O meu carro não aparece no Portal das Finanças

Nesta página: o que fazer quando o seu carro não aparece no Portal das Finanças.

Se o seu carro não aparece na sua área de veículos no Portal das Finanças, tal pode dever-se a algumas razões:

Acabou de comprar o carro

Se acabou de comprar o carro, é natural que demore algum tempo até que o mesmo apareça na sua área de veículos do Portal das Finanças.
Esta actualização tanto pode demorar algumas semanas como alguns meses. Diria que um prazo expectável é de 3 a 4 semanas, mais do que isso, deve verificar o que se passa.

Para que o seu carro apareça no Portal das Finanças, existem três bases de dados que têm que estar actualizadas e sincronizadas:

Como tudo isto se processa não é bem assim como vou explicar mas é a melhor forma de perceber.
A base de dados do IMT fornece os dados do carro, nomeadamente a cilindrada e as emissões para poder calcular o IUC.
A base de dados da conservatória fornece os dados do proprietário (NIF).
A AT cruza a informação do IMT com a informação da conservatória e dessa forma, calcula o IUC a pagar e associa o carro ao seu NIF, para que apareça na sua área de veículos, o que só acontece quando todas as bases de dados se sincronizaram (não acontece em tempo real).

Ora, quando a actualização ou sincronização de uma destas bases de dados se atrasa, seja lá por que razão for - excesso de volume de trabalho (muitas matrículas novas, muitos registos de propriedade, etc.), greves, pandemias, problemas técnicos, etc. - a "última" base de dados, aquela que depende das outras duas, a da AT, é a que fica sempre mais atrasada.

Nestes casos, em primeiro lugar, deve verificar e ter a certeza que o registo do carro já foi feito em seu nome.
Nos carros usados, este atraso pode acontecer porque o comerciante simplesmente deixou acumular os registos para os fazer quando lhe fosse oportuno. Contacte-o e peça cópia do pedido de registo efectuado, carimbado ou validado, para ter certeza de que foi mesmo feito.
Nos carros novos, este atraso pode acontecer por um pico na emissão de matrículas novas, que se não for ajustado com mais pessoas a trabalhar (no IMT), pode atrasar todo o processo. De qualquer forma, deve confirmar junto do vendedor se o registo já foi feito, da mesma forma como faria com um comerciante de usados.

Se tem certeza que o registo foi feito (tem a cópia do pedido de registo carimbado/validado), então há um atraso na actualização das bases de dados.
Neste caso, se tem o IUC para pagar e o prazo está a terminar, tem que pedir a actualização manual da base de dados da AT ou, se isso não for possível, pedir a referência para pagamento emitida manualmente por um funcionário.

Se já tem o DUA na sua mão, em seu nome, tem que ir ao e-Balcão no Portal das Finanças e pedir a actualização manual da base de dados. Envie uma mensagem, explique a situação e anexe cópia do DUA (tire foto onde se veja todo o documento com o seu telemóvel). Em princípio, se tudo estiver bem, em poucos dias terá resposta e verá o carro adicionado à sua área de veículos. Em alternativa, poderão dizer-lhe para aguardar a actualização e dar-lhe uma referência manual para efectuar o pagamento do IUC.

Se ainda não tem o DUA, pode haver um atraso na base de dados do IMT ou da conservatória. Nesse caso, tem que pedir a referência para pagamento. Faça exactamente a mesma coisa: vá ao e-Balcão do Portal das Finanças, explique a situação, indique a matrícula do carro e peça a referência para pagamento, que lhe deverá ser depois fornecida manualmente por resposta à sua mensagem, podendo então pagar o IUC normalmente.

Se preferir, em vez de utilizar o e-Balcão, pode-se dirigir ao seu serviço de Finanças - será mais rápido mas, terá o inconveniente de ter de se deslocar.

Ainda não foi registado em seu nome

Por diversos e muitos motivos, nem sempre os vendedores e comerciantes são rápidos a fazer os pedidos de registos de propriedade. Confirme junto do vendedor/comerciante se já fez o pedido de registo de propriedade e peça-lhe um comprovativo.
Se este ainda não o fez, faça pressão para que o faça.
Em última instância, faça como indico no último parágrafo da secção anterior: peça a referência para pagamento do IUC manualmente à AT.

A matrícula foi cancelada

Por muitos motivos também, a matrícula pode ter sido cancelada.
Confirme junto do IMT se foi cancelada ou não.

Se não tiver sido cancelada, contacte a AT e apresente o problema

Se foi cancelada, tem que saber porquê - contacte o IMT.

Existe um problema técnico

Nem sempre tudo funciona. Às vezes há falhas nos sistemas e estes não dão as respostas que deveriam dar, seja de erro ou falta dele.
Experimente noutro dia, a outra hora. Experimente noutro dispositivo, noutro telemóvel ou noutro computador.
Se o problema se mantiver, contacte a AT e explique a situação.

15.06.2020. 12:31

Este artigo ainda não foi comentado.

Escrever um comentário ou colocar uma dúvida

POR FAVOR leia a página toda antes de fazer perguntas que já estão respondidas no texto principal! Obrigado.

:

:

:


Em que ano é que estamos?

Por uma questão de rapidez na resposta e de poupança de espaço, considere que as minhas respostas incluem sempre os normais cumprimentos. :)

Acerca do impostosobreveiculos.info | Contacto

Todas as informações pretendem ser de leitura clara, simples e acessível, com o objectivo de constituirem um primeiro acesso à informação pretendida.
Por essa razão, poderão não ser totalmente completas ou tecnicamente exactas. No entanto, são dadas de boa fé e com base fundamentada na legislação em vigor.
Devido ao contexto e unicidade de cada caso, sempre que necessário, todas as informações deverão ser validadas por escrito junto da entidade oficial responsável.

Todos os direitos reservados - é permitida a cópia ou reutilização de partes deste sítio desde que seja atribuída a sua origem e autoria.
Política de Privacidade e de Tratamento de Dados Pessoais