIL, AQUI SIM É UM ASSALTO !

jose em 27.04.2010. 11:18

quanto paara un dodge journey sxt

ruipedmatfer em 26.04.2010. 12:52

Boas. Hoje fiquei doido quando soube nas finanças que a minha CBR 1000F de 1992 ( 18 anos!!!! ) ia pagar este mês 52 euros de imposto de circulação!!! Vão roubar pra estrada.Sefosse um carro, pagava 10,5 euros. Isto é descriminação!! Os carros ocupam mais espaço, causam mais congestionamentos e seguramente, um carro de 1992 é tecnologicamente menos evoluido que uma mota de pista! Cada vez apetece mais ir embora deste país que só nos chula!!

ricardo em 22.04.2010. 15:54

ola agora o imposto de selo e pago no mes da matricula do carro se o teu carro e do mes de dezembro so no mes de dezembro e que tens que comprar o selo e como ir a inspeçao agora o carro te que ir a inspençao ate ao dia final da matricula do carro , penso que seja assim , comprimentos... so se compra um selo de circulaçao por ano .

Santos em 21.04.2010. 09:13

Será que alguém sabe explicar. Tenho um carro novo de dezembro 2009, vou pagar agora o novo imposto. Então em Dezembro tenho de pagar de novo?

Pedro em 20.04.2010. 17:15

O que é mais cómico é que este imposto, derivado do extinto imposto de selo, tem como
justificação o desgaste que os veículos causam nas estradas. O que significa que uma
qualquer moto acima de 750cc (digamos com 250kg) causa um desagste idêntico a um
veículo comerciail de transporte particular de cerca de 7 toneladas e meia.
Isto é uma vergonhosa anedota. Mas como os cidadãos que andam de moto são uma minoria,
os nosso representantes no parlamento não ligam nenhuma a isto. Enfim, desigualdades...

paulo silva castro em 16.04.2010. 22:42

comprei uma 1000 isso quer dizer que vou ter de pagar 105.44euros ?

filipe em 14.04.2010. 00:15

é triste... importei em 2009 uma a4 de 2006 1.9tdi. paguei 201.54 de iuc no ano passado, este ano vou pagar 203.. o mesmo carro nacional paga 32 ou 33... sinto-me discriminado. é quase metade do ordenado minimo nacional, se fizer as contas todos os meses pago 16,91€ só para este imposto...estamos a precisar de mais uma revolução.. não podemos deixar que a classe politica nos tire o dinheiro que tanto trabalhamos para ganhar... se eu tivesse muito dinheiro para gastar tinha comprado um carro nacional.não tinha ido comprar lá fora, ou o estado ainda nao percebeu que quem importa quer ter algo melhor por preços mais baixos.. quem quiser começar um abaixo assinado e uma voz activa contra isto avise pois eu sou o primeiro a gritar pelos nossos direitos..

fasc,uk em 01.04.2010. 11:18

A minha e' cb 500 de 98-17,54euros se fosse de 96 ou menos=10,38euros,estas motos sairam em 1993,nao se justifica precos diferentes,e'so'corruptos,alguem anda a mamar!!!dai eu nao pagar desde 1999 ate hoje,nem portajens...

fasc,uk em 01.04.2010. 10:56

De 180 até 250 5,14€ 0
Mais de 250 até 350 7,26€ 5,14€
Mais de 350 até 500 17,54€ 10,38€
Mais de 500 até 750 52,72€ 31,05€
Mais de 750 105,44€ 51,71€,como se pode ver no post de cima as diferencias de englaterra e portugal o que dis not (applicable)nao se pode pagar 6 meses,mas a partir de 600cc ja se pode pagar 6 meses,ha vantagens e desvantagens de ambos os ladaos...abrasso

fasc em 01.04.2010. 10:46

Motorcycle (with or without a sidecar) (TC17)

Engine size (cc)
12 months rate
6 months rate

Not over 150
£15.00
Not applicable

151-400
£33.00
Not applicable

401-600
£50.00
Not applicable

Over 600
£70.00
£38.50

armando silva em 31.03.2010. 22:45

gostaria que me informasse quanto tenho de pagar para legalizar um classe a 170 cdi c/136 gr de emissões de agosto de 2002

Bruno em 31.03.2010. 22:37

olÁ boa noite...alguem me sabe dar uma ajuda a esta minha duvida...Tenho um Moto(hornetCB600) acidentado devido a uma acidente ocorrido em agosto 2009 que esta na oficina do meu mecanico, acontece que ha problemas entre seguros, nao ha acordo.... Tenho que pagar o imposto automovel? De um veiculo acidentado? Veiculo que nao circula, nem sei se vai circular .... Obrigado

carlos em 28.03.2010. 23:04

realmente nao se ademite tenho um jipe com 14anos e so porque foi importado pago um dinheirao de imposto emquanto andao ai jipes iguais a pagar muito menos porque sao naçionais. isto e um roubo pois eu tambem paguei a logalizaçao!!!

Rui Pascoa em 27.03.2010. 20:58

realmente ja é hora de mudar isto é um roubo tenho um tigra de janeiro de 96 para 51€ e o mesmo carro se for de dezembro de 95 para 28!!!!!!!

Dário em 24.03.2010. 16:26

As motos 125, pagam imposto de circulacao?
E as motos com data anterior a 1992 também ?

vitor elias em 17.03.2010. 16:27

sem duvida que este pais aposta na renovação do parque automóvel.
eu cá vou trocar a minha moto por uma anterior a 96. eles não nos deixam viver melhor, venham lá essas emissões de co2 mais baratas!

Maria Amélia em 15.03.2010. 11:45

Comprei um chaço num ferro velho, em que o IUC é mais caro que o motor do carro, isto é uma vergonha! uma falcatrua, não ÁÁ direito.

Monteiro em 10.03.2010. 22:44

Incrível uma moto com 750 cc de 1996 pagar o mesmo imposto de uma moto nova...Ninguém pode fazer nada? Tenho vergonha do nosso país e dos governantes que temos.

edmundo em 06.03.2010. 00:38

tenho uma cbr 600 de marco de 1997 o ano passado foi me dito que pagaria cerca de pouco mais que 30 euros nas finanças qual o meu espanto que quando observei a tabela fiquei a saber que irei pagar mais ainda que no ano passado isto é um atentado a quem quer se divertir 1 duzia de vezes num ano dá vontade de não pagar nada

Freitas em 04.03.2010. 10:12

Tenho uma GTS de 1998 e continuo a pagar o imposto como se ela fosse nova.
Acho isto mais que um abuso, é um Roubo declarado que o Ministério das Finanças
me está fazendo, a mim e a tantos cidadãos como eu.
O governo tem que tirar aos pobres para dar aos muitos "LAMBÚSIOS " que por aí
andam.

Ana em 19.02.2010. 11:56

Bom dia...
Eu importei o ano passado um carro de 1999 sera que me podem ajudar a calcular o Imposto Unico de Circulaçao Automovel...
E um 2500 ligeiro de passeiros a gasolina.
muito obrigada.

Victorino em 19.02.2010. 01:00

O que terá o ano de 1996 para os motociclos para ser referência entre "motos novas" e "motos usadas", já que seja uma moto com 1 mês ou com 14 anos, paga a mesma coisa?!....
Gostaria de conhecer o critério que presidiu e continua (já há vários anos) a vigorar, já que 1996 continua a ser um factor constante neste imposto que antes se designava por "selo" da moto...

Alguém com poder de influência ou decisão que olhe par ao histórico (coisa que cada vez se faz menos neste país) que reflicta sobre isto, pode ser que seja descoberto um factor que há muito carece de revisão....

Elmar em 17.02.2010. 12:19

Quanto IUC deve pagar um Jeep Wranger 2.8 gasóleo 4 portas, classificado como pick-up (4 lugares e separação bancos traseiros com bagageira por meio de separador em aço)?

Uma vez que é um pick-up, já ouvi que pagará cerca de 60€.

Obrigado

<< Primeira < Anterior [1 / 2] Seguinte > Última >>