Aumento do ISV para importados usados em 2017

Face a algumas dúvidas levantadas por leitores, e depois de alguma investigação, em princípio, confirma-se que com grande probabilidade, a componente CO2 do ISV deixará de ter desconto nos importados usados.

De entre todas as alterações - submetidas a aprovação - à proposta do orçamento de estado, nenhuma diz respeito a esta questão, o que leva à conclusão que o texto original será para manter. Mas, apenas haverá certeza quando for publicada a lei que aprova o orçamento do estado.

O que acontecia antes: carros usados importados tinham um desconto no ISV a pagar, consoante a idade. O valor do ISV é composto por duas componentes, a cilindrada do motor e as emissões de CO2, o desconto era aplicado sobre a totalidade do imposto.

Como vai passar a ser: o desconto aplicado aos usados importados apenas incidirá sobre a componente cilindrada, a componente CO2 será paga como se se tratasse de um veículo novo.

Conclusão: todos os carros importados usados passarão a pagar mais ISV, sendo que aqueles com mais anos serão os mais penalizados.

Conselho: se tem ideias de importar um usado da UE, faça-o antes do final do ano. A urgência será tanto maior quanto mais antigo e mais poluente for o carro.

Exemplos:

BMW 320d usado importado
BMW 320d - data matrícula estrangeira Dezembro 2015, 1995cm3, 106g/Km CO2
Paga em Dezembro de 2016 - 4.267,69€
Paga em Janeiro de 2017 - 4.618,20€
Diferença: 350,51€ (+8%)

BMW 320d usado importado
BMW 320d - data matrícula estrangeira Dezembro 2012, 1995cm3, 124g/Km CO2
Paga em Dezembro de 2016 - 3.860,91€
Paga em Janeiro de 2017 - 5.080,39€
Diferença: 1.219,48€ (+32%)

BMW 320d usado importado
BMW 320d - data matrícula estrangeira Dezembro 2006, 1995cm3, 158g/Km CO2
Paga em Dezembro de 2016 - 5.865,04€
Paga em Janeiro de 2017 - 6.562,57€
Diferença: 697,53€ (+12%)

Repare-se como neste exemplo, em Janeiro de 2017, o carro de 2012 paga mais ISV que um carro de 2015 (3 anos mais novo), e o de 2006 paga mais que qualquer um dos mais recentes. Os exemplos demonstram também que quanto mais antigo, mais CO2 emite e como tal, mais ISV pagará. Este BMW 320d baixou de 158g/Km para 106g/Km, nas versões exemplo (o CO2 varia bastante nestas versões 320d conforme as evoluções do motor aplicado).

Assim que haja mais informações sobre esta matéria, este artigo será actualizado.

Comentários (0) 14.12.2016. 12:51

<< Primeira < Anterior [1 / 77] Seguinte > Última >>